Manaus 30º • Nublado
Domingo, 03 Março 2024

Autor rondoniense reconta nanocontos

WhatsApp-Image-2023-03-25-at-20.23.59

Recheio de Emoções. Este é o título do livro de William Haverly Martins, publicado pela Editora Temática com 200 páginas e 50 contos inspirados em nonocontos de Viriato Moura.

É um encontro singular de 'feras' da literatura rondoniense, dignas e à altura de reconhecimento (inter)nacional. Ambos, imortais da Academia Rondoniense de Letras.

William é um escritor original e preciso nos recortes que usa nas narrativas; têm sempre a a fenda poética e a erudição, mas não pedantismos. Sua produção é acessível, gostosa de se ler, muito apropriada ao público juvenil, inclusive.

No caso específico dos contos de Willian, muitos deles fazem o leitor viajar pelo universo bucólico de Porto Velho, suas figuras de linguagem, seus rios, seus costumes, sua gente cheia de sentidos norteados pelo viver amazônico.

A obra de Willian é inspirada, inteiramente, no trabalho do mestre da síntese e da subjetividade: Viriato. Ele tornou-se referência nos nanocontos, haicais, literatura minimalista. Mas, claro, Viriato é reconhecido pelo talento em muitas vertentes da cultura, inclusive das artes plásticas. É preciso ter muito conteúdo para se expressar "na veia", como ele.

A capa do livro. Foto: Reprodução

Sala de aula

Willian e Viriato elaboraram o projeto que visa, principalmente, ser trabalhado em sala de aula por professores de redação dos ensinos fundamental e médio.

"A ideia [com o livro] é ensinar e estimular o aluno a gostar de ler e escrever, a partir da literatura minimalista, ou seja, ele lê um nanoconto sugerido e recebe a incumbência de desenvolver um conto mais longo, tendo o nanoconto como inspiração", explica Willian.

Segundo o escritor, "se bem orientado pelo professor, o estudante perceberá que escrever não é tão difícil como ele pensava. Para redigir textos, fictícios ou não, basta ampliar a leitura, ter vontade e um mínimo de inspiração".

Além dos benefícios para o aluno, alvo do projeto, aqueles que lerem Recheio de Emoções terão um livro certo para conhecer a amplitude significativa dos nanocontos de Viriato Moura, melhorar a sua capacidade dedutiva e se divertir com as emoções proporcionadas pela variedade das interessantes histórias, imaginadas pelo escritor William Haverly Martins; são verdadeiras peças literárias.

O escritor Willian: original e preciso. Foto: Divulgação

O autor

William Haverly Martins nasceu em Senhor do Bonfim, sertão da Bahia. Estudou Direito na UFBA e graduou-se em Letras na Universidade Federal de Rondônia.

Começou a escrever ainda na adolescência. Está em Porto Velho há meio século e, durante muitos anos, foi professor de vários colégios da capital de Rondônia.

Iniciou a carreira literária publicando um livro de poesias ecológicas O Tempo da Vida; venceu o I Concurso de Poesias, Contos e Crônicas de Rondônia, promovido pela Unir, nas categorias: conto, com O Homem sem Cabeça e crônica, com A Praça é do Povo; escreveu os romances Capricho do Absurdo: a Morte Prematura da República Socialista do Guaporé; Réu do Sexo e o Último Retirante (o último ainda inédito) e o livro de contos Engarrafamento de Defuntos (também inédito).

Willian publicou, recentemente, pela Editora Temática, com grande repercussão no meio literário, o livro de crônicas De que me vale a janela sem a vista?

É atualmente editor da revista Karipuna Kult, uma publicação bimestral da ARL (Academia Rondoniense de Letras).  

Sobre o autor

Às ordens em minhas redes sociais e no e-mail: . Todas às segundas-feiras no ar na Rádio CBN Amazônia às 13h20.

*O conteúdo é de responsabilidade do colunista 

Veja mais notícias sobre JotaÓ escreve.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 03 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/