Manaus 30º • Nublado
Terça, 17 Mai 2022

Conheça alguns dos clubes de futebol mais tradicionais da região Norte

WhatsApp-Image-2021-05-05-at-11.03.39

Paixão nacional, o futebol é o esporte mais querido em todo o Brasil. Não podia ser diferente: seja em disputas regionais ou até mesmo em competições sul-americanas, os estados da região Norte do Brasil também têm tradição no esporte.

O Portal Amazônia listou alguns dos clubes mais tradicionais do futebol no Norte. Confira abaixo:

Foto: Divulgação/Remo

Remo x Paysandu

Fundado em 5 de fevereiro de 1905, o Clube do Remo é o mais antigo clube de futebol paraense. É chamado popularmente de Leão Azul, apelido que faz referência à mascote e à cor oficial da agremiação, o azul-marinho. É proprietário do Baenão e também manda seus jogos no Mangueirão. 

Seu maior adversário é o Paysandu, cujo clássico Re-Pa é tido como uma das maiores rivalidades do futebol brasileiro. Entre as equipes do Norte brasileiro é uma das mais populares, apresentando uma das maiores torcida da região. O Remo frequentemente aparece entre as maiores médias de público do Brasil. 

No futebol profissional, o Remo possui inúmeras conquistas oficiais, evidenciando 46 títulos estaduais e um campeonato brasileiro da série C. Dentro do Estado, o Leão detém feitos únicos como o heptacampeonato de 1913 a 1919, a histórica hegemonia na década de 90 (oito títulos em dez anos, incluindo-se um penta) e o título profissional com 100% de aproveitamento em 2004.

Já o Paysandu Sport Club (PSC) foi fundado em 2 de fevereiro de 1914 por antigos membros do Nort Club. Também é conhecido por 'Papão' ou 'Papão da Curuzu', em referência à rua onde fica o Estádio da Curuzu. Seu mascote é um lobo e é o clube com maior número de títulos da Região Norte, totalizando 1 Copa dos Campeões, dois títulos do Campeonato Brasileiro da Série B, 1 Copa Norte, dois da Copa Verde e 49 do Campeonato Paraense. O Paysandu também é o único da região a disputar a Copa Libertadores da América, em 2003.

Nacional Futebol Clube

Fundado em 13 de janeiro de 1913, o Nacional Futebol Clube é um dos mais tradicionais clubes do futebol amazonense e surgiu com objetivo de abrir espaço para brasileiros praticarem futebol, em uma época no qual o esporte era quase que exclusividade dos ingleses que viviam em Manaus. Rivaliza com o Athletico Rio Negro Clube, fundado em novembro do mesmo ano.

Suas cores são o azul e o branco, e seus mascotes são a águia e o leão, este último o mais reconhecido e, por isso, o clube é conhecido pela sua torcida como o "Leão da Vila Municipal", em homenagem ao então bairro da Vila Municipal (atual Adrianópolis), onde fica seu patrimônio social. 

O Nacional FC é o recordista em número de títulos estaduais, com 42 conquistas, incluindo um hexacampeonato entre 1976 e 1981. Foi o primeiro clube do Norte do país a disputar a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, e é a equipe amazonense que mais disputou essa divisão principal do futebol nacional, tendo disputado um total de 14 edições da competição. Na Copa do Brasil, o Nacional esteve em 16 edições, também um recorde para equipes locais.

 Rio Branco Football Club

Fundado na noite do dia 8 de junho de 1919, o Rio Branco FC, também conhecido como Estrelão, é o mais antigo time de futebol do Acre, carregando as cores vermelho e branco. Seu mascote é a Estrela Altaneira, símbolo da Revolução Acriana, que também está presente na bandeira do Estado do Acre. 

Com 47 títulos, é o maior campeão do campeonato acreano, sendo três vezes tricampeão e o único tetra, penta e heptacampeão do torneio estadual. Também é responsável por seis das dez maiores goleadas da história do Acreano. 

Entre suas conquistam também constam três do Copas da Amazônia e uma da Copa Norte, conquistada de forma invicta no ano de 1997. No mesmo ano, participou da Copa Conmebol, tornando-se o primeiro clube do Norte a disputar uma competição oficial sul-americana.

Esporte Clube Macapá

Fundado em 7 de setembro de 1941, o Esporte Clube Macapá é o mais antigo e tradicional clube do Amapá. Com as cores azul e branco, o Macapá é o maior detentor de títulos do futebol amapaense, com 17 títulos somando a fase amadora e a profissional.

Originalmente, recebeu o nome de Panair Sport Clube pois foi criado por funcionários da companhia aérea. Em 1946, quando a empreso deixou de operar no estado, o nome foi alterado para o atual Esporte Clube Macapá.

Conhecido como Azulão, o Macapá tem no Amapá Clube o seu principal rival. O clube foi o primeiro campeão da Copa da Amazônia, em 1975. Já participou do campeonato brasileiro em 1992, na série C, e em 2018, na série D.

Baré Esporte Clube

Fundado em 26 de outubro de 1946, o Baré Esporte Clube é o segundo time mais antigo de Roraima. Atual campeão, o Baré é o maior vencedor do campeonato roraimense, acumulando 28 títulos do estadual, quatro a mais que o seu maior rival Athlético Roraima Clube.

Com as cores vermelho e branco, seu escudo é um losango irregular com o seu principal nome inscrito em letras vermelhas sobre um fundo branco. Seu mascote é o índio e, por esta razão, é chamado carinhosamente de Índio da Consolata, tendo ainda outros apelidos como Colorado da Consolata e O Mais Querido.

Também já ganhou duas Copas da Amazônia e disputou por cinco vezes a série C do campeonato brasileiro, em 1995, 1996, 1997, 1998 e 2000. Também disputou por cinco vezes a Copa do Brasil.

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários: 1

rEMISTAS em Sexta, 19 Novembro 2021 22:51

Com mais títulos da Região Norte, Paysandu era pra estar aí

Com mais títulos da Região Norte, Paysandu era pra estar aí
Visitante
Quarta, 18 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/