Governo do Amazonas vai liberar recursos para ajudar venezuelanos

O governador David Almeida anunciou, nessa sexta-feira (12) que o Governo do Amazonas vai liberar recursos da ordem de R$ 300 mil para ajudar a minimizar os problemas enfrentados pelos imigrantes venezuelanos recém chegados à Manaus.

David Almeida ressaltou que o Estado possui um fundo financeiro, com aportes de cerca de R$ 900 mil, de onde sairá o recurso. “Esse é o valor inicial que aplicaremos para ajudar a amenizar a situação das pessoas que buscaram refúgio em nossa cidade. Sabemos da situação de crise que vive e Venezuela e não podemos fechar os olhos para estas pessoas”, frisou o governador.

Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Desde o ano passado, os refugiados são auxiliados pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), com atendimentos de saúde, recepção e acompanhamento na rodoviária e doação de colchões e cobertores.

Atualmente, grupos estão acampados nos arredores do viaduto que fica próximo à Rodoviária de Manaus.  A crise econômica e a falta de alimentos na Venezuela fizeram com que indígenas nativos deixassem o país. Mais de 400 índios venezuelanos estão na capital do Amazonas.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Censo Demográfico: quilombolas rondonienses tem idade mediana um ano a mais que população total

Na região norte, o maior índice de envelhecimento dos quilombolas foi apresentado por Mato Grosso (76,93) e os menores foram no Amazonas (23,4) e Amapá (28,96).

Leia também

Publicidade