Manaus 30º • Nublado
Terça, 28 Setembro 2021

Açaí, buriti, pupunha e tucumã: conheça os mitos e verdades sobre algumas frutas Amazônicas

Tucumã, açaí, buriti, pupunha e taperebá são frutas bem conhecidas e bastante consumidas pelos Amazonenses. Mas, quando o assunto é dieta, a escolha pode mudar e as frutas tão amadas às vezes passam a ser tratadas como vilãs, sendo umas das primeiras a serem cortadas da alimentação. Mas será que esse comportamento é certo?

Segundo especialistas, essas frutas são injustamente rejeitadas por causa da fama de serem gordurosas, porém a gordura encontrada nesses alimentos é altamente benéfica à saúde. Entre as frutas mais polemizadas com relação à dieta estão o tucumã e a pupunha.

A riqueza do Amazonas pendurada/ Foto: Internet

Conheça alguns benefícios encontrados nesses alimentos:

Tucumã

Rico em ômega-3 (gordura que ajuda a combater o colesterol ruim), auxilia no combate ao diabetes, rico em flavonoides (agem como antioxidantes capazes de reagir aos radicais livres), auxiliam no bom crescimento da unha e capilar.

Segundo nutricionistas, a ingestão desse alimento de forma moderada pode até ajudar na prevenção do câncer intestinal.

"Tucumã é uma boa fonte de fibras, Vitaminas A B, C1, e melhora também a circulação sanguínea".

A fruta é rica em ômega-3/ Reprodução: Internet

Pupunha

Ao contrário do que muitos pensam, a pupunha não é um alimento rico em gordura, mas sim rico em fibras. Rica em antioxidantes, por possuírem alto teor de carotenoides auxiliam na prevenção de doenças degenerativas. 

Bem cozida, a fruta é muito apreciada com um café quente/ Reprodução: Internet

Além disso, essas mesmas substâncias são essenciais para realizar a síntese de vitaminas A, sendo por isso também de pró-vitamina A, o que faz da pupunha uma das mais ricas dentro da biodiversidade brasileira.

A pupunha é rica em propriedades antioxidante, que são ideais para combater o envelhecimento precoce das células, deixando a pele mais jovem e firme. A presença dos carotenoides, facilitam a síntese de vitamina A no organismo. 

Por ser rica em fibras alimentares e pobre em gorduras, a pupunha também pode melhorar o funcionamento do sistema digestivo, prevenindo constipações e distúrbios estomacais.

Ainda pela presença da vitamina A, o fruto também ajuda a melhorar a visão e a saúde dos olhos em geral, prevenindo doenças como catarata e degeneração macular, muito comuns em idosos. 

Outras frutas como taperebá, açaí e buriti também se encaixam nesse quesito de frutas não muito bem-vindas por aqueles que fazem dieta.

Taperebá

Alta concentração de vitamina C, rico em fósforo, ajuda no ganho de massa muscular, possui ferro que combate a anemia. 

Este fruto também é chamado como cajá, ambaló, ambaró, cajá-mirim, cajazinha, tapareba, taperebá, taperibá ou tapiriba/ Foto: Internet

A fruta é fonte de cálcio, magnésio, potássio, minerais fundamentais na prevenção da osteoporose e de outras enfermidades que podem afetar os nossos ossos ou músculos. O potássio também apresenta melhorias na nossa saúde circulatória, ajudando na circulação sanguínea e prevenindo o entupimento de artérias.

 Previne a anemia: Rico em ferro, o taperebá ajuda a prevenir a anemia. A doença reduz consideravelmente o número de células vermelhas e saudáveis no sangue, dificultando a circulação e a distribuição de oxigênio para os órgãos. A principal característica da anemia é a fraqueza e a fadiga, para isso, é indicado o consumo de alimentos ricos em ferro e de preferência, combinados com a vitamina C, aumentando a absorção do mineral.

 Para quem deseja perder uns quilinhos para o verão, a fruta está ai para contribuir. O taperebá possui baixo teor calórico, por isso pode ser ingerida sem culpa. Associe o consumo da fruta com a prática de atividades físicas para obter os resultados desejados.

 Para as mulheres que sofrem com os sintomas da TPM, o cajá é uma ótima indicação para controlar esses incômodos: Por atuar nos hormônios femininos, já que contém vitaminas A, B e C, a fruta ajuda a prevenir as oscilações de humor que ocorrem no período da TPM", analisam especialistas.

Açaí

Fonte de vitamina B1, ômega-9, ômega-6, proteína, ferro, fibra, cálcio e potássio. É antioxidante, combate a osteoporose, auxilia no funcionamento do sistema imunológico, combate problemas cardíacos e a velhice precoce.

"O açaí, apesar de ser muito procurado por quem pratica atividade física, principalmente por quem faz musculação, ele ainda é excluído por quem quer perder peso. Claro que, por possuir muito carboidrato, ele engorda sim, mas entra a questão do consumir consciente e sem exageros. Também não indico para quem é diabético, tem que ser consumido com cautela, pois pode subir o colesterol e aumentar a taxa glicêmica no sangue".

Para os especialistas, verificar bem o produto antes de consumi-lo é um cuidado que tem de ser levado em conta na hora da escolha do açaí, pois em alguns casos o alimento estão alterados com substâncias que podem aumentar ainda mais o teor calórico do alimento.

Açaí engorda? Veja como consumi-lo sem problemas/ Reprodução: Internet

Muita gente não sabe, mas o açaí também é um ótimo aliado do coração. Isso porque ele possui boas quantidades de antocianina, nutriente responsável pela sua coloração roxa. Essa substância evita a degeneração celular, o que por si só já impede o aparecimento de problemas cardiovasculares. Mas além disso, o açaí é praticamente uma concentração de polifenóis, que por sua vez aumentam o fluxo sanguíneo do coração, permitindo que ele continue saudável e resistente.

Fruta ajuda a tratar distúrbios!

Um estudo feito por pesquisadores brasileiros e canadenses, respectivamente da Universidade Federal de Santa Maria e da Universidade de Toronto, mostra que o açaí também pode combater a bipolaridade. A análise chegou à conclusão que o extrato da fruta consegue resolver uma disfunção que ocorre dentro da célula na área responsável por produzir energia para o cérebro. Além disso, a pesquisa revelou que o açaí é indicado para o sistema nervoso de uma forma geral, já que também evita o surgimento de outros distúrbios, além de reduzir a dor de cabeça.

Seu consumo facilita o ciclo menstrual !


O açaí é uma fruta rica em sais minerais, possuindo, por exemplo, boas quantidades de ferro e de fósforo. Mas é o seu cálcio que reduz os transtornos das mulheres durante seu ciclo menstrual. Isso porque ele previne sensações incômodas, como cãibras e inchaços. Mas além disso, seus outros nutrientes evitam problemas como a anemia, irritabilidade e até a arritmia.

Buriti

Contribui para saúde da visão, ajuda a prevenir o câncer, energético natural, ajuda na cicatrização, contém vitamina A, atua contra a queimaduras, combate rugas, hidrata pele seca.

"Uma fruta riquíssima no que diz respeito ao combate de tantos males, não há necessidade de se privar do consumo desse alimento".

O buriti é considerado uma fruta campeã em carotenóides, que são antioxidantes que protegem a pele/Foto: Internet

O óleo puro é usado para tratar queimaduras e feridas devido à sua capacidade para promover o desenvolvimento de tecido cicatricial e suavizar a pele.

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 28 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/