Manaus 30º • Nublado
Sábado, 04 Dezembro 2021

'Rio Roosevelt': saiba como um rio da Amazônia ganhou o nome de um presidente americano

1914-Rio-Roosevelt-Tea_20211006-155313_1

Desde a chegada dos portugueses no Brasil, inúmeras expedições ocorreram e até os dias atuais, muitas são realizadas para fins científicos, como por exemplo, para a descoberta de novas espécies não catalogadas.

Mas você sabia que uma dessas expedições teve a participação de um conhecido ex-presidente dos Estados Unidos? Isso mesmo! Theodore Roosevelt, que foi o 26° presidente do país entre os anos de 1901 a 1909, esteve na Amazônia entre dezembro de 1913 e maio de 1914 junto com o Marechal Cândido Rondon, explorador brasileiro de origem indígena. A expedição também contou com a participação de cientistas, médicos, militares e tinha como objetivo a captura de animais e pássaros para o acervo do Museu de História Natural de Nova York.

Foto: Divulgação/Theodore Roosevelt Collection

Tudo começou após Roosevelt perder a reeleição americana. Depois disso foi convidado para realizar conferências em alguns países da América do Sul, como a Argentina e o Chile e por suas características aventureiras, propôs ao museu a expedição científica na Amazônia.

Na expedição, Roosevelt e o grupo que o acompanhava, percorreram trilhas e trafegaram no então conhecido "Rio da Dúvida".  Descoberto pela primeira vez em 1909 por Marechal Rondom, durante outra expedição para a construção de uma linha telegráfica, o rio era chamado assim pois tinha-se o questionamento se ele seria afluente do Rio Amazonas. Nessa nova expedição, buscou-se desvendar o mistério. 

Foto: Divulgação/Library of Congress

No decorrer da expedição que durou cerca de 5 meses, houveram alguns fatores que atrapalharam os exploradores, como jacarés, cobras e insetos. "Os mosquitos e outras pragas noturnas representam o mais sério problema da viagem", relatou o ex-presidente em seu livro "Pelas selvas brasileiras". Chegou a ser picado por uma cobra, que não chegou a inocular seu veneno, sofreu com febre (resultante de doenças tropicais presentes na região) e passou inclusive por uma cirugia após ter sua perna cortada em sua cachoeira. 

O ex-presidente americano Roosevelt e o explorador marechal Rondon. Foto: Acervo/Funai

 Nesse período, Theodore chegou a perder um quarto do seu peso. Quando a expedição acabou, o então Rio da Dúvida foi rebatizado de Rio Roosevelt.

 Após a expedição, o Rio da Dúvida foi rebatizado de Rio Roosevelt. Doze anos depois, uma nova expedição até lá confirmou os achados de Roosevelt e Rondon. O rio possui 760 quilômetros de extensão. Sua nascente se encontra em Rondônia passa por uma parte do Mato Grosso, entra no Amazonas, se funde com o Rio Aripuanã e torna afluente do Rio Madeira - que, por sua vez, é um dos principais afluentes do Rio Amazonas.

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 04 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/