Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 28 Outubro 2020

Amapá registra caso de raiva bovina após 12 anos

noticias_1433866601

O Amapá registrou um caso de raiva bovina após doze anos sem ocorrência da doença no estado. O caso ocorreu em uma fazenda do município de Porto Grande, a cerca de 100 quilômetros da capital Macapá.

A principal preocupação é evitar que a doença se prolifere. (Foto:Divulgação/Embrapa)

Segundo a Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária (Diagro), o animal foi sacrificado. Na mesma propriedade, outros três animais também morreram com sintomas nervosos.

A principal preocupação é evitar que a doença se prolifere. O diretor-presidente da Diagro, Álvaro Cavalcanti, afirma que o protocolo para controle do foco está sendo realizado, como a vacinação de todos os animais da propriedade, além do controle da população dos morcegos. Segundo ele, a vacina é a única forma de prevenção da doença, e é importante ficar atento aos animais.

A raiva é infectocontagiosa, causada por um vírus que leva a alterações neurológicas, com 100% de mortalidade nos animais acometidos. A doença pode ser transmitida do animal para o homem.

As autoridades estaduais foram notificadas do resultado de exame laboratorial positivo para raiva bovina no dia 10 de setembro de 2020. O exame foi realizado pelo Instituto Evandro Chagas.

Veja mais notícias sobre AmapáCidadesNotícias.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 28 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/