Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 28 Outubro 2020

Gusttavo Lima irá comandar live beneficente ‘Embaixador na Amazônia’ no dia 16 de agosto, sobre as águas do Rio Negro

Um dos maiores nomes da música sertaneja da atualidade, Gusttavo Lima vai comandar uma live solidária no próximo dia 16 de agosto de 2020. Intitulada "Live Embaixador na Amazônia", o evento faz parte do projeto “Vidas Indígenas Importam” e será transmitido das margens do Rio Negro, onde o sertanejo irá cantar seus maiores hits, desta vez, para um público online. O evento foi lançado em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (30), na Delicatesse Déli, do Le Lieu, em Manaus.

Foto: Reprodução / Facebook

Para o show, um palco será montado numa balsa em estrutura especial que simulará uma vitória-régia, grande símbolo na flora amazônica. O objetivo é entreter e proporcionar uma corrente do bem ao próximo, diante do momento difícil que o país enfrenta, levando alegria, música e solidariedade. 

Durante a live, o público poderá fazer doações ao projeto que destina alimentos e itens básicos de saúde para povos indígenas do Amazonas.

Vozes do projeto

A educadora Cláudia Baré, liderança no Parque das Tribos, ocupação indígena na zona oeste de Manaus onde vivem 1,2 mil pessoas, é uma das vozes do "Vidas Indígenas Importam". "Sabemos que no nosso dia a dia sempre falta alguma coisa, mas dessa vez, durante a pandemia foi o dobro, triplo. Essa campanha veio num momento o que mais necessitamos", disse. O Parque das Tribos é uma das ocupações responsáveis em destinar os produtos arrecadados às comunidades necessitadas.

Engajada nas causas indígenas, a cantora Márcia Novo é uma das voluntárias do projeto. No início do mês de junho, Márcia lançou o videoclipe Réquiem, releitura da toada antológica do boi Caprichoso. O registro possui um QR Code para que os interessados possam doar recursos que serão usados para ajudar as aldeias indígenas.

"Estamos desenvolvendo esse trabalho com as comunidades desde março. Quando falamos de comunidades indígenas, falamos de Amazonas, existe um número muito grande. Estou feliz, pois, essa live vai ajudar o projeto chegar em lugares que ainda nao chegamos. É o mínimo que podemos fazer, sem os indígenas nada faz sentido. No nosso sangue corre sangue indígena, temos que nos unir e criar essa rede de apoio para as comunidades", destacou Márcia. A cantora também destacou que a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) têm sido um elo essencial no alcance de comunidades mais afastadas do Estado.

20 anos de Fábrica de Eventos

Diretora geral da Fábrica de Eventos, Bete Dezembro, destacou que a live também irá comemorar as duas décadas de história da produtora de eventos. "A Fábrica de Eventos comemora 20 anos e nós não teremos eventos presenciais para comemorar. Precisávamos deixar algo marcado nessas duas décadas. Nem na minha pior imaginação pensei fazer uma live no meio de uma pandemia. A ideia é arrecadar o máximo de alimentos que pudermos e destiná-los a quem precisa", afirma.

A live será transmitido simultaneamente pelo canal do YouTube oficial da Fábrica de Eventos e as demais redes sociais da produtora de eventos.

Foto: Divulgação

Veja mais notícias sobre AmazonasCulturaNotícias.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 29 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/