Terceirizados do Incra estão há seis meses sem receber salários

Trinta e oito funcionários terceirizados do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária do Amazonas (Incra) estão sem receber salários, benefícios e décimo terceiro há seis meses. Eles relatam que não tem informações sobre o motivo do atraso. O superintendente do instituto no Amazonas, Sandro Maia Freire, afirmou que o repasse é feito pelo Governo Federal. A dívida chega a R$ 1,5 milhão.
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Nova espécie de peixe única no mundo é descoberta na Amazônia peruana

O IIAP, em coordenação com as autoridades peruanas, implementa medidas de controle para garantir sua conservação efetiva.

Leia também

Publicidade