Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 27 Setembro 2020

Concerto de música do Japão celebra jogo olímpico em Manaus

Foto: Divulgação/Secom-AM
A seleção de futebol do Japão joga nesta quinta-feira (4) na Arena da Amazônia, em Manaus, contra a Nigéria na Olimpíada Rio 2016. Para celebrar a partida, o Teatro Amazonas recebe o espetáculo 'Uma Noite de Instrumento Musical Japonês'. Na apresentação, que acontece nesta terça-feira (2), serão usados instrumentos típicos nipônicos como o koto e o taiko. A entrada é franca.
A ocasião pretende reunir descendentes e amantes da cultura japonesa. O evento é promovido pelo Consulado Geral do Japão em Manaus e a Fundação Japão em parceria com o Governo do Amazonas.
A primeira atração da noite é a dupla Yuzo Akahori (Shamisen) e Yoohei Kaito (Taiko), de Taubaté (SP), com o repertório Odaiko solo, Kisetsu no kaori, Hajime, Tsugaru Jongara Bushi e Karin. Em seguida, o grupo de Koto de Belém (PA), apresentará as canções Rokudan no Shirabe, Hanaikada, Tsuchiningyo e Yoguiri no shinobiai. Para encerrar o evento, o Grupo Fuugakazan Taiko, de Manaus, tocará a composição Raku.
"Não é a primeira vez que trazemos eventos como esse para Manaus, dentro do Teatro Amazonas. O espetáculo é lindo e ajuda a difundir nossa cultura. Para quem não conhece, vale muito à pena!", afirma Sandra Nagase, assistente cultural do Consulado do Japão na capital amazonense.
Instrumentos milenares
Os grandes representantes da cultura musical milenar japonesa que estarão no palco do Teatro Amazonas serão os instrumentos Shamisen e Taiko. O Shamisen é um instrumento que mede em torno de um metro de comprimento e possui apenas três cordas. Para tocar é utilizado um instrumento chamado 'bachi'. Ao contrário do violão, não há nenhuma marcação (casas) no braço e tudo tem que ser aprendido 'de ouvido'.
Já o taiko é um instrumento de percussão, cuja superfície é confeccionada com pele de animal. É tocada com a mão ou com o uso de uma baqueta, também chamada de 'bachi', mas que exige do músico a habilidade rítmica e o preparo físico para sustentar batidas homogêneas e obter som satisfatório. Registros comprovam que o taiko está presente na história da música japonesa há quase 1,5 mil anos. O taiko é utilizado quase sempre em festividades xintoistas, mas eventos budistas também o utilizam.
Foto: Divulgação/Secom-AM
Yuzo Akahori e Yoohei Kaito
Yuzo Akahori é um jovem especializado nas técnicas do instrumento Shamisen e leciona em São Paulo. Na bagagem, além de realizar composições com o instrumento, participou do Concurso Nacional de Tsugaru Jyamisen, em Osaka; já deu aulas em Lima, no Peru; e participou de concursos no Japão a convite do seu professor, o renomado Minoru Utida.
Yoohei Kaito é especializado no instrumento taiko, é professor do grupo ShamiDaiko de São Paulo e é o único brasileiro a treinar com o grupo de taiko KODO, um dos maiores grupos de tambores japoneses do mundo.
Foto: Divulgação/Secom-AM
Associação de Koto de Belém 
A Associação de Koto de Belém (AKB) é um grupo que realiza apresentações musicais nos principais eventos culturais nipo-brasileiros, com o instrumento Koto. Iniciada em 1982, a associação tem no comando a professora de japonês e instrumentista Kuniko Maruoka e se dedica a prática do instrumento para a divulgação na comunidade.
O koto é um instrumento musical de cordas dedilhadas, composto de uma caixa de ressonância com diversas cordas, semelhante a uma grande cítara. Atualmente é o mais popular dentre os instrumentos musicais japoneses.
Fuugakazan Taiko
O Fuugakazan Taiko foi criado em maio de 2009, a partir da iniciativa de Thiago Madeira, um dos membros do grupo, que sempre admirou a arte do taiko. O grupo se apresenta em diversos eventos em Manaus, além de ter participado de apresentações em Boa Vista (RR) e Porto Velho (RO).
O grupo abriu inscrições para seleção de novos membros este ano. As inscrições estão abertas até esta sexta-feira (5), são gratuitas e online. A seleção acontece no sábado (6) a partir das 18h, no salão da Associação Nipo-Brasileira da Amazônia Ocidental (Nippaku), localizada na rua Teresina, no bairro Adrianópolis.

Veja mais notícias sobre Música.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 28 Setembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/