Unicef realiza Festival do ECA com série de atividades gratuitas em Manaus

Foto: Diego Oliveira/Portal AmazôniaMANAUS – O 1º Festival do ECA e a Participação Cidadã dos Adolescentes encerra neste sábado (31) os eventos de aniversário de 26 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Realizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o evento tem foco na redução das desigualdades intraurbanas no âmbito do projeto Plataforma dos Centros Urbanos (PCU). Todas as atividades serão gratuitas e abertas a toda a comunidade.Cerca de 500 crianças e adolescentes são esperadas na programação. O espaço que vai receber o festival é a Escola Municipal Antônia Pereira da Silva, localizada na Rua do Areal, nº 30, bairro Santa Etelvina, na zona Norte de Manaus. As ações acontecem de 8h às 14h, e incluem rodas de conversa, oficina de trânsito e consumo consciente de energia, orientações sobre a Caderneta de Saúde do Adolescente e palestra de higiene bucal e distribuição de kit higiene bucal.O trabalho de cidadania inclui oficina sobre tráfico de pessoas e maioridade penal, além da emissão de documentos como RG e CPF, orientação para certidão de nascimento, avaliação nutricional. Também ficam disponíveis testes rápidos de HIV com fluido oral, entre outras palestras e atividades. Plataforma dos Centros Urbanos

A Plataforma dos Centros Urbanos (PCU) é uma contribuição do Unicef na busca de um modelo de desenvolvimento inclusivo das grandes cidades, que reduza as desigualdades que afetam a vida de suas crianças e seus adolescentes. Espera-se ajudar a garantir a cada uma delas maior e melhor acesso à educação de qualidade, saúde, proteção e oportunidades de participação.
Primeiro ciclo no Rio de Janeiro, em São Paulo e Itaquaquecetuba (SP), entre 2008 e 2012. Teve como principais resultados a inclusão do tema na pautas públicas das prefeituras e a melhoria de indicadores como a atenção ao pré-natal, a ampliação do acesso a vagas em creches e pré-escolas e o acesso a crianças com deficiência às escolas regulares.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Localizado em ilha desabitada, Observatório Magnético no Pará estuda mistérios da Terra

A apenas 12 km da costa de Belém, o Observatório Magnético de Tatuoca estuda o campo magnético e suas influências na vida cotidiana.

Leia também

Publicidade