Amazonas anuncia plano emergencial para possível desabastecimento

A Secretaria de Administração e Gestão do Amazonas (SEAD) preparou um plano emergencial para evitar um possível desabastecimento de combustível da frota de veículos do Estado.

Esse plano conta com uma reserva inicial de 60 mil litros de combustível, que deverá atender, prioritariamente, as frotas da Segurança Pública e Saúde.

Entretanto, a SEAD, que é responsável pela gestão de gastos com combustível no Estado, orientou todos os órgãos a procurarem antecipar o abastecimento de seus veículos com utilizando o sistema normal, com o cartão de pagamento, junto aos postos credenciados, enquanto durar o estoque regular.

O plano também prevê o abastecimento dos geradores de energia dos hospitais e maternidades da rede pública estadual.

Além disso, as ações devem ser ajustadas ao momento da contingência, reduzindo ao mínimo necessário. Apenas em caso de falta de abastecimento nos postos, o plano de contingência será acionado.

“Estamos com nossa equipe de gestão de frotas monitorando um possível  desabastecimento. Caso isso ocorra, poderemos liberar o estoque emergencial para suprir a demanda do sistema de segurança e unidades de saúde”, declarou a secretária da SEAD, Angela Bulbol de Lima.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Demandas do centro-sul impactam no desmatamento da Amazônia mais do que exportações

O estudo ressalta que, apesar de afetar diferentes biomas da Amazônia Legal, o desmatamento ocorrido até agora no Brasil se concentrou geograficamente nessa região.

Leia também

Publicidade