Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quinta, 13 Mai 2021

Tarifa a R$1 no transporte coletivo começa a valer na segunda-feira

Se o usuário fizer o pagamento em espécie, a passagem custará R$4,05. A tarifa subsidiada pela Prefeitura está em vigor desde o dia 10 de abril

Conheça algumas curiosidades sobre as linhas de ônibus de Manaus

O transporte público coletivo de Manaus tem inúmeras curiosidades e fatos que são desconhecidos pelos usuários.

Transporte coletivo de Boa Vista terá novo horário de funcionamento a partir desta sexta-feira (26)

Ônibus funcionarão de segunda a sábado, das 6h às 23h, com 70% da frota

Frota de ônibus aumenta na Grande Belém para evitar aglomerações

Medida será aplicada nas linhas que atendem aos municípios de Belém, Ananindeua, Marituba, Santa Bárbara do Pará e Benevides

Saiba os horários da gratuidade do transporte coletivo no dia 15 de novembro em Manaus

O projeto, que ainda espera ser sancionado pelo Prefeito de Manaus, Arthur Neto, autoriza o Executivo a adotar a gratuidade e foi analisado e votado de forma extraordinária em sessão convocada pelo presidente da Casa Legislativa. 

Prefeitura anuncia mudanças em linhas de ônibus, em Manaus; confira as alterações

O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana de Manaus (IMMU), antigo Manaustrans, informou que a partir da próxima segunda-feira (3) haverá alterações de empresas que fazem parte do sistema de transporte urbano da capital do Amazonas.
Foto:Divulgação/Prefeitura de Manaus


As linhas 051 (Via Norte/Monte Pascoal/ T3) e 355 (Via Norte/Rio Piorini/T4/T5/Distrito Industrial) passarão a ser operadas pela empresa Vega Transportes, assim como as linhas 678 (Ponta Negra/Avenida Ephigênio Salles/T5/T4) e 675 (Ponta Negra/Avenida Coronel Teixeira/T5) serão operadas de forma compartilhada pela Vega e São Pedro Transportes. As alterações realizadas visam oferecer maior conforto aos usuários, assim como tornar mais ágil a operação das frotas.


Dos atuais 21 veículos da Vega, que operam as linhas 678 e 675, 13 serão ônibus da São Pedro.


Conforme o IMMU, haverá ganho aos usuários de transporte coletivo, pois as linhas que ligam a Zona Oeste, via Ponta Negra à zona Leste de Manaus passarão a contar também com veículos articulados, que possuem capacidade de transportar mais passageiros. As linhas irão operar com as devidas frotas atuais e, no caso das linhas 675 e 678, continuarão atendendo as paradas do lado direito da via.


Prefeitura intensifica ações durante o Carnaval de Manaus; transporte coletivo será reforçado

A Prefeitura de Manaus montou um esquema especial de serviços públicos para atender, a partir desta quinta-feira (28), o público que for ao Centro de Convenções Sambódromo acompanhar os eventos do Carnaval 2019. Entre eles, estão planejamentos especiais de trânsito, transporte, limpeza, saúde, assistência social e fiscalização de comércios.

Até a Terça-feira (5), o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) coordena o fluxo de veículos no entorno do Sambódromo. Agentes de trânsito vão atuar na fiscalização, controle e ordenamento de veículos e pedestres para garantir a segurança e fluidez nas vias.

Também para o sábado (2). linhas do transporte coletivo serão reforçadas até às 4h da manhã de domingo (3), durante o desfile das escolas de samba do grupo especial de Manaus. Mais de 30 fiscais da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) estarão presentes durante todo o evento para monitorar a operação das linhas. 
Foto: Divulgação/Prefeitura de Manaus

As linhas normais que saem do Centro e as alimentadoras, que partem dos Terminais de Integração, também terão o horário de atendimento ampliado com a realização de mais uma viagem após da 0h. Assim, durante e após os desfiles, a população contará com opções de transporte coletivo para todas as zonas da cidade e para os cinco Terminais de Integração.

Além da frota que ficará em circulação, dez coletivos reservas servirão de apoio à operação. Os ônibus ficarão estacionados na rua da Maromba, bairro Chapada, e serão colocados para atender as linhas de acordo com a demanda. Os coletivos estarão com a placa “Sambódromo” afixada no para-brisa.

Com a interdição das avenidas Pedro Teixeira, do Samba e Lóris Cordovil, os ônibus que passam por estas vias seguirão um itinerário alternativo, utilizando como principais opções de desvio as avenidas Darcy Vargas e Desembargador João Machado. Confira na tabela em anexo as linhas e desvios de itinerário, bem como o esquema de trânsito.

‘Bloco da limpeza’

Além das tradicionais agremiações, o Desfile Oficial no Sambódromo vai contar com um bloco extra na avenida. A Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) colocará ‘na pista’ 120 garis trabalhando durante os desfiles. O ‘bloco da limpeza’, como já é conhecido o grupo da Semulsp, entrará após a passagem de cada escola de samba, limpando o local para a entrada da próxima agremiação.

Puxados pelo grupo ‘Garis da Alegria’, o ‘bloco da limpeza’ tem como tarefa principal limpar a pista e o espaço de movimentação popular, mas os trabalhadores sempre aproveitam para trabalhar com animação, passando a mensagem de cuidado com o lixo.

Proteção infantojuvenil e à mulher

Na programação também terá a Campanha Municipal de Combate ao Abuso, à Exploração Sexual e Trabalho Infantojuvenil, além da sensibilização contra o abuso e o assédio de mulheres, nos desfiles das Escolas de Samba do Grupo de Acesso, nesta sexta-feira (1), e Especial, no sábado(2) no Sambódromo.

Todos receberam orientação baseada na portaria 001/2019 do Juizado da Infância e da Juventude Cível, que diz que “poderão assistir aos desfiles das escolas de samba crianças, a partir de 5 anos completos até 15 anos incompletos, acompanhadas de um dos responsáveis legais ou acompanhantes”. Outra orientação é quanto à proibição da venda de bebidas alcoólicas e cigarros para crianças e adolescentes, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e, principalmente, a exploração sexual e trabalho infantil.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Manaus
Para que o público feminino possa tomar conhecimento dos seus direitos, a Subsecretaria de Políticas Afirmativas para as Mulheres, vinculada a Semasc, também estará presente nos dias de desfiles. A subsecretaria sensibilizará os foliões sobre o abuso e o assédio de mulheres, além de serem divulgados os serviços do órgão com a distribuição de material informativo, contendo a rede de proteção à mulher.

Para auxiliar na campanha, o folião que presenciar algum caso de violação de direitos, principalmente de crianças e adolescentes, deve recorrer aos canais de comunicação do município. Disque Denúncia: 0800-092-1407 e Disque Direitos Humanos: 0800-092-6644. Para a mulher, as denúncias podem ser direcionadas a Central de Atendimento à Mulher: 180, Disque Denúncia: 181 e Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher pelo telefone 3236-7012.

Comércio informal

Ainda durante o Carnaval, 80 fiscais trabalhão no ordenamento e fiscalização do comércio de ambulantes, no entorno dos locais onde serão realizados os eventos carnavalescos.

No sábado (2), dia do desfile do Grupo Especial das Escolas de Samba de Manaus, um efetivo de 70 fiscais estará no entorno e dependências do Sambódromo, com 20 fiscais trabalhando das 8h às 14h, 25 das 14h às 19h e outros 25 das 19h à 1h da madrugada do domingo (3). Nos demais dias e locais de eventos na cidade, quatro equipes volantes vão atuar no ordenamento e fiscalização.

A Semacc ressalta, ainda, que, de acordo com decisão judicial, é proibida a venda de churrasquinho no espeto e de bebidas alcoólicas em via pública, respectivamente, e destaca a obrigatoriedade do encerramento de bandas de rua, até 1h da madrugada (limite máximo).

Saúde
Foto: Divulgação/Prefeitura de Manaus

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) atuará com equipes de conscientização sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e Aids, além da presença de três ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Manaus). O órgão também realizou o trabalho de inspeção e controle vetorial contra o Aedes aegypti. A Vigilância Sanitária de Manaus (Visa Manaus) também vai atuar na orientação dos vendedores quanto a práticas saudáveis de manipulação dos alimentos.

Motorista de ônibus se veste de Papai Noel e encanta passageiros de Manaus

Imagine você, na correria do dia a dia, atrasado para o trabalho, entra no ônibus e percebe algo diferente, e de quebra, encontra ninguém menos que o Papai Noel. O “bom velhinho” que percorre a cidade de Manaus é o motorista Ismael Martins Rosa, o Rosinha, e tem chamado a atenção de pessoas de todas as idades. Em entrevista ao Portal Amazônia, Rosinha, fala sobre o trabalho que desenvolve há sete anos. 

A rotina de Rosinha é longa, mas ele não se deixa abater pelas adversidades. A primeira coisa que faz ao entrar no ônibus é colocar a roupa de Papai Noel. O carro é adaptado para que o motorista não sofra no calor, algo típico da região. “Tem uma espécie de ar-condicionado que me ajuda a suportar a temperatura, pois, dirigir com as roupas e adereços do 'bom velhinho' dá trabalho, mas faço com muito amor”, contou o motorista.
 
Foto: Arquivo Pessoal
Por onde passa, o condutor atrai os olhares de admiração dos manauaras e acredita que essa iniciativa arranca sorrisos dos usuários do transporte coletivo, inclusive de curiosos que chegam a entrar no ônibus só para tirar uma 'selfie' com o Papai Noel. Confira a entrevista:

Portal Amazônia: Como surgiu a ideia de se vestir de Papai Noel no ônibus?

Ismael Rosa: Há muito tempo, quando eu estava em uma parada de ônibus, avistei uma criança querendo entrar no shopping para ver o Papai Noel. O pai, sem muita paciência, disse que não tinha dinheiro. E, isso ficou em minha cabeça, algo tão fácil de se fazer: levar o Papai Noel para crianças de baixa renda, que não têm condições de vê-lo em lugares pagos, levando aos bairros mais humildes.

PA: Qual a reação das crianças, e adultos, ao ver o Papai Noel dirigindo ônibus?

IR: É incrível! Elas choram, querem entrar no ônibus para ver, tocar, abraçar e beijar o Papai Noel. A mãe, mesmo sem querer, entra e traz a criança. Só quem vê sabe o que se sente. Não apenas as crianças, mas os jovens e adultos, ficam surpresos, se alegram ao ver o bom velhinho, tiram fotos, sorriem, pois, é uma coisa interessante.

Ainda não decidiu? Confira quatro looks para arrasar nas festas de Natal e Ano Novo

PA: Qual a situação mais engraçada que o senhor passou vestido de “bom velhinho”?

IR: Foi quando eu passei por um enterro. Passei tímido perto, e balancei o sino do Papai Noel, e logo. as pessoas que lá estavam vieram dar atenção ao Papai Noel e ficaram alegres.

PA: Há quanto tempo o “Papai Noel do ônibus” circula pela cidade de Manaus?

IR: Há sete anos que estamos rodando por essa cidade “fria”, mas acolhedora. Tenho a oportunidade de enfeitar o ônibus e mostrar que os motoristas também têm sensibilidade.

Veja também: Estação das Docas inicia celebrações de Natal em Belém; confira programação

PA: Qual é o real sentido do Natal para o senhor?

IR: O Papai Noel é um símbolo criado pelo homem, as pessoas costumam trocar o real símbolo de amor, que é Jesus. É através dele que existe o Natal, o amor e a empatia. Às vezes, nos deparamos com pessoas dentro do ônibus que não têm família ou que são separadas, e elas choram. Isso faz com que nós possamos sentir também esse sentimento. É por isso que precisamos reunir mais as famílias, mesmo que morem longe, agradecer a Deus pela nossa família, dizer o quanto nos amamos. O Natal não é apenas mais uma data festiva, mas sim o tempo de demonstrar o amor.
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
PA: Qual seria o melhor presente de Natal que o senhor poderia ganhar?

IR: Os melhores presentes eu já tenho: meu emprego e  família. Quantos pais de família precisam e não estão empregados nesta época. Já minha família está sempre por perto, me apoiando. Eu só posso agradecer e desejar um Feliz Natal a todos, que Deus possa entrar em suas casas, abram as portas para Deus, que Ele vai fazer algo diferente em suas vidas!

Rosinha, assim como o “Papai Noel” tradicional, conta com o auxílio de sua “ajudante”, no caso dele é a cobradora Vanusa Duarte, que nos contou sobre a sensação de estar a bordo do ônibus mais enfeitado da cidade. Confira:

PA: De quem foi a ideia da decoração natalina do ônibus?

Vanusa Duarte: A ideia foi do meu parceiro Ismael, e eu ajudei, junto com a empresa. A escolha dos enfeites, os detalhes, tudo é coisa dele.

PA: Qual é a reação das pessoas ao entrarem no ônibus e se depararem com a decoração?

Vanusa Duarte: Elas ficam maravilhadas, sorriem na hora! Hoje mesmo, uma moça entrou e disse que seu dia estava triste, mas ao entrar aqui, o dia melhorou totalmente. Ela entrou de cabeça baixa e eu a vi sorrir quando viu toda a decoração de Natal. 
 
Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia
Rotina

Ismael percorre toda a cidade, trocando diariamente as linhas em que trabalha, dando oportunidade a mais pessoas de verem o Papai Noel do ônibus. Segundo ele, as viagens acabam sendo mais demoradas porque as pessoas param para tirar fotos com o Papai Noel e o ônibus decorado.

A aposentada Maria Silva não poupou elogios. Relatou que adora pegar o ônibus e que gosta de ver o sorriso das crianças ao entrarem no veículo e falarem com o ídolo do Natal.

Agenda: Réveillon de Manaus terá shows de Luan Santana, Joelma e 'Elas Cantam Samba'

Decoração caprichada

A ornamentação do ônibus é tanto interna quanto externa. Dentro do veículo, podemos conferir toda a parte do motor revestida com veludo e bonecos do Papai Noel, além de ursos polares e bonecos de neve. Já pelo corredor, toda a lateral e as barras de segurança dos passageiros são envolvidas de aramado verde e figuras temáticas. 

Já o teto, é repleto de bolas de natal coladas – e muito bem seguras. No fundo do ônibus, pôde-se ver um lindo painel desejando Feliz Natal para os passageiros, com destaque para as caixas de presentes de isopor, pintadas e enfeitadas à mão. Externamente, todas as extremidades do coletivo envolvidas com luzes de led.

O Papai Noel do ônibus circula nas linhas da empresa Expresso Coroado e estará presente até o dia 31 de dezembro. Não deixe de conferir essa bela iniciativa dos profissionais em fazer um percurso que antes era monótono.

Linha 357 começa a circular na avenida das Flores, em Manaus

A linha de ônibus 357 do transporte coletivo de Manaus, é uma alternativa para os moradores do conjunto Viver Melhor, na zona Norte, que utilizam a avenida das Flores, inaugurada na última sexta-feira (30).

A linha, que é operada pela empresa Rondônia, faz o seguinte itinerário: Viver Melhor, avenida das Flores, Terminal ‪3, avenida Max Teixeira‬, a faixa exclusiva das avenidas Torquato Tapajós e Constantino Nery, Terminal 1 até o Centro. Na volta, a linha fará o mesmo percurso.

O funcionamento da linha será todos os dias, e o acesso será pelas plataformas do canteiro central, nas avenidas que possuem o sistema da Faixa Azul, nas demais ruas, o acesso é normal pelos pontos de ônibus.

Transporte coletivo de Manaus será gratuito no dia de votação do 2º turno das Eleições 2018

Assim como no 1º turno das eleições gerais, o transporte coletivo de Manaus será gratuito no dia 28 de outubro, durante o 2º turno e 100% da frota deverá estar nas ruas para garantir que os eleitores cumpram seu dever como cidadão e exerçam o direito ao voto.

"Garantimos mais uma vez a gratuidade do transporte. Esse é meu esforço no sentido de que mais e mais amazonense votem, não importa em quem vão votar, o importante é que votem de acordo com sua consciência”, disse o prefeito de Manaus Arthur Neto.
Foto: Adneison Severiano/Rede Amazônica
A gratuidade do transporte nas eleições foi definida para o 1º e 2º turno após votação na Câmara Municipal de Manaus no dia 6 de outubro, véspera do primeiro turno das eleições municipais. O horário da gratuidade é de 4h às 20h. O custo de A gratuidade vai custar aos cofres do município R$ 6, 4 milhões, por turno.

O decreto conclui o ato com o aval do executivo municipal, e foi publicado na edição desta terça-feira (16), no Diário Oficial do Município.

Ônibus do transporte urbano de Manaus estarão gratuitos neste domingo de Eleição

Neste primeiro turno das Eleições 2018, as empresas de transporte coletivo de Manaus estão preparadas para atender cerca  de 1 milhão de passageiros que devem utilizar o sistema de transporte para ir até o local de votação.

Para atender a demanda as empresas irão operar com 100% da frota de dia útil, totalizando 1.264 ônibus, das 04h as 20h. Isso porque neste sábado (6) a Câmara Municipal de Manaus aprovou um projeto de lei da Prefeitura que estabelece gratuidade no transporte público neste domingo (7).

De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), Algacir Gurgacz, as empresas já estão com escalas prontas para a ocasião.  “Da mesma forma como funcionou em outros pleitos, colocaremos a capacidade máxima de operação do sistema nas ruas”. Gurgacz acrescentou ainda que serão cerca de oito mil funcionários envolvidos na operação, incluindo motoristas, cobradores, fiscais e as equipes operacionais e de manutenção.

Além disso, o Centro de Controle Operacional vai funcionar visando o controle de horário de saída dos veículos, controle de substituição e remanejamento dos ônibus; e fiscais atuarão buscando rotas alternativas para os ônibus caso ocorram interferências no trânsito e pontos de aglomeração.

Frota extra

Serão disponibilizados mais 15 veículos no Terminal da Ponta Negra a partir das 15h, sendo dez articulados e cinco convencionais, para atender as linhas 678, 120, 450, 641 e 542, onde haverá grande concentração de pessoas. Os ônibus extras serão utilizados conforme demanda.

Pedido deferido

O Tribunal Regional Eleitoral deferiu solicitação do Sinetram para dar prioridade de votação aos cobradores e motoristas. Eles precisam apenas apresentar o crachá de identificação da empresa quando chegarem na zona eleitoral para receber o benefício.

Ônibus pega fogo em avenida de Manaus; confira vídeo

Por volta das 9h15 da manhã desta terça-feira (25) um ônibus da empresa Global Green, linha 619 (Puraquequara - Centro), pegou fogo enquanto trafegava, do sentido Centro-Bairro, pela avenida Buriti, Distrito Industrial, em Manaus.

Segundo passageiros, o veículo já apresentava sinais de fumaça no trajeto. As chamas atingiram a rede elétrica e de telefonia e funcionários de fábricas próximas ajudaram na contenção das chamas.

A equipe do 1º Batalhão de Incêndio do Corpo de Bombeiro foi acionada para conter as chamas. Ainda não há informações das causas de incidente, mas ninguém ficou ferido.

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informa que a empresa Global Green está apurando as coisas do incêndio. Ninguém ficou ferido e o veículo foi recolhido à garagem da empresa.

Já a empresa Global Green informou por meio de nota que vai abrir uma investigação para apurar as causas do incêndio.

Audiência Pública é realizada para discutir transporte público em Rondônia

Uma audiência pública realizada em Porto Velho (RO) buscou verificar as necessidades de melhoria no transporte coletivo. A entrevista é com o secretário de Transportes, Carlos Costa.

Em Cuiabá, paradas de ônibus terão energia solar, pontos de USB, biblioteca e jardins suspensos

A Prefeitura de Cuiabá apresenta nesta quarta-feira (13) os novos modelos ecológicos de parada de ônibus. Construído a partir de contêineres utilizados para transporte de cargas, os novos pontos de ônibus da capital do Mato Grosso têm um conceito sustentável, sendo equipados com placas solares, que asseguram uma boa luminosidade a qualquer hora do dia, pontos de USB para recarga de celulares, além de uma biblioteca com livros diversos que poderão ser usufruídos no espaço.
Foto:Divulgação
O inovador conceito conta ainda com a presença de jardins suspensos, que serão cobertos por plantas ornamentais, trazendo uma beleza verde em meio a todo contexto urbano.

De acordo com a prefeitura, os novos abrigos, serão distribuído em 82 espaços de diferentes regiões da cidade, onde o fluxo de passageiros varia em uma média de 5 a 10 mil pessoas por dia. Por meio de um minucioso trabalho de restauração, as estruturas metálicas, que antes seriam descartadas, ganham uma nova finalidade com a garantia de pelo menos mais 15 anos de vida útil.
Foto:Divulgação
De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, o novo modelo de abrigo de espera de ônibus segue como base os conceitos de sustentabilidade e conforto aos usuários já estabelecidos a partir da edificação da inovadora Estação Alencastro.

Todos os pontos serão construídos por meio do processo de chamamento público, no qual a iniciativa privada é incentivada a aderir à política denominada “adote um abrigo”.

Com essa dinâmica, empresas conquistam o direito legal de explorar o espaço com o uso de publicidade, à medida que também assumem a responsabilidade de zelar pelo lugar, com as devidas manutenções necessárias. Com o prazo mínimo de cinco anos para exploração, é possível que esse período seja prolongado conforme a legalidade dos trâmites institucionais.

Mais de 60 ônibus foram depredados durante protestos em Manaus

Ao menos 61 ônibus foram depredados durante um protesto contra a paralisação do transporte público rodoviário na manhã desta segunda-feira (4) em Manaus. Segundo a Polícia Militar do Amazonas, os usuários se revoltaram devido à falta de ônibus causada pela greve dos rodoviários, deflagrada há sete dias.
Foto:Reprodução/Rede Amazônica
Os protestos violentos foram registrados em diferentes pontos da capital manauara. De acordo com com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sinetram-AM), cerca de 100 mil pessoas foram afetadas pela falta de ônibus circulando. Até as 11 horas, 640 dos 850 veículos que costumam rodar às segundas-feiras deixaram as garagens das empresas de transporte.

O maior tumulto foi registrado próximo ao Terminal de Integração 4, na zona leste, onde as pessoas arremessavam pedras e outros objetos contra os ônibus parados no local, quebrando para-brisas e janelas. Houve tentativas de incendiar ao menos três veículos, mas o fogo foi logo contido.


Diante do tumulto, o efetivo policial que se encontrava no Terminal 4 desde a madrugada solicitou reforços da Rocam e da tropa de Choque. De acordo com a assessoria da PM, a corporação teve que empregar a força para conter os manifestantes. Até o meio-dia, ao menos cinco pessoas tinham sido detidas e foram conduzidas à delegacia mais próxima.



Também houve protestos nos terminais 3 e dos bairros Petrópolis, Vila Marinho, Bairro da Paz e Conjunto Augusto Montenegro. Os ônibus depredados pertencem às empresas Eucatur, Global Green, Açaí Transportes e Expresso Coroado. O Sinetram informou que já acionou a Justiça e aguarda que as medidas legais cabíveis sejam adotadas.

Em função da falta de ônibus e da proximidade dos locais de manifestações dos rodoviários, a Secretaria Municipal de Educação suspendeu as aulas desta tarde em cinco unidades de ensino do bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste. São elas: escolas municipais Maria do Socorro Azevedo de Oliveira, Professora Ignes de Vasconcelos Dias, Maria Ferreira da Silva, Hiran Caminha e Centro Municipal de Educação Infantil Ângela Honorato.

As outras unidades da rede de ensino municipal funcionarão normalmente e os alunos que não conseguirem chegar às escolas não serão prejudicados.

Segundo a prefeitura de Manaus, a greve iniciada na última terça-feira (29), descumpre decisão judicial do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), da 11ª Região. No último dia 29, a presidente do TRT, desembargadora Eleonora de Souza Saunier fixou multa de R$ 200 mil por hora caso os rodoviários insistissem em paralisar suas atividades.

Foto:Reprodução/Rede Amazônica
No domingo (3), o juiz plantonista do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), Antônio Itamar de Souza Gonzaga, determinou o funcionamento da frota do transporte coletivo nesta segunda-feira (4), sob pena do sindicato de trabalhadores ser multado em R$ 1 mil por hora parada.

Os rodoviários pedem reajuste salarial; novas contratações; estipulação de uma quantia máxima a ser paga aos motoristas em caso de acidente e a possibilidade de parcelar este valor; fracionamento das férias e da intrajornada e compensação de horas extras.

Mais cinco linhas do transporte coletivo deixam de atender Centro de Manaus

Outras cinco linhas do transporte coletivo de Manaus deixarão de atender ao Terminal Matriz no Centro da cidade, a partir dessa quarta-feira (29).

As linhas 111, 125, 541, 407 e 623 vão retornar aos bairros a partir da Praça da Saudade, passando tanto no sentido ida, quanto volta, no Terminal de Integração 1, na avenida Constantino Nery.

Os usuários das linhas que desejam ir ao centro comercial de Manaus precisarão fazer a integração de forma gratuita, no Terminal 1, sentido Centro, onde haverá a possibilidade de pegar um dos 194 veículos das 27 linhas que farão o trajeto.

E para o retorno, o usuário deverá pegar o ônibus no centro e descer no Terminal 1 sentido bairro, para integração com a linha de ônibus de origem.

A linha 002 (Interbairros II), também sofrerá mudanças e deixará de atender o Terminal 1, passado da avenida Kako Caminha, para a Avenida Álvaro Maia,rua Comendador Clementino, avenida Japurá, rua Major Gabriel e avenida Tarumã, de onde segue o itinerário normal.

Segundo a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), a medida tem por objetivo dar maior fluidez ao trânsito na área central, e diminuição no tempo de viagem das linhas.

As linhas que sofrerão alterações, são:

111 - Santo Antônio/T1
125 - Campus Ufam/T1
541 - Ouro Verde/Boulevard/T1
407 - Jardim Primavera/ Parque 10 de Novembro/ T1
623 - Petrópolis/T1

No dia 14 de maio, as linhas 216, 306, 307, 317, 321, 330, 430, 444 e 456 já tinham realizado a mudança no itinerário.

216 - Lírio do Vale / T1
306 - Aeroporto / T1
307 - Santa Etelvina / T1
317 - Cidadão VII e XII / T1
321 - Comunidade São João - BR 174 - Ponte da Bolívia / T1
330 - Lago Azul / T1
430 - Colônia Japonesa / T1
444 - Aliança com Deus / T1
456 - Monte das Oliveiras - Conjunto Beija-Flor / T1

Falta de combustível: transporte coletivo de Manaus funciona com parte da frota

Na noite desta quinta-feira (24), o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) comunicaram como funcionará o sistema de transporte urbano de Manaus nesta sexta-feira (25), em função da paralisação dos caminhoneiros que tem gerado um desabastecimento de combustíveis na cidade.

Segundo o Sinetram estão em circulação 60% da frota dos ônibus, ou seja, 880 veículos nas ruas da cidade atendendo a população. 
Foto: Divulgação/SMTU
Várias alterações de itinerários e linhas foram feitas. Confira:

As linhas 304, 446 e 329 só irão até o T3 e a frota da linha 351 será reforçada;

A linha 448 vai operar somente até o T3;

As linhas 301, 310, 408 não vão operar. A linhas alimentadoras 034, 051 e 068, que já operam nos mesmos bairros terão sua reforçada para atender essa demanda até os Terminais T3 e T4;

As linhas 300 e 640 serão reforçadas;

Linhas que irão até o T1 retornando pela Praça da Saudade: 452, 626, 125, 541, 301, 317, 319, 325, 455, 102, 111, 119, 120, 121, 124.

As linhas 603, 604 e 619 não vão operar. As linhas 084, 085 e 086, que já operam nos mesmos bairros, terão sua frota reforçada para atender essa demanda até o Terminal T5. No T5, os usuários deverão realizar a integração para a linha 621 que será reforça para atender a demanda do Distrito até o Centro.

Ainda segundo o Sinetram, caso não seja suspensa a paralisação dos caminhoneiros e liberado o abastecimento de combustível para as empresas, 100% da frota de ônibus em Manaus deixará de circular no sábado (26).

Greve de ônibus em Belém entra no 5º dia sem previsão para encerrar

Desde a última quinta-feira (19), a população da região Metropolitana de Belém sofre com a falta de ônibus do transporte público. A greve dos rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba entra no 5º dia e afeta mais de um milhão de pessoas.

Na tarde deste domingo (22) houve uma reunião da categoria desmentiu a informação de que iriam colocar os ônibus nas ruas com as catracas livres, e decidiram pela manutenção da greve, mesmo com a decisão da desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Francisca Formigosa que obrigava o funcionamento de 80% da frota dos ônibus. 
Foto: Reprodução/Twitter @serviothulio
Setransbel

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belém (Setransbel) veiculou no último sábado (21) nos canais de TV da capital paraense, uma nota em que afirma ter havido várias negociações com a categoria, além da reposição integral das perdas salariais dos rodoviários com base na inflação.

Ainda na nota, a Setransbel informa que a justiça já declarou que a greve é abusiva e que o pedido de aumento salarial de mais de 500% está acima dos índices de reposição oficiais. 

A nota segue falando dos atos violentos, em que os veículos que tem deixado as garagens das empresas tem sofrido, depredações, pneus furados e outros. Afirma também que caso não haja o retorno imediato dos rodoviários aos postos de trabalho, como determinado pela justiça, serão contratados novos funcionários para ocupar as funções.

Sindicato da Categoria

Em nota, o Sindicato dos Rodoviários de belém, responderam a nota da Setransbel afirmando que as informações divulgadas pela patronal não correspondem totalmente a verdade. 

A inflação do período, segundo a nota e dados do Diese, foi de 1,6%, o que daria um aumento salarial em torno de R$14 para os cobradores e R$23 para os motoristas. Enquanto o valor da tarifa aumentou em 6%.

A nota ainda ressalta que o Setransbel não divulgou que a greve é pautada também pela diminuição da jornada de trabalho, implementação do ponto biométrico, melhoria nas condições e infraestrutura da frota de veículos, que está sucateada, e da segurança para os passageiros e trabalhadores, que ainda segundo a nota, só em janeiro de 2018 foram mais 150 ônibus assaltados.

Ônibus circulando

Segundo informações da população, já é possível ver alguns ônibus circulando pelas ruas da região Metropolitana de Belém, na manhã desta segunda-feira (23). Mas o não foi anunciado o fim da greve e nem confirmado ainda, se os ônibus que circulam estão com funcionários novos, contratados de acordo com a decisão da justiça.

Está previsto mais uma reunião dos rodoviários na manhã desta segunda-feira (23) na praça do Operário, em São Brás.

Greve de ônibus em Belém entra no segundo dia

A greve dos rodoviários do transporte coletivo da Grande Belém entra no segundo dia. Mais de um milhão de pessoas que permanecem sem os ônibus urbanos.  
Foto: Reprodução/Twitter
Nesta quinta-feira (19) foi realizada uma audiência entre a categoria e o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (Setransbel), intermediada pela desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) Francisca Formigosa e não houve acordo nas negociações, e a greve foi mantida.

Os dois sindicatos, o de Belém e o de Marituba e Ananindeua pedem a redução da carga horária de trabalho para 6h20, 10% de reajuste salarial e R$ 700 de ticket alimentação.

Desde o fim da manhã, advogados do Setransbel, e dos rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba estão em uma sessão com a desembargadora do TRT Francisca Formigosa que julga a declaração de abusividade da greve. Há informações de que o Ministério Público do Trabalho também esteja presente na sessão. Não há previsão para encerrar a reunião.

Motoristas e cobradores de ônibus de Porto Velho fazem paralisação geral

Motoristas e cobradores de transporte coletivo em Porto Velho (RO) realizaram uma paralisação geral nesta segunda-feira (26). Mais de 400 mil usuários foram afetados com a falta dos ônibus. A Secretaria Municipal de Transporte, Mobilidade e Transportes (Semtran) informou que não foi avisada sobre o movimento.