TRE do Amazonas prorroga recadastramento biométrico em Manaus

MANAUS – O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) prorrogou o recadastramento biométrico dos eleitores de Manaus até 30 de março. O prazo terminaria no dia 26 de fevereiro. O órgão espera que pelo menos 170 mil eleitores ainda façam o procedimento. Nos municípios de Autazes e Careiro Castanho, o prazo inicial para o recadastramento está mantido.“Observamos que a demanda estava grande, a nossa capacidade de atendimento estava no seu limite, mas que muitos eleitores ainda estavam por fazer a biometria. É claro que queremos atender a todos que nos procuram”, disse a presidenta do TRE amazonense, desembargadora Socorro Guedes, em entrevista coletiva.Mudanças no agendamentoA desembargadora também informou que o agendamento pelo site do tribunal será feito a partir de agora às terças-feiras à noite e não mais às quintas durante o dia. “Para evitar fila, para evitar o desgaste que estava ocorrendo. Nós observamos que o horário em que estava sendo disponibilizado o agendamento era o horário em que estávamos concorrendo com a internet de toda a Manaus. O dia também influenciava, agora será às terças-feiras, a partir das 20h”, disse.Em cada dia de agendamento, o TRE-AM disponibiliza 45 mil vagas. Diariamente, são feitos cerca de 7,5 mil atendimentos nos 11 postos de recadastramento biométrico no estado. A biometria começou a ser feita em novembro de 2014 e, até o momento, alcançou quase 950 mil eleitores dos 1,2 milhão da capital amazonenses.A biometria é obrigatória e quem não fizer o recadastramento pode ter o título de eleitor cancelado e ficar impossibilitado de votar nas eleições municipais em outubro deste ano. Além disso, quem não votar nem justificar a ausência fica impedido de obter empréstimos, tirar passaporte ou identidade, tomar posse em cargo público e de realizar matrícula em estabelecimento de ensino fiscalizado pelo governo. O agendamento para o recadastramento biométrico no Amazonas é feito pelo site do TRE.
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Orquídeas fazem parte de ingredientes para produção de chocolate no Equador

Pode até soar estranho, mas a verdade é que, embora seja uma especiaria, a baunilha (Vanilla planifolia) faz parte da família das orquídeas.

Leia também

Publicidade