Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quinta, 26 Novembro 2020

Eleições 2016: Amazônia concentra metade dos candidatos indígenas do Brasil

Eleições 2016: Amazônia concentra metade dos candidatos indígenas do Brasil
Entre os 475.839 candidatos às eleições de 2016 no Brasil, 1.603 são indígenasDeste total, 46,9%, ou 752, são da Amazônia Legal. O Amazonas é o estado que lidera o número de candidaturas indígenas, com 339, seguido do Mato Grosso do Sul, que tem 177, e Roraima, com 118. Por outro lado, o Rio Grande do Norte tem o menor número, 7. Todos os 26 estados da País possuem candidatos indígenas. O Distrito Federal não tem, porque não realiza eleições municipais. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
 

Análise

Para o presidente da Comissão de Reforma Política da Ordem dos Advogados do Amazonas (OAB-AM), Carlos Santiago, os indígenas são pouco representados por causa do processo de admissão de candidatos. "É importante perceber que para se candidatar no Brasil é preciso estar filiado a um partido político. Geralmente, quem comanda esses partidos são famílias, que têm interesse em utilizar cargos públicos para facilitar seus próprios negócios. Dificilmente indígenas, negros e mulheres vão fazer parte dos interesses desse grupo, a não ser que façam parte da família desses grupos políticos", avalia.

O historiador da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Francisco Jorge, busca no passado a explicação para o número de candidatos indígenas. "Eles eram marginalizados e não tinham cidadania. Eram deixados de lado. Não só os indígenas, mas afrodescendentes e pobres foram por muito tempo esquecidos pelo poder público. Para se ter uma ideia, só dos anos 1970 para cá aconteceram mudanças na lei que possibilitaram indígenas de concorrer às eleições”.

Na opinião de Santiago, algumas leis têm diminuído essa diferença, mas muito ainda precisa ser feito. "Atualmente, sem o financiamento de empresas, é possível perceber uma mudança nas eleições. A diferença entre os candidatos tem ficado menor e o que mais tem interessado às pessoas são as propostas. Esperamos que cada vez mais os partidos tenham indígenas, mulheres e afrodescendentes como candidatos", disse Santiago.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 26 Novembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/