Manaus 30º • Nublado
Terça, 07 Dezembro 2021
Últimas Notícias
Série Inspirações
Fechar

Cientista político analisa as campanhas políticas dos candidatos nas eleições 2020

O Portal Amazônia conversou com o cientista político e sociólogo, Carlos Santiago, para analisar as campanhas políticas de candidatos a prefeito e vereador nas eleições de 2020. Atípicas por causa do curto tempo e em meio a pandemia, o especialista espera que os candidatos saibam trazer o eleitor para o debate de idéias.

Foto: Divulgação

 Confira a entrevista:

Portal Amazônia: Qual a análise podemos fazer das campanhas políticas?

Carlos Santiago: Três grandes discursos estão dando o tom da campanha. A experiência, o novo e a confiança. Experiência é o discurso de quem foi gestor público e está na administração pública, novo é aquele que está fora da administração pública e tenta alcançar um cargo e a confiança é aquele que está buscando pular esse momento difícil político que vive o país, que é o descrédito com a classe política. A campanha em si, nos municípios, está se dando principalmente pelas movimentações de ruas, reuniões e comícios. Nos grandes centros urbanos, o foco é nas redes socais.

Portal Amazônia: A eleição está sendo muito rápida. Como isso pode mudar o rumo das campanhas políticas nessas eleições atípicas, por causa da pandemia?

Carlos Santiago: Não tivemos praticamente a pré-campanha, porque não foi possível os pré-candidatos se articularem e montarem chapas, alianças partidárias, como se fazia antes, até pela falta de reuniões. Agora os candidatos tem que buscar uma ligação direta com o eleitor, com informações objetivas, material claro e acima de tudo, motivar o eleitor a participar, até porque grande parte do eleitorado está apática, para se envolver nas campanhas eleitorais.

Portal Amazônia: Os debates afrontosos, sem grandes idéias, atrapalha o eleitor na hora de escolher quem votar?

Carlos Santiago: a classe política está tão desacreditada que o momento agora é de mais propositura, muito mais interação com o leitor, tentar com que ele se envolve nas eleições. Fake News e atacar adversários é algo que não deve prevalecer. Cabe ao candidato indicar as soluções para os problemas da cidade. Pelo menos esse é o cenário ideal.

Portal Amazônia: Em Manaus são 11 candidatos a prefeito e mais de mil candidatos a vereador. Como você avalia as campanhas políticas dos candidatos da capital do Amazonas?

Carlos Santiago: A tendencia é apresentar um candidato que será presente na vida das pessoas, com confiança e experiência. Os candidatos a vereadores vão estar mais presentes nas redes sociais, até porque na rua sai muito caro a campanha, ainda mais com a pandemia.

Portal Amazônia: A polarização política existe em Manaus?

Carlos Santiago: Não existe em Manaus. Tanto que os principais candidatos que estão na corrida para prefeitura de Manaus não tem nenhum vínculo com esse debate de direita ou esquerda. Se observamos as coligações, vamos ver que os partidos estão juntos e, pelo menos em Manaus, sem grandes orientações ideológicas. Isso confunde a cabeça do eleito.

Veja mais notícias sobre Amazônia que eu quero.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 07 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/