Hugo Bonemer fala sobre se assumir gay e ganha elogio de Fátima: ‘sobrinho querido’

Foto:Reprodução/iBahia

O ator Hugo Bonemer participou do ‘Encontro’ nesta quarta-feira (02) e falou como foi assumir ser gay ele contou que estava namorando um outro ator em entrevista ao ‘TV Fama’.

“Pensei nesse momento muitas vezes. Eu ficava pensando que em algum momento pudesse acontecer. Eu fugia de reportagens imaginando que podiam me perguntar. E aí, é muito curioso, quando fica natural para gente e temos certeza que não estamos fazendo nada de errado, a coisa aconteceu. Eu tinha colocado na minha cabeça que não ia mentir se alguém me perguntasse. Ele me perguntou se podia publicar. Achei carinhoso”, disse ele.

Hugo ainda explicou que sua orientação sexual estava bem clara para sua família: “Se não fosse tranquilo com minha família teria sido outro cenário. Me afetou muito pouco. Às vezes parecia que estavam falando de outra pessoa. A gente já vem de um lugar de não esconder nada de ninguém há tempos. Amigos, família, todos sabem. Já vem de um processo natural. O fato de me sentir leve, contribuiu para que eu deixasse o problema na cabeça de quem quiser ter o problema”.

Segundo o ator, quando era mais novo, no entanto, tinha medo de não ser aceito. “Gay era xingamento. Entendi muito cedo que eu precisava mentir para as pessoas e estava percebendo que estava criando um desvio de caráter. Eu precisava mudar isso. Eu pensava: ‘será que vou ser amado? Terei trabalho? e minha família?’. Mudei de Maringá e fui para a Alemanha durante um ano. Fui aceito em uma faculdade e fiz um checklist de coisas para cumprir antes de assumir”, disse.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Demandas do centro-sul impactam no desmatamento da Amazônia mais do que exportações

O estudo ressalta que, apesar de afetar diferentes biomas da Amazônia Legal, o desmatamento ocorrido até agora no Brasil se concentrou geograficamente nessa região.

Leia também

Publicidade