Manaus 30º • Nublado
Segunda, 18 Outubro 2021

No Acre, homem fura falsa blitz, é preso e faz pedido de casamento algemado

A última manhã de 2020 na cidade de Mâncio Lima, interior do Acre, foi marcada por perseguição policial, confusão, uma suposta prisão e um inesperado pedido de casamento em plena praça pública. Digno de cena de filme.

Foi assim que o autônomo Marcos Paulo, de 25 anos, pediu a namorada Mari Souza, de 37, em casamento no Centro da cidade. Ele combinou com uma equipe da Polícia Militar de ser preso, após furar uma blitz. Algemado, ele entrou na viatura, pegou as alianças e fez o pedido.

Tudo isso sob o olhar assustado de Mari, que estava com o namorado dentro do carro, e ficou sem entender nada, e da população que fazia as últimas compras para o Ano Novo. A cena foi filmada por moradores e uma equipe de filmagem contratada pelo autônomo.


Foto: Divulgação

Ainda sem acreditar no que aconteceu, Mari contou que nem lembra o que respondeu no momento do pedido de tanto nervosismo.
"Não sei nem se disse sim na hora. Fiquei tão paralisada que quando o carro parou e vi a polícia, começou aquele negócio, todo mundo filmando, comecei a tremer e quase passei mal. Me deu vontade de pegar o buquê e bater nele", falou entre risos.

Mari e Marcos Paulo estão juntos há dois anos e já moram na mesma casa, em Cruzeiro do Sul, cidade vizinha. Os dois são pais de uma menina de sete meses e naturais de Mâncio Lima. Segundo Mari, o pedido de casamento era o que faltava para oficializar a união.

"Não temos data ainda para o casamento, minha bebê tem sete meses e vamos esperar ela andar para entrar com as alianças", frisou.

Suposta prisão

O plano para pedir a namorada em casamento começou a ser organizado há três dias. Marcos Paulo explicou que sempre quis fazer algo especial e que chamasse atenção de Mari e também da população.

Mas, para isso, precisava da ajuda da PM-AC. Foi aí que ele falou com o sargento Tutimés Rodrigues, que também é primo dele, e contou o plano. O sargento, então, passou a situação para o comandante da PM na cidade, que autorizou, e colocou a ideia em ação.

"Ele falou para mim, falei com o comandante e ele disse que sim, que podia fazer. Foi tudo feito com segurança e sem problemas", destacou.

Tudo começou quando o casal foi para Mâncio Lima para passar o revéillon com os familiares. Na manhã desta quinta, Marcos chamou Mari para ir até às margens do rio para fazer umas fotos.


Foto: Divulgação

Pedido e algemas sem chaves

A PM-AC tinha montado uma blitz em umas das ruas que o casal ia passar. Ao avistar a equipe, que deu ordem de parada, Marcos acelerou o carro e não parou.

"Chamei ela para fazer uma sessão de fotos para a virada de ano. Marquei com meu primo e combinamos dele fazer uma blitz em frente de um posto de gasolina, eu furava, fazia a perseguição até o centro comercial e lá eu fazia o pedido", relembrou.

A desculpa dada por Marcos Paulo à noiva para não parar o veículo era que tinha esquecido a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ao chegar no local combinado, ele desceu do veículo, fingiu desobedecer os policiais e foi algemado.

"Descemos do carro, tivemos uma discussão, me revistaram e fiquei alterado. Me deram voz de prisão e me levaram para o carro. Lá estava o buquê de flores e as alianças", revelou.

O Centro da cidade parou para assistir ao pedido de Marcos Paulo. Como bom romântico, ele se ajoelhou ao lado do carro da PM e perguntou se Mari queria casar com ele. Segundo ele, a resposta foi sim.

"Foi tudo filmado. Ela disse sim, certeza. A ideia foi toda minha. As pessoas sempre perguntavam se tinha pedido em casamento e eu já vinha planejando em algo diferente", disse.

Feito o pedido e aliança no dedo, era hora de Marcos Paulo tirar as algemas e acabar com a encenação. Mas, a chave que a equipe tinha não abria o equipamento e o autônomo teve que ficar alguns minutos algemado até a outra chave chegar.

"Pior que foi. Essa algema que colocaram em mim a chave estava no quartel e tiveram que ir buscar. Mas, não que atrapalhasse. Deu tudo certo, graças a Deus", finalizou.

Escrito por Aline Nascimento 

Veja mais notícias sobre CidadesAcre.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 18 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/