Manaus 30º • Nublado
Segunda, 29 Novembro 2021

Você sabia que os botos da Amazônia não dormem? Saiba por quê:

botos5

Também conhecido como golfinhos fluviais, os botos são encontrados apenas no norte da América do sul e no continente da Ásia. Os botos são da ordem Cetacea, eles são parentes próximos dos golfinhos marinhos.

Os pesquisadores conseguiram identificar apenas 2 espécies de botos na região amazônica, chamadas de boto cor de rosa (Inia geoffrensis) e a espécie Inia geoffrensis humboldtiana, na Bacia do rio Orinoco. As espécies propostas são o Inia boliviensis (boto Boliviano) na Bacia do rio Madeira, e o Inia araguaiaensis (boto Araguaiano) na Bacia Araguaia-Tocantins. 

Existe também o boto Tucuxi ou boto cinza, presente na bacia amazônia e o boto do Araguaia, que vive na região do rio Araguaia. Embora haja diferenças no corpo das diferentes espécies de boto, a grande diferença é molecular. Outra forma de distinguir as espécies de boto é através das características acústicas da vocalização dos mamíferos e dos mecanismos de ecolocalização de cada espécie. Por exemplo, alguns pesquisadores observaram que os golfinhos da Amazônia (Inia spp.) apresentaram propriedades acústicas de vocalização específicas que são diferentes dos sons produzidos pelas espécies recém-descritas, como o caso do boto do Araguaia e o boto boliviano.

Entre as suas diversas curiosidades, você sabia que o boto nunca dorme?

Isso se dá pois os botos, ao contrário dos seres humanos, respiram de forma voluntária, por conta disso, o animal não pode entrar em estados de inconsciência, caso contrário, ele pode morrer afogado. 

Foto: Reprodução / WWF

Ou seja, cada respiração do boto é previamente planejada, essa característica está presente nos mamíferos aquáticos como os golfinhos e baleias. Eles renovam uma grande quantidade de ar a cada vez que sobem para respirar e isso lhes dá fôlego para passar um bom tempo submersos.

Então na hora do 'sono da beleza', os botos diminuem sua atividade cerebral e entram em estado de letargia (estado profundo e prolongado de inconsciência, semelhante ao sono profundo), reduzindo o estado de alerta, ao longo do dia e da noite.

Infelizmente, todos os botos de água doce do mundo estão classificados na lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN) como ameaçados de extinção. 

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 29 Novembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/