Cem cores de Garcez

Os grisalhos em contraste com sua tez bronzeada e olhar penetrante lhe caem bem. Ariano de boa cepa, Arnaldo Garcez, multimídia que possui uma intensa e irrequieta carreira mundo afora, vai celebrar ‘Cem Cores’, poeticamente explicando: 60 anos de vida e 40 como artista plástico. Uma bela sacada e um brinde aos seus seguidores e apreciadores dos seus quadros de traços característicos e inconfundíveis num primeiro olhar.

Conheci Garcez no Bar do Armando, há tempos. E coloque tempo nisso. Foi uma amizade fulminante que, entre altos e baixos, encontros e desencontros, perdura até hoje. Tenho um belo nanquim que adquiri naquela época, e um óleo sobre tela mais recente. Agora, me preparo para desfrutar das 100 telas que o pintor concluiu, recentemente, totalmente recluso, em Teresópolis e aqui vai brindar os olhos e devaneios dos seus convidados com uma mostra no Icbeu. É tempo de comemorar!

Foto: Divulgação
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Fundação Rede Amazônica visita SEBRAE/RR para fortalecer parcerias no estado

Nesta quarta-feira (17), a Fundação Rede Amazônica realizou uma visita à sede do SEBRAE em Roraima, marcando um importante...

Leia também

Publicidade