Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 20 Outubro 2020

Indígenas recebem treinamento do Google na Amazônia

MANAUS - Indígenas e comunidades tradicionais da Amazônia serão treinados pelo Google Earth para usar a tecnologia no criação de mapas e dados de seus territórios na busca de sua conservação. De 7 a 11 de dezembro indígenas, quilombolas, extrativistas, técnicos e representantes de diversas instituições participaram do encontro, que discutiu o uso aplicado de novas tecnologias em atividades de  monitoramento e mapeamento de áreas protegidas.
Google Earth já havia treinado centenas de índios da etnia Paiter-Suruí e agora se dispôs a ampliar o número de tribos e territórios envolvidos no programa. O caquique Almir Suruí se tornou conhecido por ter liderado a iniciativa de buscar ajuda do Google e, inspirados pelo exemplo, outros líderes indígenas resolveram unir-se à iniciativa. O documentário abaixo, feito pela própria Google, relata a história da parceria entre os Suruí e a empresa.
A Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé, em Porto Velho, será a sede da Oficina de Novas Tecnologias e Povos Tradicionais, que contará com a participação de quilombolas, seringueiros e indígenas de 30 etnias da região amazônica. Também foram doados 30 laptops e 60 smartphones para equipar os participantes.
Os indígenas receberão orientação sobre  ferramentas digitais, como o globo virtual Google Earth, que podem apoiar a gestão de seus territórios, através do mapeamento e monitoramento territorial.
Para Rebecca Moore, diretora do Google Earth Outreach, que coordenará o treinamento com as novas ferramentas, o que mais se quer é que “o maior número de pessoas experimente e se beneficie do enorme empoderamento gerado pelo mero mapeamento de uma área”, disse. “Nossa esperança é que essa metodologia possa ser reproduzida em outras partes do Brasil e, quem sabe, do mundo”.

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 20 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/