Manaus 30º • Nublado
Quarta, 05 Outubro 2022

Fundação Rede Amazônica apoia campanha “Leia com uma criança” criada pelo Itaú Social

A campanha "Leia com uma criança", criada pelo Itaú Social, distribuirá gratuitamente dois milhões de livros exclusivamente para secretarias municipais de educação e organizações da sociedade civil (bibliotecas comunitárias, associações de bairro, pode, participar, além de editoras brasileiras, com prioridade para livros de autores ou ilustradores que se autodeclaram negros e/ou indígenas). Os livros selecionados para esta edição foram: "De passinho em passinho: um livro para sonhar e dançar" e "A pescaria do curumim e outros poemas indígenas".

Segundo a superintendente do Itaú Social, Angela Dannemann, faz parte da missão do instituto inserir a educação no dia a dia das crianças brasileiras. "Desde 2010, nosso intuito é estimular os adultos a lerem com as crianças como forma de fortalecimento dos vínculos afetivos e participação ativa na educação. E, diante dos desafios impostos pelo acirramento das desigualdades, reafirmamos o nosso compromisso com a equidade. Direcionamos os esforços da campanha para promover e democratizar o acesso à leitura literária de qualidade para famílias e crianças em situação de maior vulnerabilidade socioeconômica. Nossa intenção é que mais crianças ampliem seu repertório cultural usando a imaginação e a criatividade, enriquecendo e expandindo, assim, suas experiências com os outros e com elas mesmas", explicou ela.

As solicitações podem ser feitas por instituições de todo o Brasil, porém serão priorizadas aquelas localizadas em municípios mais vulneráveis considerando parâmetros como grau de concentração de renda (Índice de Gini), Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), indicadores de pobreza e outros.

Somente organizações sociais e secretarias municipais de educação podem solicitar os livros, no entanto, toda a sociedade pode fazer parte da mobilização indicando o programa para uma entidade elegível. Além disso, estão disponíveis, gratuitamente, 14 títulos da estante digital e um acervo de 22 obras já distribuídas em anos anteriores em versões audiovisuais acessíveis, voltadas para o público com deficiência.

Segundo a diretora administrativa da Fundação Rede Amazônica, Marcya Lira, o projeto criado pelo Itaú Social traz uma das principais missões da instituição, a educação. "A Fundação Rede Amazônica tem como um dos pilares incentivar a leitura e a escrita através de vários projetos e quando nós identificamos a possibilidade junto com o Itaú Social em território nacional, trabalho que eles fazem com tanta maestria, mas que tem dificuldade aqui na região norte nós não podíamos ficar de fora já que conseguimos alcançar pessoas que vivem em locais distantes na região amazônica e com isso a gente consegue trazer uma identificação maior então o Itaú Social e Fundação Rede Amazônica vão conseguir alcançar juntos os moradores da nossa região", disse ela.

Para conferir mais informações basta acessar a página do programa é itausocial.org.br/leiacomumacrianca


Veja mais notícias sobre FRAM.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 05 Outubro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/