A liberdade de expressão nas cores de cabelo

Olá galera do Tambageek!

Nós tivemos o prazer de bater um papo com a cabeleireira Ana Paula Barroso, a Nana. Ela é uma das cabeleireiras convidadas para a Manaus Expo Beauty, evento que acontece nos dias 24, 25 e 26 de Setembro no Studio 5 Centro de Convenções.

O evento vai contar com vários profissionais do mundo da moda, além de exposições de produtos, serviços, competições entre outros.

Então Nana, nós vemos  por aí que cabelos coloridos tem sido cada vez mais comuns e que o leque de cores tem crescido. O que você acha dessa tendência?

A tendência de cabelos de cores diversificadas, hum…

Ao meu ver não é apenas algo passageiro, faz parte de um momento universal de linguagem e liberdade, estamos hoje em um mundo confuso sobre, o que é identidade, e o que foi nos foi passado por uma sociedade que acha mais fácil lidar com pessoas, que transparecem ser mais “fáceis de lidar”.

E isso nunca será algo aceitável por quem anseia por liberdade!

Não que a loira ou morena não sejam lindas e livres.

Não é isso que estou dizendo!

Muito pelo contrário. Falo da liberdade da loira querer ser loira e ser, sem que isso indique que ela seja uma mulher “burra”. A morena, ser morena e ser livre para ter o cabelo com comprimento que for sem ter que lidar com rótulos!

O cabelo colorido existe no mundo inteiro em cada lugar como a sociedade de cada lugar entendeu, que aceitar o outro como ele é, sendo ele um ser humano como qualquer outro é o certo!

Estamos lidando com identidade!

Ser mais um nesse universo não é uma opção!

Cada um é um universo imenso a ser explorado, e esse universo que existe em cada um de nós que eu Nana gostaria de fazer transbordar e inundar os outros a minha volta.

É muito triste ver uma pessoa admirando meu trabalho, e dizendo:” eu não tenho mais idade” ou ” meu trabalho não permite”. É triste saber que a pessoa não deixa seu ser brilhar por se achar “velha” ou por que ela não teria como trabalhar por que ser ela mesma é visto como errado!

Percebe o quanto somos cruéis com nós mesmos neste ponto?

Então em resumo. Tendências são passageiras.

Vejo esse universo de cores como o ponto chave para a realização estética de qualquer pessoa.

Sem necessariamente ser um cabelo de várias cores. Mas, cá entre nós?!

Estes são incríveis. E também, um cabelo colorido sempre deixa bocas abertas! Hahaha

Sendo esta cor vibrante ou não…

Normalmente quais tons de cores mais buscados?

Hoje falando das manauaras; com certeza os azuis com verde, grafites, marsala e o violeta. Cenário norte americano os tons metálicos e pastéis! Europeu com toda certeza o fascínio da pedra opala chamado opalhair, ele tem um tom metálico, com distribuição de várias cores sombreadas. Um arco íris suave.

 

Foto: Djonatan Piehowiak / Santos

Normalmente quais tons de cores mais buscados?

Hoje falando das manauaras; com certeza os azuis com verde, grafites, marsala e o violeta. Cenário norte americano os tons metálicos e pastéis! Europeu com toda certeza o fascínio da pedra opala chamado opalhair, ele tem um tom metálico, com distribuição de varias cores sombreadas. Um arco íris suave.


E pra quem troca de cor de cabelo em um curto período de tempo, tem como você dar uma dica de produtos que possam auxiliar?

Uma dica que sempre dou para quem gosta muito de mudar é, em questão de produto de manutenção sempre será o óleo de coco. E siga as orientações do colorista que mudarem sua cor, ele sempre lhe dará a melhor dica para o seu cabelo especificamente.


Qual o tempo ideal pra se trocar a tintura?

O tempo ideal, como profissional da área dizendo após 3 a 4 meses. Para uma mudança total de cor.


Que tipo de hidratação capilar você indica?

Existe um produto da L’oreal professional que é o meu xodó. Vitamino color! Com certeza o shampoo em primeiro lugar!

A hidratação da linha é maravilhosa!

Mas, isso também depende do cabelo, para alguns cabelos uma hidratação com produto X é maravilho, mas, em outro y é melhor!

Para isso é necessário um diagnóstico. Para cabelo um resultado 100% sempre será personalizado!


As pessoas que procuram esse visual geralmente são: jovens adultos? ou é algo que está se disseminando?

Tenho poucas clientes menores de idade! (obs: não atendo menores de 15 anos e com autorização ou acompanhamento dos responsáveis e ainda assim com mechas únicas ou apenas nas pontas). Risos. Tenho das clientes mais jovens a partir dos 18 as com mais de 50.


Então galera, essa foi uma pequena conversa com nossa amiga Nana, se quiser saber e conhecer mais, aparece lá no Amazon Expo Beauty.

Bye bye!

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Projeto Farmácia Viva, em Belém, une ciência e conhecimento popular no tratamento de doenças 

De acordo com participantes do projeto, sempre procuram ouvir as experiências dos moradores com os chás, por exemplo, que fazem parte da cultura local.

Leia também

Publicidade