Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 26 Janeiro 2021

Mitos e verdades sobre a meditação; como deixá-la mais presente no seu cotidiano?

A meditação mindfulness (atenção plena) é a busca contínua de um estado mental de atenção sobre a capacidade de se concentrar nas experiênciasatividades e sensações do momento presente. Para a escritora Sarah Silverston, estas intervenções para a promoção da saúde emocional, tem sido estudada em uma variedade de populações, incluindo, pessoas com diagnóstico de doenças crônicas, doenças mentais, cardiopatias, como também para quem está enfrentando situações de estresse e até em pessoas saudáveis. 

Existem várias práticas de meditação para manter a atenção plena no momento presente e assim aceitar as experiências como elas são, podendo ser positivas ou negativas. Podem ser práticas de meditação formais com o acompanhamento de um instrutor, horário e locais específicosE  as práticas de meditação informais quando podemos transformar a vivência de situações cotidianas normalmente no piloto automático para a atenção plena.

Foto: Divulgação

 Conheça alguns mitos e verdades sobre a meditação:

Mito: "Preciso parar de pensar, esvaziar minha mente, controlar meus pensamentos para conseguir meditar"

Verdade: A meditação em si, não é uma técnica ou uma ação, mas sim um estado de concentração e contemplação. Meditar é aprender a aceitar as experiências internas e externas, através de um diálogo gentil consigo.

Mito: "Não tenho tempo para meditar, preciso tirar horas do meu dia e minha rotina é muito corrida para conseguir tirar um tempo para isso" 

Verdade: Você não precisa de muitas horas, pode iniciar a prática por alguns minutos e aumentar o tempo gradativamente. 

Mito: "Meus pensamentos são muito acelerados, não consigo me concentrar ou ficar parado por muito tempo" 

Verdade: Existem vários tipos de meditação, algumas de cunho espiritual, corporal e outras com o foco no relaxamento e redução de stress, é importante buscar aquela com a qual você se identifique e se sinta mais confortável. 

Mito: "Não tenho mais idade ou sou muito jovem para meditar" 

Verdade: Não existe idade certa para meditar. Entretanto, é necessário desenvolver algumas habilidades como a disciplina e paciência para aprender e aprimorar as práticas meditativas. Quanto mais prática mais conexão do corpo com a mente! 

Para quem quer começar o hábito da meditação, conheça a si mesmo e pesquise qual tipo de meditação mais se encaixa na sua rotina, se precisar, busque ajuda de profissionais ou grupos de prática. Entenda que é um novo hábito o qual talvez você não ainda não tenha tanta habilidade, por isso, tenha gentileza com sua trajetória. E por último, faça isso genuinamente por você, quando se sentir confortável, a intenção em querer, é o primeiro passo!


Sou Laena Portela,

Ajudo as pessoas diariamente a encontrar o equilíbrio da mente através dos métodos da psicologia, das ferramentas do coaching e das práticas meditação mindfulness. Sou apaixonada pelas emoções e pela subjetividade do comportamento humano, além disso a cultura me fascina, não vivo um dia sem música, um fim de semana sem ir ao cinema, teatro, show ou um mês sem ler pelo menos um livro. 

Veja mais notícias sobre Mente Equilibrada.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 26 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/