No Acre, serviços de saúde mental são reforçados no período da pandemia

Para buscar o atendimento, o cidadão precisa ser encaminhado pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Assim como a saúde física, a saúde mental é primordial para o equilíbrio corporal, social e para o próprio indivíduo sentir-se bem no contexto pessoal e para com a sociedade. E em tempos de pandemia, a necessidade de cuidar dessa área se mostrou ainda mais importante.


Para contribuir e auxiliar a população acreana no contexto psicológico, o Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac) realizou em 2020 mais de 20 mil atendimentos médicos e psicológicos. Além destes, são realizados os trabalhos nas áreas de enfermagem e serviço social.
Foto: Matheus Ferrero/Unsplash

Ofertando os serviços clínicos, psiquiátricos e psicológicos, a unidade passou por uma reforma recente para o melhor acolhimento e tratamento dos pacientes internos e externos. Com a pandemia, mudanças com relação a fluxos foi necessária.

“Estabelecemos um novo protocolo de atendimento, a fim de garantir a proteção dos pacientes internos com relação ao coronavírus. E também para que os externos não ficassem sem a assistência devida”, explica o gerente-geral do Hosmac, Halisson Lima.

Fluxo

Para buscar o atendimento, o cidadão precisa ser encaminhado pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Após a triagem o paciente é encaminhado para o especialista conforme a sua necessidade. 

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Novo santuário de árvores gigantes na Amazônia é revelado no oeste do Pará

No novo santuário, cientistas descobriram pelo menos mais 38 árvores de grande porte, duas delas com mais de 80 metros de altura.

Leia também

Publicidade