Manaus 30º • Nublado
Quarta, 27 Outubro 2021

Pesquisadores amapaenses encontram maior matupiri já catalogado na Amazônia

image_20210927-161323_1
Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Uma expedição no maior parque de floresta tropical do mundo, o Montanhas do Tumucumaque, que ocupa 25% do território do Amapá, encontrou um peixe que pode ser inédito para a ciência. O exemplar de matupiri é maior do que os outros indivíduos já catalogados na Amazônia. Pesquisadores continuam os estudos para confirmar a suspeita.

O peixe, coletado por pesquisadores do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa), pertence à família dos matupiris, mas possui diferenças, como o tamanho.

O grupo percorre rios do estado em busca de pescados que não foram encontrados em outros locais do planeta. 

Foto: Rede Amazônica/Reprodução

 Na última semana, o grupo foi a campo à procura de novos exemplares na região do Rio Amapari, em Serra do Navio, em uma área que pertence ao Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque.

Flávio Lima, especialista em matupiris, atua no Museu de Biodiversidade Biológica da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e é colaborador da expedição. Ele pontua que ainda é necessário fazer estudos e coletar mais exemplares.

"Para um matupiri ele não é tão pequeno, chega a 7 centímetros de comprimento. A gente já conhecia algumas espécimes parecidas que ocorrem apenas em rios aqui da conhecida Calha Norte do Amazonas", detalhou Lima.

Segundo a pesquisadora Cecile Gama, do Iepa, essa é mais uma das espécimes que estão presentes no dia-a-dia da população que mora no Amapá. As encontradas têm diferenças não identificadas em outras espécies já reconhecidas cientificamente.

"Esse peixe pode ser conhecido por aqui. Agora a gente vai buscar mais dessa espécie para fazer a descrição e buscar um nome científico para ele", explicou a pesquisadora.

O exemplar agora faz parte do acervo do Iepa que já conta com mais de 5 mil espécimes, das quais cerca de 500 são de matupiris.

Os peixes começaram a serem catalogados nos anos 80 e atualmente passam por um trabalho de reorganização em parceria entre o instituto e pesquisadores do Brasil e do mundo. O Iepa planeja novas expedições nos próximos dias pelos rios amapaenses.

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 27 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/