Manaus 30º • Nublado
Terça, 31 Janeiro 2023

​1° Festival Literário de Manaus conta com 20 autores e busca entrar na rota literária nacional; confira a programação

Uma festa da literatura amazonense. Essa é a ideia do 1° Festival Literário de Manaus (Flim), que promete colocar a capital amazonense na rota dos festivais literários do país. O evento já tem data e local para os apaixonados pela leitura - ou curiosos - colocarem na agenda: dias 15 e 16 de dezembro, no teatro Gebes Medeiros (antigo Ideal Clube), no Centro da capital amazonense.

O Flim conta a participação confirmada de 20 autores dedicados à arte da escrita e reconhecidos por suas produções. Em dois dias, terá mesas temáticas, vivências literárias, palestras com escritores e saraus com recitais e performances artísticas. "O festival é totalmente gratuito e tem o intuito de promover a cultura da literatura, que é um verdadeiro instrumento de comunicação e interação social. Serão dois dias de programação e muito aprendizado", ressaltou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira.
Teatro Gebes Medeiros. Foto: Reprodução/Prefeitura de Manaus
Realizado pela Prefeitura de Manaus, o evento literário é coordenado pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura), órgão auxiliar Manauscult. O presidente do Concultura, Tenório Telles, justifica que o festival vem ao encontro do esforço de formar e aprimorar o público leitor na região. 

"Essa necessidade faz com que o poder público municipal se junte ao esforço de ampliar o público leitor e proporcionar aos manauaras o contato com autores nacionais e locais, fazer cursos, oficinas e debater sobre vários gêneros literários",

afirmou Tenório Telles.
Tenório Telles. Foto: Antonio Pereira/Semcom Manaus
Dados da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil de 2020 do instituto Pró-Livro, mostram que existem, no Brasil, 100 milhões de leitores, e, em Manaus, chega a 1,2 milhão, equivalente a 62% da população manauara; são considerados leitores quem leu, ao menos, um livro nos últimos três meses.

"É um evento importante para nossa cidade. A cultura tem a ver com as tradições de um povo, e isso reflete na nossa sociedade, estamos potencializando mais um festival para encantar os manauaras e chamar a atenção do mundo para a nossa cidade", destacou o prefeito David Almeida.

Programação 

Entre os 20 autores confirmados, estão ganhadores do prêmio Jabuti, o mais importante da literatura nacional: o crítico e romancista José Castello; o poeta e dramaturgo Milton Furtado; o poeta e ensaísta João de Jesus Paes Loureiro; o poeta e romancista Elson Farias; e o romancista e dramaturgo Márcio Souza.

O público de leitores e estudantes vai poder interagir nas mesas temáticas, vivências literárias e oficinas com os escritores Marcos Frederico Krüger, José Almerindo da Rosa, Zemaria Pinto, Dori Carvalho, Jorge Bandeira, Aldisio Filgueiras, Carlos Guedelha, Cacio Ferreira, Neiza Teixeira, Thiago Roney, Lourdes Louro, Allison Leão e Suzy Freitas.

O festival também conta com performances lítero-musicais, com poemas e trechos de autores, como Thiago de Mello, Elson Farias e Alcides Werk.

Confira a programação completa:

15 de dezembro (quinta-feira)

8h - Credenciamento
8h30 - Abertura oficial - Tenório Telles (Concultura), Alonso Oliveira (Manauscult), Marcos Apolo (Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas), David Almeida (prefeito de Manaus). Performance musical - Lucinha Cabral
9h às 10h - Palestra de abertura - "O universo mítico e lendário amazônico e a criação de uma literatura cosmogônica". Palestrante: João de Jesus Paes Loureiro. Mediador: Carlos Guedelha. Performance poética: poemas "Da opção" (Alcides Werk) e "Cantiga do caboclo" (Thiago de Mello).
Mesa temática 1 - "A literatura no Amazonas - a presença da paisagem como expressão literária", como José Almerindo da Rosa e Elson Farias. Mediadora: Lourdes Louro
14h às 15h - Vivência literária - "Como me tornei escritor - os livros que marcaram minha formação e a descoberta da escrita", com Allison Leão e Aldisio Filgueiras. Mediador: Tenório Telles
15h às 16h15 - Mesa temática 2 - "A prosa de ficção no Amazonas - temas e percursos". Márcio Souza e Elson Farias. Mediador: Dori Carvalho
16h15 às 17h15 - João de Jesus Paes Loureiro e Leyla Leong. Mediadora: Neiza Teixeira
17h15 - Performance poética: poemas "Romance da moça e o peixe" (Elson Farias) e "Encontro das Águas" (Quintino Cunha)
17h30 - Encerramento

16 de dezembro (sexta-feira)

9h às 10h - Mesa temática 3 - "A poesia - sua presença e importância num tempo de mutações e despojado de transcendência". Neiza Teixeira e Thiago Roney. Mediadora: Susy Freitas
10h às 11h - Oficina da palavra - "O gênero ensaístico e a crítica literária", com José Castello. Mediador: Tenório Telles. Performance poética: poemas "Como um rio" (Thiago de Mello) e "O sermão da Selva" (Max Carphentier)
11h às 12h - Mesa temática 4 - "O diálogo das artes - a poesia e o teatro como expressões do ser no mundo", com Mailson Furtado, Jorge Bandeira e Cacio Ferreira.
14h às 15h - Mesa temática 5 - "A presença modernista na literatura do Amazonas - temas, autores e o debate sobre a atualização estética". Marcos Frederico Krüger, Lourdes Louro. Mediador: Carlos Guedelha
15h às 16h15 - Oficina da palavra: "O gênero poético e seu processo criativo", com Mailson Furtado e Zemaria Pinto. Mediador Cacio Ferreira
16h15 às 17h15 - Palestra de encerramento: "Literatura e sociedade - a literatura e o senso estético como fundamento da subjetividade e da formação intelectual. Palestrante José Castello Mediador: Thiago Roney
17h15 às 17h30 - performance musical, com Daniel Ribeiro
17h30 - Encerramento 

Veja mais notícias sobre CulturaAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 31 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/