Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Segunda, 10 Mai 2021

Em comemoração ao Dia das Crianças e aniversário de Manaus ‘Feirinha’ traz muita diversão neste domingo

Para celebrar o mês das Criança e o Aniversário da cidade de Manaus, a ‘Feirinha – Arte, Cultura e Diversão’ traz neste domingo (20), das 16h às 21h, várias atividades culturais interativas para as crianças, no Largo de São Sebastião, localizado no centro histórico de Manaus. 


Serão várias estações com brincadeiras, espaços educativos, shows musicais, oficinas que o público poderá participar. Além das atividades, terá também a exposição e comercialização de artesanatos e comidinhas.

Foto: Divulgação



Nesta edição, a Feirinha vai trazer a ‘Estação Cidade’ que traz a temática da cidade de Manaus com jogos e atividades lúdicas, segundo a coordenadora Camila Duarte. “Outra Estação nova é a “Modelar”, onde as crianças poderão brincar de massinha, uma atividade que traz vários benefícios, auxilia na concentração e na criatividade”, explica.


Estação bolha de Sabão, tabuleiro, Slime, ambiental, gastronomia “produção de cupcake”, circo, pintura, caixa de histórias, espaço baby, movimento, são algumas das estações que as crianças poderão se divertir durante o domingo. Para os pais a Feirinha traz mais uma vez a Estação de Época, com brincadeiras para relembrar a infância.


De acordo com produtora cultural, Gisele Riker, esta edição está cheia de novidades. “Outra grande novidade é a oficina de desenho “Criando no caminho da cobra” da artista Priscila Pinto, onde as crianças vão poder criar vários desenhos”, comenta.


Dentro da programação multicultural, o público contará ainda com shows musicais, espetáculos de circo e teatro, oficinas, palestras, exposições de arte, e espaços educativos.


Sobre a Feirinha


A Feirinha é uma produção independente e está na terceira edição. O evento recebe o apoio do Governo do Estado por meio da Secretaria de Cultura do Amazonas, da Prefeitura de Manaus por meio da Manauscult, da Criatê 'Arte & Produções', da Produtora Artrupe, da MVT Livraria, Top Frozen, Splash, Smart Solution e do Blog de Cultura Valoriza Sim.

Shopping de Manaus recebe show Mil Vezes Elas em alusão ao Outubro Rosa

Neste domingo (21) a cantora Hêmilly Lira se apresenta no Shopping Millenium. O show acontece a partir das 17h, e faz parte do projeto “Mil Vezes Elas”, como parte da programação em alusão ao Outubro Rosa. A entrada é franca.

Foto:



“Preparamos uma programação gratuita, diversificada e animada para toda a família poder usufruir as atrações em um espaço confortável, climatizado e seguro”, destacou a coordenadora de marketing do Millennium Shopping, Elizandra Xavier.


Também no domingo, o shopping oferece diversas vantagens que vão desde opções gastronômicas diferenciadas e o valor do estacionamento, que estará custando apenas R$ 8, sem limite de horário de permanência.

Manaus 350 anos: programação da Secretaria de Cultura começa nesta terça-feira

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa começa, a partir desta terça-feira (22), uma programação especial para o aniversário de 350 anos de Manaus em diversos espaços administrados da capital. Visitas especiais e eventos no Teatro Amazonas, apresentações dos Corpos Artísticos e de grupos do Liceu Claudio Santoro, lançamentos de livros, exibição de filmes e documentários, entre outros, farão parte da “Cultura 350”. Os eventos serão gratuitos.


“Como capital do Amazonas, Manaus respira cultura. Nós montamos uma programação variada, para toda a família, para atender a todos os gostos, além de um lançamento de 20 livros em versão acessível a pessoas com deficiência”, destacou o secretário estadual de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz.


Confira a programação:


Exposições – 22 de outubro


A exposição “Aquarelando Manaus” estreia no dia 22 outubro, no Centro Cultural Palácio da Justiça (avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro). A mostra é um projeto do artista plástico holandês Sebastiaan Klink e é composta por 33 obras de sua autoria sob a técnica aquarela, com curadoria de Ruth Jucá. Nessa série, Sebastiaan retrata a cidade de Manaus através de suas edificações históricas, praças, recantos, ruas, casas e ornamentos arquitetônicos que ressaltam sua beleza e contam sua história. O público poderá visitar a exposição de terça a sábado, das 9h às 17h, e domingo, das 9h às 14h.

Foto:Divulgação/Atelie-Galeria Sebastiaan Klink


Na Casa das Artes (Largo de São Sebastião), a partir do dia 22, das 14h às 20h, o público poderá visitar a exposição “Manaus Postal 350”, que celebra a capital com 42 cartões postais da Coleção Sec/2006 dos fotógrafos: Andreia Maymi, Antônio Yaccovazo, Carlos Navarro, Lula Sampaio e Otoni Mesquita. A mostra fica em cartaz até dezembro, com visitação de terça a domingo. A entrada é gratuita.
Na Galeria do Largo, também de 14h às 20h, o público ainda pode prestigiar a exposição “Nipetirã – Todos”, que reúne mais de 120 obras de artistas indígenas das etnias Wanano, Tukano, Apurinã e Kamadeni. A mostra vai até fevereiro de 2020, com visitação de terça a domingo, também com acesso gratuito.


Bibliotecas – 22 e 24 de outubro


Em comemoração aos 350 anos de Manaus, a Biblioteca Braille (Sambódromo) terá o lançamento de 20 livros que ganharam versão acessível (em Braille e falado). Entre os autores estão nomes como Arthur Cézar Ferreira Reis, Samuel Benchimol, Alexandre Otto, Agnello Bittencourt, Cosme Ferreira Filho, entre outros. O evento acontece no dia 22, às 11h.


No dia 24 de outubro, a Biblioteca Pública do Amazonas (rua Barroso, Centro) estará aberta ao público com a “Bibliotour”, uma visita guiada especial que passa pela história do patrimônio, das 8h às 12h.


Centros Culturais – 23 de outubro


O Centro Cultural Usina Chaminé (avenida Manaus Moderna, Centro) terá uma programação especial no dia 23, a partir das 9h, com uma apresentação do Balé Folclórico do Amazonas, “Manaus Mana D’água”, uma repaginação do primeiro espetáculo do Balé Folclórico, de 2002, que conta a criação da cidade de Manaus, chegada dos nordestinos e criação do Teatro Amazonas, no período da Belle Époque.

Foto:Divulgação/SEC


O dia ainda terá exibição do documentário “Manaus Coração da Amazônica”, às 10h30; oficina de pinturas indígenas Dessana, às 14h; contação de histórias sobre as lendas amazônicas, às 14h30; e show gratuito do cantor Cileno, às 19h.


Também no dia 23 de outubro, o Centro Cultural Palácio Rio Negro (avenida Sete de Setembro, Centro) oferece uma programação diversa. Das 9h às 17h, o espaço terá visitas guiadas com personagens da Belle Époque; às 9h30, alunos do curso de Teatro Infantil do Liceu apresentam a peça “Venha Morar no Arco-íris”; às 10h30, a aluna do curso de Dança da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Arina Hayane, realiza uma apresentação de balé; às 11h, Kelly Vanessa, do curso de Teatro da UEA, declamará poesia aos visitantes; às 15h, a Camerata de Violões do Liceu Claudio Santoro se apresenta no local e, às 18h, será apresentado o musical “Amigos Para Sempre”, que fala da história da amizade de duas adolescentes, uma autista e a outra muda, com o apoio de alguns personagens dos contos infantis, como Bela e a Fera, Chapeuzinho Vermelho, Peter Pan e Sininho, com mensagens contra o preconceito.


Museus – 22 a 25 de outubro


Os museus administrados pela Secretaria terão uma programação diversa em homenagem ao aniversário da cidade entre os dias 22 e 25 de outubro.


Entre os dias 22 e 25, a partir das 14h, o Cine Silvino Santos, localizado no Museu do Homem do Norte (Centro Cultural Povos da Amazônia, antiga Bola da Suframa), terá exibição gratuita dos filmes “Vivaldão- O Colosso do Norte” (22/10); “Bois-bumbás de Manaus: brinquedo de São João” (23/10); “Patrimônio Histórico” (24/out); “No Paiz das Amazonas”, de Silvino Santos (25/10).
Nos dias 22 e 23, das 13h às 15h, o Museu da Imagem e do Som Amazonas (Misam), localizado no Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, Centro), terá uma exibição de documentários com a temática “Cidade, Cultura e Urbanismo”, com as obras: “E fez-se madrugada: Clube da Madrugada”; “Depoimento vivi Luiz Bacelar”;  “Silvino Santos: O fim de um pioneiro”, no dia 22 de outubro; e “Documentário Moacir de Andrade”; “Um pintor amazonense: o pintor Hahnemann Bacelar”, no dia 23 de outubro.


Já no dia 24, a partir das 14h, o auditório do Palacete Provincial recebe uma palestra com os professores Antônio Luca Grifoni e Charles Franklin Santos, do corpo docente do Curso de Design da Fametro, sobre os documentários exibidos. No mesmo dia, o Misam também recebe a exposição de fotografias da “Manaus Belle Époque”, mostrando a visão dos acadêmicos da Fametro sobre a cidade e os patrimônios, a partir das 14h.


No dia 25, das 14h às 17h, continuando a temática “Cidade, Cultura e Urbanismo”, o auditório do Palacete Provincial terá uma palestra com o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Anazibas, Jean Farias; o representante do Instituto de Arquitetura do Brasil, José Augusto Beça Jr; o arqueólogo Mick Jone Nogueira de Almeida; o artista visual e diretor do Departamento de Museus da Secretaria, Turenko Beça; e a arquiteta e urbanista Melissa Toledo.

Foto:Divulgação/SEC




Teatro Amazonas – 24 a 27 de outubro


No dia 24 de outubro, o Teatro Amazonas estará com visita gratuita para o público em geral durante todo o dia, das 9h às 17h, em comemoração ao aniversário de Manaus. Às 16h, o Hall do Teatro recebe um sarau com participação do Grupo Vocal dos Corpos Artísticos (GVCA), que vai interagir com o público usando um repertório especial em homenagem à capital.


Às 17h, o público presente poderá prestigiar uma “Visitação Teatralizada”, com personagens caracterizados reais e fictícios e roteiro baseado na história do Teatro Amazonas. A ação tem objetivo de criar um ambiente em que o conhecimento se misture com a emoção e reforçando o sentimento de pertencimento da comunidade em relação ao Patrimônio Cultural.


Ainda no dia 24, às 20h, a Série Guaraná terá um concerto especial em homenagem a Manaus, com a Amazonas Filarmônica e o barítono Innacio de Nonno. O repertório contará com o Hino Municipal de Manaus e obras de Claudio Santoro.


Nos dias 25, às 14h, e 26, às 10h30, o Teatro Amazonas ainda terá mais duas sessões da “Visitação Teatralizada” para o público que visitar o patrimônio.


Já no dia 27, a Série Guaraná tem mais dois concertos no Teatro. Pela manhã, às 11h a Orquestra de Câmara do Amazonas e o Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas apresentam um balé inspirado na vida de Camille Claudel. A regência será do maestro Marcelo de Jesus.


Às 19h, a Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, sob a regência de Luiz Fernando Malheiro,  executa obras de Bedrich Smetana e Alexander Glazunov.


A entrada para os eventos é gratuita, com classificação para 10 anos.


Boi Manaus 2019 terá mais de 30 artistas em 20 horas de festa na Ponta Negra

Em comemoração ao aniversário de 350 anos da cidade – celebrado no dia 24 de outubro -, o Boi Manaus 2019 chega a mais uma edição em um dos principais cartões-postais da capital, o Complexo Turístico Ponta Negra, zona Oeste, que sediará o evento pelo quinto ano consecutivo. O Boi Manaus é gratuito e integra o calendário oficial de comemorações do aniversário da cidade, promovido pela Prefeitura de Manaus.


A tradicional festa, que acontecerá nos dias 23 e 24 de outubro, contará com mais de 30 artistas do Boi-Bumbá se revezando em quatro trios, totalizando 20 horas de diversão, somando os dois dias da festa. Em sua 22ª edição, o Boi Manaus receberá nomes como David Assayag, Sebastião Júnior, Israel Paulain, Arlindo Júnior, Márcia Siqueira, Klinger Araújo, entre outros. Nos dois dias, a festa terá início às 16h.
Foto:Diego Oliveira/Portal Amazônia
 

A abertura do primeiro dia de evento será feita pelo grupo Kuarup, juntamente com um novo artista, que será definido a partir do processo de seleção. Ainda no dia 23 acontecerá o grande show dos bois-bumbás: Corre Campo, Garanhão e Brilhante. Já no segundo dia, a festa começará com Márcia Siqueira e Mara Lima no comando do trio elétrico.

 

Avaliação


Em 2017, pela primeira vez, os artistas que se apresentaram no Boi Manaus foram avaliados por uma comissão que julgou os critérios performance, indumentária e qualidade musical. Nesta edição, os dois artistas com as menores pontuações deixarão, automaticamente, a programação do Boi Manaus 2020, mas poderão concorrer com os demais inscritos às vagas abertas no ano seguinte. O objetivo é garantir a qualidade das apresentações, em respeito ao público que prestigia os artistas.
 

Manaus 350 anos



O público que for à Ponta Negra também poderá conferir a exposição “Manaus 350 anos”, que conta com a pesquisa e curadoria do renomado historiador amazonense Otoni Mesquita e tem por objetivo contar a história da cidade de Manaus, ao longo de seus 350 anos de desenvolvimento, por meio do uso de imagens históricas e cartões-postais antigos, apresentando, tanto à população local, quanto aos turistas, parte da rica e diversa história da cidade de Manaus, seus povos, costumes, belezas e monumentos a partir de aproximadamente 80 imagens históricas.
 

A programação de aniversário da cidade de Manaus contará ainda com a inauguração do Centro Cultural Óscar Ramos, nas casas mais antigas da cidade 69 e 77, no centro histórico, e também com a entrega do Pavilhão Universal, concluindo o projeto de resgate do importante conjunto das praças Tenreiro Aranha e Adalberto Vale.
 

Haverá, ainda, a histórica apresentação do “Hino de Manaus”. O trabalho de resgate, coordenado pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura), com apoio da Secretaria de Comunicação (Semcom), contará com partituras para orquestra, banda marcial e piano. A composição de Nicolino Milano e Thaumaturgo Sotero Vaz, datada de 1906, ganha partitura oficial 16 anos após ser aprovada como “Hino Oficial de Manaus”, conforme a Lei Municipal 718/2003. Após a apresentação, a ideia é popularizar o hino, uma vez que será gravado em CD e DVD.
 

Programação Boi Manaus


23 DE OUTUBRO (QUARTA)

16h – 16h50 – Integrante Novo 01 e Kuarup

17h – 17h50 – Robson Jr. e Hellen Veras

18h – 18h50 – Grupo A Toada e Carlos Batata

19h – 19h50 – Carlinhos do Boi e Canto da Mata

20h – 20h50 – Fábio Casagrande e Pa Chaves

21h – 21h50 – Prince do Boi

22h – 22h50 – Arlindo Júnior

23h – 23h50 – Sebastião Júnior

00h – 01h – Show dos bois-bumbás Corre-Campo, Garanhão e Brilhante

 

24 DE OUTUBRO (QUINTA)

16h – 16h50 – Márcia Siqueira e Mara Lima

17h – 17h50 – Paulinho Viana e Júnior Paulain e Marujada

18h – 18h50 – Edilson Santana e Carrapicho

19h – 19h50 – Klinger Araújo e Fabiano Neves

20h – 20h50 – Edmundo Oran

21h – 21h50 – Israel Paulain

22h – 22h50 – David Assayag

23h – 23h50 – Leonardo Castelo e Batucada

Manaus e Itacoatiara recebem eventos para promover conservação do Sauim-de-coleira

Em homenagem ao Dia do Sauim-de-coleira (Saguinus bicolor), celebrado no dia 24 de outubro, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) realiza eventos de conscientização sobre a importância da espécie e para pré-consulta e abertura da consulta pública para a criação da Área de Proteção Ambiental (APA) do Sauim. As agendas serão realizadas na sexta-feira (18) e sábado (19) em Manaus e Itacoatiara, respectivamente.


O primeiro encontro será realizado a partir de 8h da sexta-feira (18) no auditório Senador João Bosco na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), zona sul de Manaus. O evento será aberto à sociedade, com o intuito de promover a participação da população a respeito da criação da área protegida estadual, além de esclarecer dúvidas sobre a proposta  da APA. A programação conta também com palestra sobre os desafios para a conservação do sauim-de-coleira e com apresentação da Sala da Biodiversidade Sauim-de-coleira, um espaço para educação ambiental sediado no Parque Estadual Sumaúma.
Foto:Robson Czaban/ICMBio

Participarão do evento o vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho; a deputada estadual e presidente da Comissão de Meio Ambiente, Proteção aos Animais e Desenvolvimento Sustentável, Joana Darc; o secretário estadual do Meio Ambiente, Eduardo Taveira; o presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Juliano Valente; os secretários municipais de Meio Ambiente dos municípios de Manaus, Rio Preto da Eva e Itacoatiara Antônio Nelson, Gilson Costa e Lúcio Barros, respectivamente; além do presidente do Instituto Sauim-de-coleira, Wilson Spironello; do diretor executivo do Instituto Sauim-de-coleira, Maurício Noronha, e do membro fundador do Instituto Sauim-de-coleira, Victor Fasano.


A agenda é realizada pela Sema, em parceria com o Instituto Sauim-de-Coleira e com a Comissão de Meio Ambiente, Proteção aos Animais e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa do Estado (Caama/Aleam).


Pré-consulta em Itacoatiara para criação da área - No sábado (19), a Sema estará presente na zona rural do município de Itacoatiara para realizar uma pré-consulta com os moradores da região sobre a criação da APA do Sauim. Na oportunidade, os comunitários poderão esclarecer dúvidas e ampliar a discussão sobre a criação da APA. A consulta prévia será realizada às 10h, na Quadra de Esporte Roberto Nobre Pessoa, localizada na Vila do Engenho Paraná da Eva, e conta com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente do município.


APA do Sauim


A área estudada para se transformar em unidade de conservação estadual compreende parte dos municípios de Rio Preto da Eva e Itacoatiara, no médio e baixo interflúvio das bacias do rio Preto da Eva e rio Urubu. São mais de 211.020 hectares que podem ser utilizados para o desenvolvimento de atividades sustentáveis que gerem renda para os moradores dos dois municípios, além da proteção do meio ambiente e do  animal símbolo da capital amazonense.


A proposta para criação da UC, de categoria de Uso Sustentável, foi uma demanda da sociedade civil, apoiada pelo poder público, por meio da Campanha “Salve o Sauim”. Foi instituído um Grupo de Trabalho (GT) pela Sema, composto de representantes da academia, sociedade civil e técnicos da secretaria, que executou o estudo que subsidia a proposta.
A APA, categoria proposta pelo estudo, permite a utilização dos recursos naturais, seguindo o plano de gestão da área. É uma área com ocupação humana, tendo como objetivos básicos proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo de ocupação e assegurar o uso sustentável dos recursos naturais.

Lorenzo Fortes grava DVD com projeto Canção da Mata

Após cumprir agenda de shows na Exponeja em São Paulo, Lorenzo Fortes sobe ao palco do Teatro Amazonas nesta terça-feira (15), às 20h, como atração da 12ª edição da Festival Mostra de Música Canção da Mata, organizado e idealizado pelo Serviço Social Comerciário - Sesc.
Foto: Divulgação


Compositor, o jovem artista escolheu duas canções autorais para apresentar ao público: Pisou na Bola (levada sertaneja) e Mestre Mandou (funknejo)."O projeto é muito bonito e renomado. É uma honra para mim ser um artista escolhido para gravar esse DVD", diz o cantor manauara.


Aos 15, Lorenzo Fortes tem 5 singles lançados e 5 videoclipes. Soma mais de 47 mil seguidores no Instagram e tem fã-clubes espalhados por todo o país. A fama veio a partir de aparições em programas de TVs nacionais.

Em Manaus, simpósio do Alcoólicos Anônimos aborda recuperação do alcoolismo

Nesta quarta-feira, (16), a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) sedia a primeira edição do Simpósio de Alcoólicos Anônimos, a partir das 8h30. O primeiro evento terá como tema “AA - uma ferramenta eficaz para a recuperação do alcoolismo”. A entrada é franca.

Foto: Shutterstock



Na programação do simpósio, os palestrantes vão falar sobre a importância do tratamento do alcoolismo. Entre eles estão Dr. Rozenval Trindade Levinthal (médico especializado em dependência química), Veramite Santos Pereira (Assistente Social do Seis/AM), além do depoimento de membros recuperados do AA, explicando a efetiva eficácia do programa.




O primeiro Simpósio de Alcoólicos Anônimos acontecerá no Auditório Deputado Belarmino Lins de Albuquerque da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, localizado na Avenida Mário Ypiranga, 3950 - Flores.

Círio Musical tem shows gratuitos na Praça Santuário, em Belém; confira as atrações

O cantor paranaense Thiago Brado se apresenta nesta segunda-feira (14) como uma das atrações do Círio Musical 2019, a partir das 20h, na Praça Santuário, em Belém, com entrada gratuita. Thiago, que descobriu o amor pela música cristã ainda na adolescência, é uma das novidades dentro da programação deste ano. Pela primeira vez participando do Círio, Brado comenta sobre a vinda dele a Belém.
Foto:Divulgação

"Pra mim vai ser uma experiência incrível, porque todos os amigos, cantores e missionários que já participaram do Círio Musical voltaram elogiando bastante o evento e o público de Belém. A minha expectativa é uma das melhores, pois o show está muito legal e animado. As pessoas poderão cantar, dançar e participar do Sopro do Espírito Santo, que é a nossa nova turnê. Espero que todos vivam uma experiência maravilhosa com tudo o que estamos preparando para o Círio Musical", comenta.
 

Thiago Brado destaca também como vai ser o show dele para o público. "A nossa apresentação será feita de momentos. A gente pula, dança. Depois fazemos um momento de reflexão, levando ao coração das pessoas mensagens que elas precisam ter consigo e que, nesse mundo de correria em que nós vivemos, acabamos esquecendo", afirma. A banda é formada por outros quatro músicos, cantando sucessos como "Minha Essência", "Verdades do Tempo", "Meu Alvo", entre outros. Thiago promete, ainda, algumas músicas inéditas, compostas recentemente.
 

Outra novidade deste ano é a participação do cantor católico sertanejo Claucio Lima, que se apresentará no dia 26 de outubro, junto com a banda Cristo Alegria, e fará uma homenagem especial com a apresentação de uma canção inédita composta especialmente para o Círio. Claucio Lima é do estado de São Paulo, autor de diversas canções religiosas que fazem sucesso pelo Brasil e participa pela primeira vez da festa. Hoje, ele é agente da Pastoral da Sobriedade e Servo do Grupo de Oração Jesus é o Senhor na Paróquia de São Francisco de  Catanduva, em São Paulo, e realiza um trabalho de evangelização por todo país.
 

Outras atrações já estão confirmadas pela Diretoria da Festa de Nazaré. São elas: Anjos de Resgate, Eliana Ribeiro, Davidson Silva, Ministério Seráfico, Diego Fernandes, Suely Façanha, Coral do Vale, Sementes do Verbo, Adriana Arydes, Adoração e Vida, Lucinha Bastos, Missionário Shalom e Cristo Alegria.
Foto:Divulgação

Confira a programação do Círio Musical 2019



14/10 – Thiago Brado

15/10 – Eliana Ribeiro

16/10 – Davidson Silva

17/10 – Ministério Seráfico

18/10 – Diego Fernandes

19/10 – Suely Façanha

20/10 – Coral do Projeto Vale Música

21/10 – Sementes do Verbo

22/10 – Adriana Arydes

23/10 – Adoração e Vida

24/10 – Lucinha Bastos

25/10 – Missionário Shalom

26/10 – Cristo Alegria e Claucio Lima


Rede Amazônica promove edição especial do 'Pipoca em Cena' para o Dia das Crianças

A Rede Amazônica em parceria com a Secretaria Social do Comércio (SESC), realiza nesta sábado (12), o Dia da Alegria junto com o Pipoca em Cena. O evento, que é em comemoração ao dia das crianças, acontecerá no Anfiteatro do Balneário do SESC, na zona Oeste de Manaus, a partir das 16h. A entrada é gratuita.
Foto:Katiúscia Monteiro/Rede Amazônica


O projeto Pipoca em Cena, que é realizado pela Rede Amazônica em parceria com a Globo Filmes, exibirá o sucesso de ''Os Detetives do Prédio Azul 2''.


O longa conta a história dos pequenos Bento, Pipo e Sol em mais uma aventura. Durante a Expo-Bruxas, a maior feira de bruxos do mundo, o trio viaja até a Itália para investigar o sumiço da feiticeira Berenice (Nicole Orsini), que foi sequestrada pelos bruxos Máximo e Mínima Buongusto. Com o trabalho em equipe e a ajuda da avó de Pipo, eles conseguirão desvendar esse mistério.

Foto:Katiúscia Monteiro/Rede Amazônica


O Balneário do SESC fica na Av. Constantinopla, 288 (em frente ao conjunto Campos Elíseos), no bairro Alvorada, zona Centro Oeste de Manaus.

Espetáculo infantil ‘O Pequeno Príncipe’ será apresentado no Dia das Crianças, em Manaus

No dia 12 de outubro, Dia das Crianças, o Teatro Manauara será palco do espetáculo infantil responsável por emocionar milhares de crianças e adultos por todo o planeta. Trata-se da história “O Pequeno Príncipe”, que será apresentada pelos atores do Grupo Vem Art, com a sessão às 17h. Os ingressos estão sendo vendidos no site do Teatro Manauara e na bilheteria do teatro, localizada no Piso Buriti, do Manauara Shopping (Av. Mário Ypiranga Monteiro, 1.300 – Adrianópolis).

Fundação Rede Amazônica comemora Dia das Crianças com oficinas em shopping de Manaus

A Fundação Rede Amazônica (FRAM), em parceria com a Eduinovam, Glauce Galúcio e Makers Manaus realizam uma programação especial do projeto Semente de Inovação, em comemoração ao Dia das Crianças. O objetivo é incentivá-las, por meio de atividades tecnológicas, experimentar e reproduzir fenômenos do cotidiano utilizando aprendizagem criativa.


O Semente de Inovação Fest terá uma série de oficinas, entre elas jogos e brincadeiras, educação financeira, bicho eletrônico e outras, tudo para que as crianças expandam suas possibilidades criativas, através de atividades práticas.


Todas as oficinas são gratuitas e acontecerão no Espaço Acelera Amazônia no Manaus Plaza Shopping (Piso 1) de 15h às 18h. Para fazer a inscrição acesse o site https://eventos.fram.org.br.

Foto:Divulgação/FRAM


Programação


No dia 09 de Outubro, a Comunidade Eduinovam oferece a oficina Brincadeiras e Jogos com Materiais Reciclados, uma abordagem lúdica que estimula a criatividade através do reaproveitamento de materiais.


No dia 10 de Outubro, Glauce Galúcio, ministrará a oficina Educação Financeira para Crianças, com o objetivo de conscientizar e estimular o desenvolvimento de hábitos saudáveis logo na primeira infância, formando assim uma geração sustentável financeiramente, capaz de usar o seu dinheiro de maneira consciente.


E no dia 11 de Outubro, a Comunidade Makers Manaus, realizará a oficina Faça seu Bicho Eletrônico, que visa estimular projetos criativos envolvendo componentes eletrônicos e materiais do dia a dia.



Festival de Teatro da Amazônia começa na próxima quarta-feira, em Manaus

De 9 a 13 de outubro, o público amazonense tem encontro marcado com a 14ª edição do Festival de Teatro da Amazônia, com espetáculos no Teatro Amazonas e Casarão de Ideias. Realizado pela Federação de Teatro do Amazonas (Fetam), com apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), o evento tem entrada gratuita.
Foto:Jean Paladino/Divulgação


O festival reunirá 13 espetáculos, com companhias de Manaus, Boa Vista, Macapá, São Paulo, Brasília, Porto Alegre e Belo Horizonte.


O Teatro Amazonas será palco do início da 'Mostra Oficial Não Competitiva – Jurupari' na próxima quarta-feira (09), às 17h, com o espetáculo ‘Chão de Pequenos’, de Minas Gerais, e à noite, às 20h, com ‘Saudades do Adolpho’, da veterana amazonense Ednelza Sahdo. Na quinta (10/10), às 10h, a programação segue com a peça infantil ‘Algodão Doce’, da Companhia Zona Cultural (AM). Já às 20h é a vez da Companhia de Teatro Apareceu a Margarida (AM) apresentar a tragicomédia ‘Ambrozhya e o Phantasma da Arte’.


Na sexta-feira (11), a agenda do festival terá quatro apresentações, a começar por ‘De Encontro’ (AM), da Criatê, às 10h. Em seguida, o público poderá assistir a ‘Canções para não dizer’ (SP), às 17h, e ‘Ovelha Dolly’ (DF), às 20h. Todas estas apresentações serão no Teatro Amazonas.


Já no Casarão de Ideias, será a vez de ‘Lugar da chuva’ (AP), às 22h. O sábado (12) reserva programação para pais e filhos aproveitarem o Dia das Crianças. O Teatro Amazonas receberá, às 10h, a peça ‘Augusto’ (RR) e o Largo de São Sebastião, às 17h, ‘O Palhaço de La Mancha’ (AM), da Cacompanhia. O dia será encerrado com a programação adulta: ‘A Fome’ (RS), às 20h, no Teatro Amazonas.

Foto:Lucas Sancho/Divulgação


No último dia do 14º FTA, domingo (13), ‘Cinco semanas em um balão’ (SP) será encenada, às 10h, e ‘Helena’ (AM), às 19h, ambas no Teatro Amazonas.


O festival terá, ainda, um ciclo de debates sobre os espetáculos apresentados, que acontecerá, de 10 a 13 de outubro, no Ateliê 23, às 11h, com mediação de Márcio Braz e Francis Madson. Toda a programação é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 99331-7090 e 98430-2531.


Todos os espaços que receberão atividades do Festival estão localizados no Centro de Manaus. O Teatro Amazonas fica na Avenida Eduardo Ribeiro, nº 659, e o Casarão de Ideias está situado na Rua Barroso, nº 279. O endereço do Ateliê 23 é Rua Tapajós, 166.






Lançamento do Festival de Cinema de Alter do Chão é neste sábado, em Santarém

É verão amazônico e muitas pessoas na orla da cidade. Na área, o público é brindado pela beleza noturna, o frescor do vento, a praia, o bate-papo ou ainda a prática esportiva. E neste sábado (5), em frente ao Centro Cultural João Fona, orla da cidade de Santarém, a partir das 20 horas, há um atrativo a mais: o pré-lançamento do Festival de Cinema de Alter do Chão, que será realizado de 21 a 27 de outubro, na Vila Balneária. O lançamento contará com muita música, comandado por Cristina Caetano & Nato Aguiar e convidados, como Dandara Aguiar e os Alquimistas.


A beleza em frente à cidade torna aconchegante e descontraído, tanto no corredor da orla ou na praia, criar ou reforçar laços de amizades. E fica aberta a sugestão dos apreciadores a trazer de casa a sua cadeira ou banco. Os artistas da noite prometem ao público o repertório regionais com ênfase às belezas naturais amazônicas. Entre as atrações, Cristina Caetano e Nato Aguiar apresentarão seu novo trabalho, o CD “Cabaré Paraense” e, também, será exibido o filme “Rio Tapajós, perfil e cultura do povo tapajônico”, da produtora  Mukuiú, de Cauê Onirê.


Festival de Cinema


Para o Festival Internacional de Cinema, as inscrições já foram concluídas na primeira quinzena do mês agosto, com 1979 filmes, as produções vieram de lugares da Amazônia, de outras cidades brasileiras e do exterior e resultou na inclusão de 98 países participantes. Estima-se a participação de 50 mil pessoas no evento. O evento é coordenado pela Krioca Comunicação e tem apoio da Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Semc) e demais pastas.


O Festival trará exibições de curtas, médias e longas-metragens, além de documentários, filmes realizados por telefone celular, oficinas, palestras, seminários e shows (artistas locais da música, dança, apresentações de etnias indígenas, folclóricas e outras).


O evento é gratuito, no entanto a coordenação solicita que quem puder possa levar 1kg de alimento não perecível. Os alimentos serão entregues a entidades filantrópicas da Vila de Alter do Chão e área urbana da cidade.


Para o secretário municipal de cultura, Luis Alberto Figueira, o festival reforçará ao mundo a importância de agregar cada vez mais o conhecimento sobre a Amazônia, uma vez que o município de Santarém é privilegiado pelas belezas naturais e rico nos aspectos culturais.  


“O nosso município cada vez mais ganha abrangência de Brasil e de mais partes do mundo. Recentemente, no mês de setembro, na Vila de Alter do Chão vivenciamos a festa do Çairé, que a cada ano supera quanto a participação de pessoas. E agora este Festival de Cinema,  que  já movimenta a abrangência de participações de pessoas vindos de várias partes do mundo, além de fomentar a economia da região oeste do Pará”, explica o titular da Pasta da Cultura no município.


O diretor do Festival de Alter do Chão, Locca Faria, informou que há produções de várias partes do mundo como o Oriente Médio, América Latina, América do Sul, África e Europa.


"E muitos filmes nacionais e das regiões da Amazônia estão enriquecendo demais o evento. Teremos uma série de apresentações artísticas culturais locais, palestras e a presença de grandes profissionais do cinema, do audiovisual, virão profissionais jornalistas de uma série de canais de televisão nacionais e internacionais, assim como locais. E teremos algo importantíssimo: Serão as rodadas da mesa de negócios, onde as pessoas que inscrevem os projetos no site do Festival e lá eles vão ter a oportunidade de estar à frente dessa direção desses canais para apresentação dos projetos”, explicou.


Sobre o troféu do Festival


O Muiraquitã é considerado por muitos pesquisadores e historiadores como um dos símbolos místicos da Amazônia. É uma peça lendária, um um talismã modelado, com a matéria-prima encontrada nas profundezas dos lagos da região, que as nativas, após ter relações íntimas com os índios, elas os presenteavam com o símbolo agregador da fertilidade e proteção.


"Nós fizemos uma série de audiências públicas em vários lugares e sugeriram que o troféu seria o Muiraquitã por agregar esses valores desta região, principalmente em relação a cultura e a natureza. O troféu Muiraquitã é feito de madeira jacarandá da espécie Dalbergia brasiliensis e com detalhes em ouro para os ganhadores do festival”, disse Faria.


Os troféus foram produzidos pelo artista Rony Borari, da Vila de Alter do Chão, e medem 10x8 cm. Serão entregues aos ganhadores nacionais e internacionais avaliados pela curadoria do festival, nas categorias: longa metragem, média metragem, curta metragem, documentário e aparelho celular smartphone.

Foto:João Ramid/Tuor Pará
Inscrições de voluntários do Festival


Estão abertas as inscrições para a participação de voluntários no Festival de Cinema de Alter do Chão. O formulário de inscrição está no site https://festivaldealterdochao.com.br/


O processo seletivo vai ocorrer no dia 10 de outubro, das 9h  às 17 horas, nas dependências do Conselho Tutelar de Alter do Chão, localizado na Travessa Febrônio Batista Costa, s/n, Alter do Chão, ao lado do terminal rodoviário da Vila. Os voluntários terão as opções de cinco grupos de trabalho, entre eles: recepção nas tendas, mobilização e apoio de palco. Todos os voluntários receberão o certificado de acordo com as horas participadas.


Requisitos para voluntários

 1.Ser comunicativo;

 2. Ter disponibilidade de estar pelo menos em um dos turnos (manhã, tarde ou noite) na Vila de Alter do Chão;

 3. Ser proativo;

 4.Ser pontual;

 5.Ser responsável;

 6.Experiência no audiovisual;

 7.Domínio de inglês intermediário será considerado um diferencial.


Mais detalhes sobre o Festival Internacional de Cinema, acesse: https://festivaldealterdochao.com.br/.

Concertos, músicas e peças na agenda de outubro do Teatro Amazonas; confira programação

Em outubro, o palco do Teatro Amazonas continua com os concertos da 16ª edição da Série Guaraná, além de show de Boi-Bumbá, musicais, peças, exibição de cinema, entre outros espetáculos.


Confira a agenda completa:


2/10 – 20h
Trilhas sonoras de clássicos da animação e de desenhos infantis ganham arranjos para o violão no concerto “Tempo de Criança”. A Orquestra de Violões do Amazonas (Ovam), com participação de músicos da Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, protagoniza o evento, que tem classificação livre e entrada mediante a doação de um brinquedo para a campanha “Doe um brinquedo e ganhe sorrisos”. Serão apresentadas obras de “A Pequena Sereia”, “O Rei Leão”, “Aladdin”, “Toy Story”, entre outros.


3/10 – 20h


Em mais um evento da 16ª edição da Série Guaraná, a  Amazonas Filarmônica e o Coral do Amazonas apresentam o concerto “Beethoven – Missa Solemnis”. O programa apresentará a peça que dá nome ao título do programa, com regência do maestro Luiz Fernando Malheiro. Participam do concerto como solistas Dhijana Nobre, soprano; Luiza Francesconi, mezzo-soprano; Juremir Vieira, tenor e Andrey Mira, baixo. A classificação é para 10 anos e a entrada também é a doação de um brinquedo para a campanha “Doe um brinquedo e ganhe sorrisos”.


4/10 – 20h


O Teatro Amazonas vai ser palco da celebração “21 anos de Toada” do compositor e cantor Helen Veras. A comemoração será marcada pela participação de artistas e grupos que fizeram parte da trajetória do músico, como Israel Paulain, Tony Medeiros, Zezinho Corrêa, Leonardo Castelo, Klinger Araújo, Adriano Aguiar, Arlindo Jr., Canto da Mata, Márcia Siqueira, Vanessa Alfaia, Gaspar Medeiros, Garantido Show e itens oficiais do Boi Garantido. A entrada é uma lata de leite em pó ou um pacote de fraldas descartáveis.


5/10 – 18h e 20h


O núcleo de dança do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro e a Orquestra de Violões do Amazonas apresentam “O guarda-chuva encantado”, uma releitura do espetáculo “Musicais em Fragmentos”, apresentado pelos grupos em 2018. O espetáculo apresenta o nascimento de uma grande amizade em meio ao caos urbano e abandono, ao mesmo tempo em que se entrelaça a trechos de grandes musicais. O espetáculo terá duas sessões, às 18h e 20h, com entrada gratuita em classificação livre.


6/10 - 11h e 19h


A 16ª edição da Série Guaraná apresenta dois concertos no dia 6 de outubro. Às 11h, a Amazonas Filarmônica e o Coral do Amazonas reapresentam “Beethoven – Missa Solemnis”, com entrada gratuita e classificação para 10 anos. Às 19h, a Orquestra de Câmara do Amazonas e o Grupo Gaponga sobem ao palco para apresentar “Claudio Santoro e Gaponga”, com regência do maestro Marcelo de Jesus, também com classificação para 10 anos.

Foto:Divulgação/Secretaria de Cultura do Amazonas 
7/10 – 20h

A Escola de Samba Reino Unido da Liberdade realiza a gravação de um DVD, no palco do Teatro Amazonas. O evento tem o objetivo de contar ao público como surgiu a agremiação dentro da comunidade do Morro da Liberdade através dos samba-enredos que vão de 1986 até o mais recente, para 2020. A entrada é gratuita.

8/10 – 20h

Em mais uma edição, o Cine Teatro Amazonas apresenta “Memória dos Artistas Contemporâneos”, com os filmes “Hahneman e Adélia. A mãe conta o artista” (36min), “Jacqmont. O Movimento das cores da Amazônia” (01h31min) e “Otoni Mesquita. Narrativas da vida e da Arte” (34min41seg). A entrada é gratuita.

16/10 – 20h

O show “Influência Amazônica” reunirá os cantores Raulnei, Zezinho Corrêa. Ketlen Nascimento e Rainier de Carvalho e banda para um encontro musical que vai celebrar o amor à Amazônia. A entrada custa R$ 100 para todos os lugares do Teatro.

17/10 – 20h

A Série Guaraná continua a programação, desta vez, com os convidados Daniel Oliveira (clarinete) e Guilherme Mannis (como regente),  para acompanhar a Amazonas Filarmônica para executar as obras de Dmitri Shostakovich, Magnus Lindberg e Sergei Rachmaninov. A entrada é gratuita e a classificação é para 10 anos.
18/10 – 20h


A Banda Escândalo Fônico realiza um show para o lançamento do álbum “Azo”, no Teatro Amazonas. A entrada é gratuita, mas banda pede que o público também doe latas de leite que serão destinadas ao abrigo Núcleo de Assistência à Criança e à Família (Nacer).


19/10, às 20h e  20/10, às 19h


“Mamma Bia Baré – O Musical” vai reunir as músicas consagradas do Grupo Abba com elenco totalmente regional, contando com grandes nomes da música no Amazonas, além de componentes do Coral do Amazonas e atores da região. A história se passa em uma pousada, no município de Presidente Figueiredo, onde os preparativos do casamento da filha da dona da pousada está a todo vapor e a filha resolve convidar os três últimos namorados da mãe para descobrir quem é o seu pai. Os ingressos custam de R$ 30 a R$ 50 e podem ser comprados no site da Bilheteria Digital.


23/10 -16h e 19h


A Companhia de Teatro Metamorfose apresenta o clássico “Alice no País das Maravilhas”, no Teatro Amazonas. Baseada na obra do escritor Lewis Carroll, o espetáculo conta a história da menina curiosa seguir um coelho branco, quando de repente cai em sua toca e é levada a um reino onírico. Todos os lugares custam R$ 30, e a classificação é livre.


24/10 – 20h


A Amazonas Filarmônica e o barítono Inácio de Nonno se reúnem para um concerto da Série Guaraná em homenagem ao aniversário da cidade de Manaus. Para ocasião será executado o Hino Municipal de Manaus, além das obras “Prelúdio e Canções do Amor” e “Sinfonia nº 10”,  de Claudio Santoro. A regência será do maestro Marcelo de Jesus e o evento terá entrada gratuita, com classificação para 10 anos.


25/10 – 20h


O Balé Folclórico do Amazonas apresenta dois espetáculos. “Amazônia” foi criado em comemoração ao aniversário da Aeronáutica e desde então a peça integra o repertório do grupo. O espetáculo representa a floresta em cena, com todas as suas peculiaridades. Já “Cenas Amazônicas” faz um passeio pelos traços indígenas e caboclos que se mantém vivos por séculos na região amazônica. O trabalho também conta com um repertório musical que valoriza o imaginário, além das danças folclóricas que enriquecem o espetáculo com suas histórias e representatividade cultural. A entrada é gratuita.


26/10 – 20h


Márcia Siqueira e James Rios sobem ao palco do Teatro para o show “Afro Brasilis”. A dupla irá celebrar a consciência negra, com um repertório que reúne músicas de Gerônimo, Margareth Menezes, Caetano e Carlinhos Brown, Caetano Veloso, Daniela Mercury, entre outros, A entrada custa R$ 50 para todos os lugares.


27/10 – 11h e 19h


Dois eventos da Série Guaraná serão realizados no Teatro Amazonas no dia 27 de outubro. Às 11h, A Orquestra de Câmara do Amazonas e o Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas apresentam um balé inspirado na vida de Camille Claudel e em sua paixão pela arte de esculpir com riqueza de detalhes as formas humanas, técnica incentivada por seu mestre Auguste Rodin. A regência será do maestro Marcelo de Jesus e o evento terá entrada gratuita, com classificação para 10 anos.


Às 19h, a Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, sob a regência de Luiz Fernando Malheiro,  executa obras de Bedrich Smetana e Alexander Glazunov. A entrada é gratuita, com classificação para 10 anos.


29/10 – 20h


O Grupo Kabanos protagoniza o show musical “Na Estrada”, em comemoração aos cinco anos de trajetória da companhia, que desenvolve um trabalho autoral. O repertório é composto de 16 canções. A entrada é gratuita.


30/10 – 20h
O cantor Manoel Passos e convidados apresentam o show “Vinicius e Toquinho: 50 anos de música”, que homenageia os ícones da música brasileira. O evento contará com os cantores Paulinho FM, Naiá Leide e Antonela Martins, além de participações de Lorenzo Fortes, Sandro Passos, Maria Eduarda e Coral Infantil PMJP. A entrada gratuita e a classificação é livre.


31/10 -  20h


A jovem mezzo soprano francesa Eva Zaïcik, uma das revelações da cena lírica internacional e vencedora do Concurso Rainha Elisabeth da Bélgica em 2018, se une a Amazonas Filarmônica para mais um concerto da Série Guaraná. Zaïck vai cantar “Les Nuits d’été”, ciclo de canções de Hector Berlioz para voz e orquestra, sob regência de Marcelo de Jesus. A entrada é gratuita e a classificação é para 10 anos.

Artistas escritores de grafite participam da primeira edição da "Graff Feira", em Manaus

Artistas escritores de grafite se reúnem para a primeira edição do “Graff Feira”. O evento acontece no dia 5 e 6 de outubro, sábado e domingo, a partir das 16h, no Espaço Mediações da Galeria do Largo São Sebastião. O objetivo da “Graff Feira” é mostrar para o público os mais variados tipos de grafites produzidas por artistas locais.


A proposta da ocupação/exposição é reunir alguns dos artistas de Manaus que fazem letras de trauapes, e dar espaço a arte e cultura desta vertente, buscando a pluralidade e a união das sopas de letras que ocorrem nas ruas e agora ocupam este local, pois para nós não importa o suporte.
Foto: Divulgação
 

De acordo com o organizador do evento, Ítalo Alus, o evento faz parte da ocupação artística voltado para o grafite que iniciou em setembro no Largo de São Sebastião. “O diretor da Galeria, Cristóvão Coutinho, nos ofereceu o espaço para a exposição “Sopa de Letras”, então, tivemos a ideia de criar a exposição e uma programação diferenciada para agregarmos mais valor para o trabalho dos artistas locais”, disse.


O evento contará com o som do DJ Lecons, Deby Mitsue na "voz e violão" e  microfone aberto para recitação de poesias, slam, performances e pintura ao vivo.


Sobre a exposição


A exposição “Sopa de Letras: Trauapes” conta com 21 artistas grafiteiros. Fazem parte do grupo Adonay, Alus, Bielz, Blur, Bynose, Bora, Bulk, Chavez, Freak, Gabi, Godo, Gnos, Kaht, Kina, Liu, Lori, Mani, Telezé, Rosie, Tronks, Zoio. Com visitação de terça-feira a domingo, das 14h às 20 horas.


“Trauapes” é o aportuguesamento de throw-up, também chamadas de bomb, que são como letras rápidas, com o nome dos escritores, com contorno, preenchimento e sombra. Nelas, o artista usa o estilo para criar uma identidade. Quando escritores se unem para encaixarem suas letras no muro, isto é chamado de Sopa de Letras, que terá uma mostra na Galeria do Largo. O grupo também realizará apresentações de Hip Hop e batalhas de tag, no local.

19ª Parada do Orgulho LGBTI+ celebra diversidade e respeito neste domingo

Com o tema “19 anos de orgulho, nos 350 anos de Manaus”, a 19ª Parada do Orgulho LGBTI+ acontecerá neste domingo, (29), mais uma vez no Centro de Convenções – Sambódromo, na avenida Pedro Teixeira, 2.565, Dom Pedro, zona Oeste. O evento, que tem entrada gratuita, conta com o apoio da Prefeitura de Manaus.




“É um ato de celebração, mas também de manifestação e reivindicação dos direitos humanos. Esse evento, que ocorre em todo país, é o momento em que mais ganhamos visibilidade e, com isso, já conquistamos muitas causas, como, por exemplo, a retificação do nome social e gênero no registro civil de pessoas trans, a criminalização da homofobia e o casamento gay”, destacou a presidente e organizadora do evento, Bruna La Close.




“A escolha do tema se deu porque, além de comemorar os 19 anos de Orgulho LGBTI+, também comemoramos o orgulho de ser Manaus, nossa terra acolhedora que completará 350 anos”, completou.

Foto: Divulgar
 


A programação contará com muita música comandada pelos tradicionais trios elétricos, tenda eletrônica e o palco principal. Além disso, o evento terá shows de drag queens, desfiles de personalidades LGBTI+ e a exibição da famosa bandeira de arco-íris, símbolo do movimento, com 50 metros de extensão.



De acordo com a organização, quem participar do evento também pode levar suas próprias faixas, banners, cartazes e palavras de ordem, para celebrar e reivindicar o amor, a diversidade e, principalmente, o respeito.  A concentração no local será a partir das 16h.



Palcos, shows e desfiles



O Trio Oficial Bruna La Close dará a largada no circuito de trios elétricos às 18h30, com a presença do DJ Gabriel Medeiros, além de outros artistas locais, ícones LGBTI+ e demais convidados.


Enquanto isso, no Trio da Diversidade, o público poderá prestigiar a cantora Vanessa Auzier e Banda, comandando ritmos como axé, swingueira, eletrofunk, brasilidades e muito mais.
Já o palco principal será formado por nomes como os DJs May Seven, NandesToy, Yaago Gloss, Thayza Rodrigues, M”Caio, Henroliver e Naomy Lopes.


O grupo de dança Explosão do Calypso e San Salis, cover da cantora Pabllo Vittar, também integram a programação, entre outras atrações.

Prazo para inscrições no Edital Amazonas Cênico se encerra na segunda (30)

Encerra-se nesta segunda-feira (30) o prazo de inscrições para o Edital Amazonas Cênico – 2019, voltado para a seleção de propostas de apresentações artísticas nos espaços administrados pela Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas (SEC).


O documento, disponível para consulta no Portal da Cultura, no item Editais, prevê a realização de até 95 apresentações de artes cênicas (dança, teatro, circo e performance), entre outubro de 2019 e janeiro de 2020, totalizando o valor global de R$ 160 mil.
Foto:Divulgação/Fetam

As apresentações, que podem acontecer em temporada, ocorrerão nos seguintes espaços da Secretaria: Cineteatro Guarany; Teatro da Instalação; Teatro Gebes Medeiros; Usina Chaminé; Largo de São Sebastião; Parque Rio Negro e Parque Jefferson Péres.


Cada proponente poderá inscrever até duas propostas, e as temporadas poderão ter até quatro apresentações. As propostas devem ser entregues em dois envelopes lacrados, no setor de Protocolo da SEC (avenida Sete de Setembro, 1.516, Centro, anexo do Centro Cultural Palácio Rio Negro), de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30, acompanhadas da documentação especificada no edital, disponível para consulta no Portal da Cultura.


As propostas passarão por análise documental, que ficará a cargo de dois representantes da SEC, e análise técnica, sob responsabilidade de comissão formada por dois nomes da secretaria e um representante de notório saber das artes cênicas. O resultado será conhecido dez dias após o fim do prazo das inscrições.


Para mais informações ou dúvidas sobre o edital: (92) 99148-7270.

Manaus: história e tradição marcarão programação cultural de aniversário da cidade

A 30 dias da grande festa em homenagem aos 350 anos da cidade, a Prefeitura de Manaus prepara uma programação cultural para celebrar a data – 24 de outubro – valorizando a história e a tradição do povo manauara.


Entre os eventos confirmados, está a histórica apresentação do Hino de Manaus, que foi revisado e contará com partituras para orquestra, banda marcial e piano, além do já tradicional Boi Manaus, divulgado anualmente pelo Ministério do Turismo e que leva milhares de pessoas para brincar de boi-bumbá em um dos principais cartões-postais da cidade, a praia da Ponta Negra, já consolidada como palco do evento.

Foto: Divulgação



Como parte da valorização e do resgate cultural da história da capital, a composição de Nicolino Milano e Thaumaturgo Sotero Vaz, datada de 1906, ganhará partitura oficial 16 anos após ser aprovada como hino oficial de Manaus, conforme a Lei Municipal 718/2003. Segundo o presidente do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), Márcio Souza, o estudo feito pelo maestro Fabiano Cardoso vai contribuir com a popularização do hino, uma vez que será gravado em CD, DVD e um livro de partituras será editado.



“A notação musical do começo do século 20 para cá mudou bastante, o que dificulta a execução de um professor de música junto a seus alunos, por exemplo, além disso, alguns instrumentos musicais da época não existem mais. Tudo isso foi corrigido e teremos uma belíssima apresentação do hino como parte das comemorações pelo aniversário da cidade”, explicou Márcio Souza, reforçando que a gravação do material será distribuída gratuitamente em escolas públicas para possibilitar que as crianças também conheçam o hino de sua cidade.



O hino de Manaus será gravado nos próximos dias pela Orquestra Amazonas Filarmônica e pelo Coral do Amazonas, no Teatro Amazonas, sob a regência do maestro Otávio Simões. A apresentação ao público será no dia 24 de outubro, na entrega da obra de restauro do Pavilhão Universal, na praça Adalberto Vale, Centro Histórico de Manaus.



Boi Manaus 2019



Evento que integra o Calendário Oficial do Município, o Boi Manaus é o encontro da cidade de Manaus com sua identidade indígena. Em sua 22ª edição, a festa terá dois convidados especiais, que terão os nomes divulgados posteriormente e se apresentarão juntamente com os mais de 30 artistas locais. Pelo quinto ano consecutivo, o Boi Manaus acontecerá no Complexo Turístico Ponta Negra, zona Oeste da cidade, às margens do rio Negro.



O ritmo do “dois pra lá, dois pra cá”, reúne centenas de milhares de pessoas ao longo da avenida Coronel Teixeira, que tomam também o calçadão seguindo os trios elétricos a partir das 16h e entrando madrugada adentro. Os itens dos bumbás de Parintins, além de personalidades conhecidas como Márcia Siqueira e grupos que se consagraram entoando o ritmo de raízes indígenas, estão entre as atrações dos dois dias de evento. Em 2018, um público de mais de 80 mil pessoas prestigiou a programação.




Inscrições abertas para campeonato regional de Yu-Gi-Oh! Trading Card Game

No dia 12 de outubro, das 11h às 19h, acontece o Yu-Gi-Oh! World Championship Qualifier (WCQ) Regional 2019. O evento é uma oportunidade de encontro entre os colecionadores e duelistas de Yu-Gi-Oh! Trading Card Game (TCG). O torneio acontecerá na praça de alimentação do centro de compras e os interessados em participar podem realizar as inscrições na Loja Daisuki, localizada na rua A, 42, Conjunto Eldorado, no Parque Dez, ou no link https://bit.ly/2miP853.



Segundo a coordenadora de marketing do Millennium Shopping, Elizandra Xavier, o evento é a chance para os fãs de Yu-Gi-Oh! fazerem novos amigos e aprenderem novas estratégias de duelo. “Reúnam os amigos e venham se divertir no Millennium Shopping”, convida.


Foto: Divulgação
 
A inscrição custa R$ 50 e é necessário o decklist (lista de todas as cartas de seu baralho) e ter feito o seu registro previamente no site da Konami para gerar o COSSY ID (registro de duelista necessário para participar dos eventos oficiais de Yu-Gi-Oh! TCG). As regras para participar podem ser encontradas no link https://bit.ly/2kriUnR, onde também é possível imprimir sua decklist e ficha de inscrição para o evento.



Um tapete de Duelo WCQ, uma deckbox exclusiva WCQ e um convite para o World Championship Qualifier Nacional 2020 são os prêmios para os duelistas que terminarem o torneio nos quatro primeiros lugares. Já quem ficar do 5° ao 8° lugar levará para casa um tapete de WCQ e um convite para o torneio nacional.

Fazenda da Esperança realiza festejos para São Francisco de Assis em Manaus

A direção da Fazenda da Esperança convida os manauaras para mais uma edição da Festa de São Francisco de Assis, o santo patrono do local. O evento é celebrado neste domingo (29), a partir das 8h30, na Ala Masculina da instituição, localizada na BR174, km 15 - Ramal Claudio Mesquita. A entrada é franca.


Com o tema “Alegra-te, o Senhor está contigo˜, a programação do evento terá shows musicais, barracas com vendas de comidas regionais e testemunhos de pessoas que estão em recuperação. Às 15h será realizada uma missa com os internos e seus familiares.
Foto: Diego Oliveira-Portal Amazônia


De acordo com o coordenador da Fazenda da Esperança no Amazonas, padre Vinicius Esch Gouvea, o evento é uma celebração do esforço feito pelos internos. Eles esperam o ano todo para as festividades de São Francisco de Assis. “É uma festa muito bonita, os internos se preparam e criam uma programação para tocar as pessoas”, disse.


Além de música e comidas típicas da região amazônica, a população terá a oportunidade de conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido na Fazenda Esperança. ˜Infelizmente, algumas pessoas ainda tem preconceito com os dependentes, seja de álcool ou drogas, mas eles são seres humanos que merecem uma segunda chance. Eles estão empenhados para fazer o melhor˜, afirmou Gouvea.


Sobre a Fazenda


A Fazenda da Esperança foi criada com um único objetivo: resgatar vidas. Diferente de outras casas de recuperação para dependentes químicos, a Fazenda dispõe de casas separadas para grupos de internos, trabalhos coletivos, além de uma metodologia oracional, catequética e cidadã.