Manaus 30º • Nublado
Quinta, 23 Setembro 2021

‘Eu tenho a força’: guerreiro Ajuricaba vira herói pelas mãos de ilustrador Amazonense

‘Eu tenho a força’: guerreiro Ajuricaba vira herói pelas mãos de ilustrador Amazonense

"Pelos poderes de Grayskull! Eu tenho a força!" - Ah, a nostalgia! É esse o sentimento que Mestres do Universo: Salvando Eternia, a nova série animada de He-Man, fruto da parceria entre a Mattel e a Netflix promete trazer para os fãs. 

A nova versão da animação, que fez sucesso nos quadrinhos e na televisão nos anos 80, estreia nesta sexta-feira, dia 23 de julho, exclusivamente na plataforma de streaming.

A série que foi  produzida pelo cineasta Kevin Smith, que também dirigiu o filme 'O Balconista', garante resolver algumas histórias que nunca tiveram conclusão na série original. 

Conforme divulgado nas redes sociais da Netflix, a estreia trata somente da primeira parte de sua história, incluindo uma batalha direta entre He-Man e o vilão Esqueleto, trazendo também personagens icônicos como Feiticeira, Teela, Homem-Musgo, Homem-Fera, Gorpo, Andra, Roboto e Maligna.

Nova série do He-Man vai estrear nesta sexta-feira (23), na Netflix (Foto: Reprodução/Netflix)
Inspirado nesse clima nostálgico, o ilustrador amazonense Tieê Santos, resolveu homenagear a série original criando a versão amazônida da história. Nomeado de 'Mystics of The Amazônia' (Místicos da Amazônia, em tradução livre), o HQ trás entidades e lendas da nossa cultura, como o seu personagem principal, o guerreiro tuxaua Ajuricaba, que confronta a entidade Jurupari.

O Portal Amazônia bateu um papo com o artista é conta pra vocês, todas as curiosidades por trás do processo de criação deste acervo nerd cultural. Confira! 

Mystics of The Amazônia - Origem

Autodidata, Tieê Santos, 46 anos, é ilustrador há mais de 10 anos, já trabalhou em várias agências de publicidade aqui em Manaus, mas atualmente vive em Macapá (AP). Fã da cultura geek, o artista conta que a ideia surgiu de uma conversa descontraída em um grupo de mensagens com amigos.

"Bem, a ideia surgiu numa conversa de um grupo de fãs do universo MOTU (Master of the Universe), é um grupo mais de colecionadores e fãs da animação e quadrinho, mais dos toys colecionáveis. Nesse grupo comentamos sobre os toys antigos e o relançamento dos colecionáveis por conta da serie que irá estreia na Netflix", lembra.

"A ideia surgiu de uma brincadeira que fiz comparando o He-Man (o boneco clássico antigo) com o Ajuricaba (líder Manaós). Aí fiz uma ilustração somente dele como se fosse um boneco da MOTU. Aí como no grupo têm galera que trabalha ou são da cultura nerd e regional, comecei a fazer outras e quando vi já tinha todo um universo montado", disse.

"A ideia e colocar algumas entidades e lendas da nossa cultura Amazônica, como personagens do universo MOTU, isso foi muito bacana, vi que muitas coisas são bem distintas, Por exemplo: a Maligna eu coloquei como Matinta que nos dois universos são bruxas, Cobra Norato como Cobra Khan, o Homem fera como Mapinguari. e vários outros que estão sendo criados", destaca o ilustrador.

Mystics of The Amazônia (Ilustração: Tieê Santos)

Tieê Santos também contou sobre seus trabalhos já lançados de forma independente "mais recente a uns cinco anos, tenho trabalhado mais com quadrinhos, eu e Ademar Vieira criamos o estúdio virtual Black Eye Estúdio. Temos vários quadrinhos desde de 2018 lançados de forma independe: Sete cores da Amazônia, A Maldição do Governador e mais recente o Ajuricaba"

HQ Ajuricaba (Ilustração: Tieê Santos)

O ilustrador conta que a proporção da 'brincadeira' se tornou tão grande entre alguns ilustradores amigos que ele mostrou,  que o universo de 'Mystics of The Amazônia'  vai bem além das ilustrações.

"Possivelmente tenha uma exposição!Isso quer disser que o quê nasceu como uma brincadeira de fã, pode se tornar um quadrinho mostrando nossas lendas e personagens conhecidos da nossa cultura, imagina isso, um herói nosso com origens amazônicas?  mais isso ainda e um projeto. Então leva um tempo" conta Tieê.

Inspiração

Ilustrador Tieê Santos (Foto: Acervo pessoal)

Nerd de carteirinha,  Tieê  conta que essa é a sua primeira vez  trabalhando com esse protótipo de arte "é a primeira vez que eu uso esse tipo herói fortão, mas gosto muito da linguagem visual desses clássicos como liga da Justiça e Vingadores. É a primeira vez que faço algo mais "Comics", mas foi bacana, sou fã e então entendo a linguagem visual dos seus arquétipos"

Mais do 'Mystics of The Amazônia'

Personagem encartelados como Toys (Ilustração: Tieê Santos)

 Enquanto Mystics of the Amazônia não é adaptado para o mundo audiovisual, você pode acompanhar a série "Mestres do Universo" na Netflix. Sem a paisagem e as referências regionais, é claro.

Veja mais notícias sobre CulturaAmazônia.

Veja também:

 

Comentários: 1

Evany Nascimento em Quinta, 22 Julho 2021 22:31

Que maravilha! Parabéns pelo projeto iniciado! Já estou ansiosa aguardando a HQ completa, a animação, os cards, os "bonequinhos" colecionáveis, camisetas, botons... e tudo o mais que pudermos ter de elementos visuais da nossa cultura. Sou professora e quero levar tudo isso para a sala de aula!

Que maravilha! Parabéns pelo projeto iniciado! Já estou ansiosa aguardando a HQ completa, a animação, os cards, os "bonequinhos" colecionáveis, camisetas, botons... e tudo o mais que pudermos ter de elementos visuais da nossa cultura. Sou professora e quero levar tudo isso para a sala de aula!
Visitante
Quinta, 23 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/