Santa Casa: Prefeitura de Manaus tem embargos negados e multa é mantida pelo STJ

Foto:Reprodução/Rede Amazônica

Após decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), divulgada nesta terça-feira (25), foi mantida a multa de quase R$ 8 milhões imputada à Prefeitura de Manaus pelo não cumprimento de decisão judicial de 2016 que determinava a instalação de tapumes e contratação de segurança patrimonial durante o processo referente à restauração da Santa Casa de Misericórdia.

Segundo reportagem publicada no G1 Amazonas, até o momento, a determinação não foi cumprida pela administração municipal e a dívida já ultrapassa os R$ 7,9 milhões em multas à Justiça Estadual.

Na decisão de ontem, o STJ não proveu os embargos de declaração do Executivo Municipal e manteve a multa. Segundo a determinação da Justiça, o não cumprimento das medidas implica em uma multa diária de R$ 10 mil.

Em resposta ao G1 Amazonas, a Prefeitura de Manaus informou que ainda não foi notificada da decisão.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Fundação Rede Amazônica visita SEBRAE/RR para fortalecer parcerias no estado

Nesta quarta-feira (17), a Fundação Rede Amazônica realizou uma visita à sede do SEBRAE em Roraima, marcando um importante...

Leia também

Publicidade