Samba-enredo interpretado por David Assayag será destaque no carnaval do Rio de Janeiro

Após o compositor Paulo Onça emplacar um samba-enredo na Grande Rio, é a vez de outro amazônida ganhar destaque no cenário carnavalesco do Brasil. Na noite desta segunda-feira (17), o cantor David Assayag foi o campeão na final da escolha do samba enredo da escola Imperatriz Leopoldinense, do Rio de Janeiro. O artista interpretou a música ‘Xingu, o clamor que vem da floresta’, escrita pelos cariocas Moisés Santiago, Adriano Ganso, Jorge do Finge e Aldir Senna.

De acordo com David, o convite para interpretar a canção aconteceu em julho, época em que o artista está envolvido com o Festival de Parintins. Ao todo, foram três meses de competição e 12 músicas concorrendo a grande vaga. “A música fala muito sobre a floresta e preservação, então os compositores tiveram a ideia de usar um cantor da Amazônia. Participamos da primeira eliminatória e fomos ficando até a grande final. E graças a Deus conseguimos nos consagrar campeões”, contou por telefone o artista que está no Rio de Janeiro. 

Cantor participou da equipe responsável pelo samba-enredo ‘Xingu, o clamor que vem da floresta’. Foto: Reprodução
Cantar em uma escola de samba não é novidade para David, porém ele garante que o estilo musical foge de sua zona de conforto. Conhecido por seu alcance vocal, o levantador de toadas do Caprichoso é referência no cenário musical do Amazonas e não decepcionou em solo carioca. “Apesar de já ter experimentado cantar samba, o ritmo é uma novidade para mim, afinal o meu forte é a toada. Os compositores acreditaram no meu potencial e o público aprovou o resultado”, disse.

David aguarda uma reunião que será realizada pela diretoria da escola para saber como será sua participação no carnaval do Rio de Janeiro. “Eles vão deliberar para saber se eu vou cantar o samba-enredo em fevereiro, e também se eu participarei da gravação do DVD que acontece em breve”, declarou.

Confira o samba-enredo  ‘Xingu, o clamor que vem da floresta’:

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

15 anos de história: Romaria das Águas exalta cura pela fé, no Amazonas

O Dia de Nossa Senhora do Carmo é celebrado em 16 de julho. A santa é padroeira de Parintins e a Catedral em sua homenagem foi tombada por sua importância cultural pela Lei Nº 618/2004.

Leia também

Publicidade