Manaus 30º • Nublado
Domingo, 29 Janeiro 2023

Manaus tem seis novos casos suspeitos de sarampo e número de investigados sobe para 18

Manaus tem seis novos casos suspeitos de sarampo e número de investigados sobe para 18
Manaus registrou, na última semana, seis novos casos suspeitos de sarampo e que estão sob investigação da Vigilância Epidemiológica. O número de casos sob investigação subiu para 18, conforme dados do 41º Informe Epidemiológico de Monitoramento de Casos de Sarampo, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), na segunda-feira (17).

De acordo com informações da Semsa, todos os 18 casos da doença em investigação foram notificados desde o dia 5 de novembro. O último caso confirmado de sarampo foi registrado no dia 19 do mês passado, no Distrito de Saúde (Disa) Sul.
 
Foto: Divulgação
Dos 18 casos ainda em investigação, sete foram notificados no Disa Sul, seis no Disa Norte, quatro no Disa Leste e um no Disa Rural. “Mesmo com a redução no número de casos novos da doença a cada semana, a Semsa mantém de forma intensa o trabalho de monitoramento e vigilância de cada caso suspeito, evitando que haja um novo aumento no número de pessoas com sarampo”, informa a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae/Semsa), enfermeira Marinélia Ferreira.

Agenda: Teatro Amazonas recebe espetáculos gratuitos para a Temporada Natalina

O município poderá declarar o encerramento do surto após a ausência de confirmação de casos por um período de até 90 dias, conforme Ferreira.

Dados

Desde o mês de fevereiro deste ano, Manaus registra 8.974 notificações de sarampo, abrangendo 7.729 casos confirmados, 1.227 descartados e 18 ainda em investigação (aguardando resultado laboratorial).

Em relação ao 40º Informe Epidemiológico, publicado no dia 10 deste mês, houve uma redução no número de casos confirmados. “Essa redução é resultado de uma qualificação de dados realizada pela Vigilância Epidemiológica a partir da liberação de exames”, explica Marinélia.

Confira também: Pirarara 'gigante' de 1,5 metro e 80 quilos é pescada no interior do Amazonas

Do total de 7.729 casos confirmados, 25,5% estão na faixa etária de 20 a 29 anos, seguida da faixa etária de 15 a 19 anos (22,1%), menores de um ano (16,4%), de 30 a 49 anos (14,9%) e de 1 a 5 anos (11,2%).

A vacina tríplice viral, que imuniza contra sarampo, rubéola e caxumba, é recomendada para a faixa etária de seis meses a 49 anos, e está disponível em 183 salas de vacina do município de Manaus. A lista com o endereço das Salas de Vacina pode ser acessada no site da Semsa.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 29 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/