Manaus 30º • Nublado
Terça, 06 Dezembro 2022

Prefeitura inicia apresentação do Plano de Resíduos Sólidos em Boa Vista

Prefeitura inicia apresentação do Plano de Resíduos Sólidos em Boa Vista
Um novo aterro sanitário deve ser construído em Boa Vista. Foto: Emily Melo/Portal Amazônia
A Prefeitura de Boa Vista iniciou nesta terça-feira (17) a primeira etapa das discussões sobre a implantação do Plano Municipal de Resíduos Sólidos com a sociedade civil organizada. Cerca de 70 pessoas, representantes de instituições públicas e privadas, ambientalistas e empresários, conheceram o diagnóstico e os cenários futuros dos resíduos sólidos na capital.

O plano contempla a construção de um novo aterro sanitário na capital, a redução do volume de resíduos gerados, a implantação de reciclagem aliada a mecanismos de coleta seletiva com inclusão social de catadores e a extinção dos lixões. Boa Vista está obedecendo todos os prazos legais estipulados pelo Governo Federal dentro da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) para implantação de novos meios de destinação do lixo. A data limite é dia 31 de julho de 2018.

De acordo com o vice-prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique Machado, a discussão do plano com todos os segmentos da sociedade vai expandir a responsabilidade do cuidado com a produção e o despejo de resíduos na cidade. “Estamos mostrando e explicando à sociedade civil organizada as oportunidades que irão surgir de empreendedorismo, geração de renda e emprego com a implantação do nosso plano de diminuição, coleta e destinação do lixo”, disse.

Arthur explicou ainda que os resíduos domiciliares, hospitalares e da construção civil têm grande potencial para fomentar a economia do município quando tratados de acordo com as novas legislações. “É isso que queremos mostrar à sociedade. Estamos ampliando a visão de negócio dessas pessoas e instituições. Poderemos mudar a realidade de quem trabalha com reciclagem e compostagem. Ou seja, empresários e trabalhadores terão novas oportunidades de negócios e, por fim, o meio ambiente será cuidado e preservado como realmente deve ser”, finalizou.

Para o secretário municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Daniel Peixoto, o plano prevê, por exemplo, que o lixo dos serviços de saúde seja 100% tratado antes de depositado no local adequado. Atualmente, o município produz aproximadamente 1.200 mil toneladas de resíduos hospitalares. Com o plano da Prefeitura de Boa Vista em execução, todo esse material deverá ser tratado, gerando emprego e renda antes de depositado no novo aterro, evitando assim a contaminação do solo, mananciais e a proliferação de doenças.

O lixo comum coletado nas residências também vai receber o tratamento adequado, sendo reaproveitado em todo seu potencial. “Para se ter uma ideia, atualmente o aterro sanitário recebe cerca de 88 mil toneladas de lixo doméstico, sendo que apenas 15% deste total deveria ser descartado. O restante poderia estar sendo reciclado ou destinado à compostagem. É justamente isso que desejamos”, completou o secretário.

O ambientalista Carlos Rabelo, representante do Senai durante as discussões que aconteceram no auditório do Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI), participou do encontro e disse ser uma grande oportunidade para que todos deem a sua contribuição para uma Boa Vista melhor.

“A indústria trabalha com processo produtivo, por isso, tem de estar preparada para atuar em consonância com as novas regras, diminuindo a produção de resíduos e descartando-os corretamente. Nesse sentido, temos procurado contribuir e ajudar a prefeitura que demonstra preocupação com esta causa. Certamente, esse plano de resíduos sólidos vai trazer benefícios a toda a sociedade”, frisou Carlos.

Cronograma de audiências:
18/01 - Discussão do Plano de Ações para o Tratamento de Resíduos Sólidos Domiciliares e Urbanos
Horário: 9:00
Local: Auditório do CCTI
Público: Sociedade Civil Organizada dos segmentos urbanos

18/01 - Discussão do Plano de Ações para o Tratamento de Resíduos de Serviços de Saúde e da Indústria
Horário: 14:30
Local: Auditório do CCTI
Público: Sociedade Civil Organizada dos segmentos de Saúde e Indústria

18/01 - Apresentação do Diagnóstico e Cenários Futuros dos Resíduos Sólidos para a elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Boa Vista
Horário: 19:00
Local: Auditório do Palácio 9 de Julho
Público: Munícipes

19/01 - Discussão do Plano de Ações para o Tratamento de Resíduos da Construção Civil
Horário: 9:00
Local: Auditório do CCTI
Público: Sociedade Civil Organizada do segmento de Construção Civil

19/01 - Apresentação do Diagnóstico e Cenários Futuros dos Resíduos Sólidos para a elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Boa Vista
Horário: 19:00
Local: Escola Municipal Professora Carmen Eugênia Macaggi, avenida Nossa Senhora de Nazaré, nº 3351 – Bairro Asa Branca
Público: Munícipes

23/01 - Apresentação do Diagnóstico e Cenários Futuros dos Resíduos Sólidos para a elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Boa Vista
Horário: 19:00
Local: Escola Municipal Branca de Neve, Rua Carmelo, nº 1400 – Bairro Pintolândia
Público: Munícipe

24/01 - Apresentação do Diagnóstico e Cenários Futuros dos Resíduos Sólidos para a elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Boa Vista
Horário: 19:00
Local: Escola Municipal Luiz Canará, rua HC-14, nº 410 – Bairro Senador Hélio Campos
Público: Munícipes

25/01 - Apresentação do Diagnóstico e Cenários Futuros dos Resíduos Sólidos para a elaboração do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Boa Vista
Horário: 19:00
Local: Escola Municipal Laucides Inácio de Oliveira, Conjunto Parque Viário II, s/nº - Bairro Nova Cidade / Conjunto Pérola II
Público: Munícipes

Veja mais notícias sobre Cidades.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 06 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/