Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quinta, 06 Agosto 2020

Descubra as belezas naturais do Pico do Tracoá, o ponto mais alto de Rondônia

O Pico do Tracoá é o ponto mais alto de Rondônia com cerca de 1.126 metros. Ele está localizado na Serra dos Pacaás Novos, localizado no município de Campo Novo de Rondônia (distante a 309 quilômetros de Porto Velho). Além das belas paisagens e de ser o berço de várias nascentes, como o Rio Candeias e o Rio Pacaás, o pico também abriga a etnia uru-eu-wau-wau.

Para mostrar todas as belezas naturais do Pico do Tracoá, o historiador de Rondônia, Aleks Palitot, resolveu registrar a subida ao ponto mais alto do Estado no programa "Trilhando a História" que será exibido neste sábado (11), a partir das 11h30 no Amazon Sat. Em entrevista ao Portal Amazônia, Palitot falou sobre a aventura que foi subir o Pico do Tracoá.

Foto: Arquivo Pessoal

De acordo com o historiador, a primeira vez que ouviu falar sobre o Pico do Tracoá foi através do geografo José de Arimateia em 1997. "Dali surgiu minha curiosidade de conhecer o ponto mais alto de Rondônia. A vontade se intensificou quando descobri que nomes importantes do Estado já visitaram o local, como por exemplo, o primeiro governador de Rondônia, Jorge Teixeira˜, explicou.

Para subir ao pico, Palitot precisou contactar o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Fundação Nacional do Índio, órgãos responsáveis pelo local, para pedir uma autorização de expedição. "Criamos todo uma infraestrutura para o percurso, afinal, são três dias de caminhada até o topo. Consegui uma equipe diversa com biólogo, geografo e turismólogo para ver a possibilidade de criar uma espécie de turismo de contemplação no local", disse o professor. 

Determinação e paciência, esses foram alguns dos itens básicos para a construção da equipe. Palitot, explicou que são 11 quilômetros para o chegar até o cume. "Não foi fácil, além dos equipamentos do acampamento, a gente levou também o material da gravação, mas o resultado ficou incrível˜", comentou o historiador.

Foto: Arquivo Pessoal

Paixão pela natureza

Segundo Palitot, desde sua adolescência, se interessou por esportes, como o bike Cross, uma atividade que o aproximava da natureza. Em janeiro de 2008, ele decidiu gravar as trilhas que fazia e fez uma edição caseira para postar no Youtube. O vídeo teve uma repercussão positiva e palitos teve a oportunidade de gravar um quadro para a TV aberta.

Quando começou a lecionar na universidade, o professor passou a gravar atividadese projetos pedagógicos que os alunos participavam. "Assim iniciou o programa 'Trilhando a História', com aulas de campo. A partir daí, exibia os vídeos em sala de aula, tendo um retorno satisfatório, melhorando a participação dos anos na disciplina de história", destacou.

Confira a chamada do programa "Trilhando a História":

Canal Amazon Sat


O Canal que é a cara e voz da Amazônia e do amazônida, pode ser assistido por mais de 50 cidades na região, por TV Aberta e a cabo.

Em Manaus (AM), canal digital 44.1, em Porto Velho (RO) no canal digital 22.1, em Boa Vista (RR) no canal 23.1, em Rio Branco (AC) no canal 31.1, e em Macapá (AP) no canal 29.1. Em Belém e Ananindeua (PA) pela Roma Cabo, canal 24, e pela NET, canal 22.

Veja mais notícias sobre Turismo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 06 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection