Manaus 30º • Nublado
Domingo, 29 Janeiro 2023

Mário Ypiranga Monteiro consolidou Roteiro Histórico de Manaus

Mrio_Ypiranga_Monteiro
O historiador Mário Ypiranga Monteiro, enriqueceu a época com o lançamento a Historiografia do Amazonas com a obra Roteiro Histórico de Manaus, em dois volumes. Desde o ano de 1932, o pesquisador vinha dedicando-se ao tema. Foi a leitura do livro Ruas de Lisboa comprada em umas de suas viagens à Europa que motivou o escritor a debruçar-se ao ofício de investigar a história das ruas, praças e monumentos da nossa cidade.
Roteiro Histórico de Manaus (Foto: Acervo/Abrahim Baze)
Mário Ypiranga Monteiro (Foto: Acervo/Abrahim Baze)

Já naquela ocasião, residindo à rua Quintino Bocaiúva, entre dr. Almino e Joaquim Nabuco, deu início ao trabalho somente interrompido quando foi nomeado professor primário em Santo Antônio de Borba. Retornando deu início as suas pesquisas de campo e gabinete.

Em 1945, publicou em fascículos o início do trabalho, com o título História das Ruas de Manaus. Com o lançamento da presente obra à época em dois volumes o autor consolidou seu intenso trabalho de pesquisa e ofereceu a sua cidade uma fonte inesgotável de informações de alamedas, logradouros, avenidas, bairros, becos, bicas, colônias,distritos, esquinas, igarapés, jardins, lagos, monumentos, praças, prédios, rampas, ruas, travessas e vielas. O autor além de preciosas informações deixou embalar o seu lado romântico e poético, destacando cada momento, belas poesias, provando desta forma seu eterno amor por Manaus.

A obra fez-se acompanhar de fotos das nomenclaturas e ricas biografias dos referidos patronos, a partir de sua origem até os dias atuais, transformando pequenos arabescos em grandes carpintarias literárias, ao exemplo deste poema. 

"[ ] … Chamou-se em vida Eduardo Ribeiro. Mas foi um rio de harto cuadal: palácios, ruas, praças, roteiro. Do pensador que ele foi. Requeiro seu monumento na capital."


(Foto: Arquivo)

O escritor Mário Ypiranga Monteiro nasceu em Manaus no dia 23 de janeiro de 1909. Membro titular e ex-presidente da Academia Amazonense de Letras e do Instituto Histórico Geográfico do Amazonas e que também foi presidente. Começou a escrever ainda aluno do então, Ginásio Amazonense Pedro II, hoje Colégio Estadual, em 1927. Escreveu e criou o Jornal O Estudante o qual dirigiu e mais tarde o 12 de Agosto.

Publicou diversos pontos amazônicos e também poesias, na revista O Malho e Fom-fom do Rio de Janeiro. Daí em diante, não mais parou de produzir, em constante colaboração aos jornais de Manaus. Dedicou-se durante toda sua vida, sobretudo, a história e ao folclore de Manaus. Em 1930, a 12 de agosto foi líder espiritual da Revolução Estudantil que deu margem a transformação no plano politico do Estado. Professor e sociólogo respeitado, publicou mais de 150 obras. Alguns desses trabalhos tiveram repercussão nacional e internacional com tradução para o alemão, inglês, espanhol e italiano em revistas europeias e americanas, Mário Ypiranga pertenceu a inúmeras instituições culturais e foi detentor de várias honrarias. Foi pesquisador em Ciências Sociais do IMPA, professor de Literatura Portuguesa e Brasileira em duas cadeiras na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Federal do Amazonas.

Com a história marcada pela riqueza das palavras passeou pelo mundo e especialmente entre nós. Não se pode ler ou falar da História do Amazonas sem buscar as obras referenciais do mestre Mário Ypiranga Monteiro. Historiador, pesquisador, professor e escritor, foi ainda um observador da cidade como ninguém, sempre atento aos seus contrastes e procurou demonstrar e acompanhar o nosso progresso. Viu de forma positivo o aumento das faculdades particulares, o acesso à população à essa educação. Tornou-se Bacharel em Direito, pela Faculdade de Direito do Amazonas, em 1946. Lecionou Geografia, Historia, Antropologia e Literatura Portuguesa. Sua participação no IMPA foi fundamental, foi membro do Patrimônio Histórico e Artístico do Amazonas. Foi professor honorário do Institut Humaniste, de Paris, França e da Phylo-Bizantine University, de Madrid, Espanha.

Mário Ypiranga Monteiro (Foto: Arquivo)

*Matéria publicada no Jornal A Notícia no caderno de Visão. Sexta-feira, 11 de setembro de 1998.

Veja mais notícias sobre Histórias da Amazônia.

Veja também:

 

Comentários: 2

Orizene Reis em Sábado, 14 Março 2020 13:22

Muito bom, gostei muito do comentário sobre Mário Ypiranga, gostaria de saber mais sobre suas obras...como faço para conseguir.

Muito bom, gostei muito do comentário sobre Mário Ypiranga, gostaria de saber mais sobre suas obras...como faço para conseguir.
Ruth Maria de Souza Neves em Terça, 15 Março 2022 14:47

Olá pessoal, me chamo Ruth de Souza, estou em um estudo sobre as historias de manaus. Tenho muito interesse me adquirir a obra de Mario Ypiranga Monteiro, ROTEIRO HISTÓRICO DE MANAUS. Como faço prea conseguir em PDF? Vocês podem me ajudar?

Olá pessoal, me chamo Ruth de Souza, estou em um estudo sobre as historias de manaus. Tenho muito interesse me adquirir a obra de Mario Ypiranga Monteiro, ROTEIRO HISTÓRICO DE MANAUS. Como faço prea conseguir em PDF? Vocês podem me ajudar?
Visitante
Segunda, 30 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/