Inovação: Com ‘visita virtual’, programa Infra Inteligente é a nova ferramenta para planejamento de ações no saneamento básico em Manaus

Estrutura da concessionária estará acessível em plataforma virtual, com o intuito de antecipar riscos.

Toda a estrutura operacional da Águas de Manaus estará, em breve, acessível de forma virtual. Criado em 2018 pela Aegea – empresa da qual a concessionária faz parte -, o programa “Infra Inteligente” está mapeando todas as unidades na capital amazonense, em um projeto premiado, que chega com avanços tecnológicos que otimizam atividades e agilizam, ainda mais, a solução de problemas.

Infra Inteligente — Foto: Arquivo

Com o Infra Inteligente, será possível ter um panorama virtual de toda a estrutura física da concessionária, incluindo estações de tratamento de água e de esgoto, reservatórios, poços e as tecnologias que auxiliam nos projetos de engenharia e ampliação operacional. Mapas, projeções das tubulações e dados georreferenciais das unidades e equipamentos estarão disponíveis para as equipes da empresa.

O mapeamento iniciou em novembro do ano passado, com a aplicação de tecnologias, como drones, câmeras esféricas 360 e GPS, que permitem identificar com riqueza de detalhes o que, onde e em que condição se encontram os ativos físicos e bens reversíveis da unidade Águas de Manaus. 

Programa Infra Inteligente é a nova ferramenta para planejamento de ações no saneamento básico em Manaus — Foto: Arquivo

A partir daí, as equipes da Aegea em todo o país poderão fazer visitas virtuais às instalações. Por meio do programa, o time da Águas de Manaus poderá fazer um controle mais célere de manutenções internas, inspeções e trocas de peças. 

“Conhecer a fundo nossos ativos nos traz maior segurança e robustez em nossa operação, promovendo maior confiabilidade em nossos equipamentos. O programa Infra Inteligente é um grande avanço para a Águas de Manaus, nos levando a outro patamar”

afirma o gerente de Operações da concessionária, Lineu Machado.

Inspirado em projetos semelhantes desenvolvidos no Reino Unido, Canadá e Alemanha, o Infra Inteligente também estabelece processos e padrões para contratação, gerenciamento e administração de projetos e obras. Além disso, o controle dos ativos físicos representa uma otimização de até 18% no uso de energia elétrica, e de 24% nos custos de manutenção. 

Estrutura da concessionária estará acessível em plataforma virtual, com o intuito de antecipar riscos. — Foto: Arquivo

“Estamos em uma constante busca por aprimoramento das nossas equipes, e isso passa também pela adoção de tecnologias que dinamizam o trabalho. Com o Infra Inteligente, Manaus ganha uma inovação de ponta que irá refletir na qualidade do serviço que prestamos à população manauara”, destaca o diretor-presidente da concessionária, Diego Dal Magro. 

O conteúdo é de responsabilidade do anunciante*

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: qual a função de uma ‘área de preservação permanente’?

As APP são consideradas um instrumento essencial à política de preservação ambiental.

Leia também

Publicidade