Manaus 30º • Nublado
Quarta, 17 Abril 2024

Amapaense conquista o título de Miss Brasil de Las Américas 2023

Leticia Gabrielly Figueira Maciel, de 22 anos, tornou-se a segunda amapaense a conquistar o título de Miss Brasil de Las Américas. O evento foi realizado no último dia 18 em Curitiba, no Paraná. Após ter participado pela primeira vez de um concurso de beleza em 2019, a amapaense venceu a disputa contra representantes de 16 outros Estados no concurso Brasil de Las Américas.

Desde 2011, o concurso Miss e Mister Brasil de Las Américas é realizado com o propósito de incentivar a arte e a cultura brasileira. Durante os dias de evento, os participantes são avaliados por uma equipe especializada, que utiliza critérios como beleza, simpatia, habilidade em se expressar, conhecimento geral e habilidades comportamentais, como oratória, inteligência emocional e capacidade de análise crítica. Amanda Marques, também amapaense, venceu a edição anterior

Foto: Reprodução/Miss Brasil de las Américas 2023

O concurso tem diferentes categorias, como Infantil, Pré-Teen, Teen, Petit, Miss, Miss Mrs (mulheres acima de 28 anos) e Mister. O vencedor pode representar o país em competições internacionais, mostrando a beleza, cultura e objetivos para o mundo.

Leticia falou sobre a emoção de conquistar o título e as suas perspectivas futuras. A jovem de 22 anos compartilhou os seus planos, além de falar sobre as dificuldades e desafios que enfrentou para chegar onde está. Ela enfatizou também que a área de modelo no Amapá ainda não é tão visada como em outros Estados, mas acredita que a principal dificuldade seja conciliar a vida pessoal com a profissional.

"Ser modelo e miss é um compromisso muito sério, eu vejo como um emprego, onde precisamos ter comprometimento, pontualidade, respeito, foco e determinação", declarou.

Foto: Leticia Maciel/Acervo pessoal

A nova Miss Brasil de Las Américas contou que sempre foi muito focada no que buscou e que ouvir o nome do Amapá anunciado como vencedor foi um mix de felicidade, emoção e sensação de dever cumprido.

"Pela primeira vez na história dos concursos de beleza, o Amapá conquista duas vitórias consecutivas em um concurso de nível nacional. Eu me sinto muito feliz e honrada de poder colaborar para que o nome do meu Estado fique em evidência",

afirmou.

A jovem também falou sobre a importância do concurso, que é um dos poucos no país que permite mulheres casadas, mães solo, divorciadas e realiza o concurso em categorias: "Como Miss Brasil, tenho muito trabalho pela frente. Quero poder usar dessa visibilidade para apoiar causas sociais aqui no estado e fora dele, quero poder ajudar pessoas, construir mais pontes e menos muros, falar de igualdade social e incentivar ainda mais as mulheres do Brasil a nunca desistirem dos seus sonhos e objetivos".

Ela finalizou com uma mensagem de incentivo aos jovens sonhadores: "Sonho é muito diferente de vontade, a vontade é momentânea, com o tempo você acaba perdendo o interesse, agora o sonho não, pode passar o tempo que passar, ele sempre estará ali, pronto para ser realizado. Se esse é seu sonho não desista, se prepare da melhor forma possível, não deixa que as dificuldades que forem existir tirem seu foco, tenha humildade e lembre-se, você não está ali somente por você, você leva consigo o nome do seu Estado".


*Por Luke Araújo, do g1 Amapá 

Veja mais notícias sobre Amapá.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 17 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/