A situação da saúde indígena em Guajará-Mirim

Cerca de 60% da população indígena de Rondônia está em Guajará-Mirim. E a saúde é o grande desafio, especialmente no atendimento nas aldeias. O chefe da Casa de Saúde do índio do polo de Guajará-Mirim e Nova Mamoré, Valderes Rocha, vai nos relatar a realidade e as novidades que vem por aí, especialmente, depois da visita do Secretário Nacional da Saúde Indígena.
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Nova espécie de peixe única no mundo é descoberta na Amazônia peruana

O IIAP, em coordenação com as autoridades peruanas, implementa medidas de controle para garantir sua conservação efetiva.

Leia também

Publicidade