Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Segunda, 13 Julho 2020
chatbot-health-tech

7 de setembro: feriado marca desfiles pelas capitais da Amazônia

7 de setembro: feriado marca desfiles pelas capitais da Amazônia
A Independência do Brasil, comemorada no 7 de setembro, é um dos fatos históricos mais importantes de nosso país, pois marca o fim do domínio português e a conquista da autonomia política da nação. A Amazônia também celebrou a data. Confira como foram os desfiles da Pátria pelas cidades da região:

Manaus

Em Manaus, o desfile militar de 7 de setembro reuniu cerca de 10 mil pessoas em Manaus debaixo de sol forte. A cerimônia começou por volta de 8h30 da manhã no Centro de Convenções–Sambódromo e durou duas horas sob a coordenação do Comando Militar da Amazônia (CMA) e teve a participação de mais de 5 mil militares das Forças Armadas, o maior efetivo dos últimos 10 anos. Só de homens do Exército foram 2.450.

O evento contou, inclusive, com cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras, do Rio de Janeiro. O encerramento da programação da Semana da Pátria ocorreu às 17h (18h em Brasília) no Sambódromo, com a solenidade do “Abafamento do Fogo Simbólico”, que foi aceso em 1º de setembro marcando o início das comemorações na capital amazonense.
Foto: Reprodução/Governo do Amazonas

Rio Branco

Já em Rio Branco, a população pôde prestigiar este ano o início do desfile com a fanfarra da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), do Centro de Ensino Especial Dom Bosco, da Ordem Demolay e Filhas de Jó, da Super Liga Acreana de Kung Fu e da Embaixada Mundial dos Ativistas pela Paz.

As escolas estaduais Terezinha Migueis e Carlos Casavecchia representaram os estudantes estaduais do Ensino Médio, seguidos pelas tropas militares das Forças Armadas, Polícia Militar e Civil, além do Corpo de Bombeiros do Acre.
Foto: Gleison Miranda/Agência Acre

Belém

Na capital paraense, o desfile foi aberto pela banda da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Lauro Sodré. Fundada em 1857, a banda foi tombada como patrimônio histórico e cultural do Estado em 2003. Pelo Comando Militar do Norte participaram cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), escola responsável pela formação dos oficiais combatentes do Exército, trajando uniforme histórico. Também desfilaram alunos do Colégio Militar de Belém, instituição de ensino inaugurada em 12 de janeiro de 2016, que atende a filhos de civis e militares.
Foto: Reprodução/Agência Pará

A força terrestre foi representada no desfile por mil militares e 20 viaturas, em 24 grupamentos. Desfilou também, a convite do Exército Brasileiro, uma representação de 15 militares do regimento da Legião Estrangeira, sediada em Caiena, capital da Guiana Francesa. O desfile da Marinha teve um pelotão de membros da Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais e quatro Companhias, totalizando 474 militares. 

A Polícia Militar participou com 453 integrantes. Foram 42 viaturas, com 84 policiais em 18 linhas, e 342 militares a pé. O Corpo de Bombeiros Militar do Pará participou com 367 bombeiros e pelotão motorizado. O desfile foi encerrado com a passagem da Cavalaria da Polícia Militar do Pará. Imponentes, os cavalos arrancaram aplausos do público. 

Boa Vista

Acompanhado por milhares de pessoas, o evento começou com a revista às tropas pela governadora Suely Campos. Em seguida, estudantes de 43 escolas públicas e privadas do Estado, além de integrantes de 21 entidades da sociedade civil (religiosas, esportivas e recreativas) e das instituições militares estaduais e Forças Armadas, ao todo seis mil pessoas, desfilaram. 

Os usuários das unidades da Rede Cidadania Atenção Especial abriram o desfile juntamente com os idosos da Rede Cidadania Melhor Idade, que atende a 727 pessoas acima de 60 anos.

Foto: Reprodução/Rede Amazônica

O evento marcou o encerramento da Semana da Pátria, que começou no dia 1º de setembro, com desfiles, acendimento do Fogo Simbólico da Pátria e hasteamento de bandeiras. Na sequência, foi a vez da Rede Cidadania Esportes, que apresentou os alunos de futebol e ginástica rítmica.

Macapá

Milhares de amapaenses acompanharam o desfile cívico de 7 de Setembro no Sambódromo, zona sul de Macapá. Organizado pelo governo do Estado, o evento emocionou e surpreendeu o público durante as apresentações das instituições militares e civis que passaram pela Ivaldo Veras.O evento iniciou com a revista às tropas, realizada por autoridades militares e pelo secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, Ericlaudio Alencar, que representou o governador do Amapá, Waldez Góes. 

Participaram do desfile o Estado Maior Conjunto, Marinha do Brasil, 34º Batalhão de Infantaria de Selva (34º BIS), Polícia Militar, Guarda Territorial, Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM/AP), Guarda Municipal, Grupo Tático-Aéreo do Amapá (GTA). Além das instituições civis como a Maçonaria Amapaense, Clube do Carro Antigo, Desbravadores, Escoteiros, Jeep Club do Amapá, Macapá Moto Clube e Associação dos Cavaleiros. As organizações mostraram parte da logística empregada no Amapá e simulação de situações que fazem parte da rotina de trabalho.

Foto: Reprodução/Governo do Amapá

O ponto alto do desfile foi a apresentação do pelotão do GTA, que proporcionou um espetáculo ao demonstrar como é desempenhado o trabalho de multimissão, com atividades de salvamento em altura, policiamento ostensivo, busca e salvamento.

São Luís

Em São Luís, o desfile contou as apresentações da Marinha, Exército, Aeronáutica, Corpo de Bombeiros, entre outros. A solenidade teve início com a execução do Hino Nacional Brasileiro para o hasteamento das bandeiras nacional, estadual e municipal.

Em seguida, foi dado prosseguimento aos desfiles dos oficiais. Viaturas de todas as unidades da Região Metropolitana e dos grupamentos de motocicletas do Batalhão Tiradentes e Esquadrão Águia também desfilaram.
Foto: Reprodução/Governo do Maranhão

Estiveram presentes na solenidade, o secretário de Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela, o comandante geral da PMMA, coronel Frederico Pereira, coronéis do alto escalão da corporação, entre outras autoridades militares e civis.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 13 Julho 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection