Manaus 30º • Nublado
Segunda, 04 Março 2024

Natureza viva

Ao nos aproximarmos do igapó, desligamos o motor e suavemente remamos para próximo do buritizal, dentre outras espécies de árvores naquele trecho de floresta, em um silêncio surpreendente até mesmo para nós.

Oração do Ano 2023

Texto escrito por meu irmão Estevão Monteiro de Paula, gentilmente cedido para fazermos uma reflexão.

Memórias sobre o Dia de Finados

Meu irmão Estevão fez uma breve reflexão sobre este dia, retratando um momento de família em outra época.

Luis Gálvez Rodríguez de Arias e o Estado Independente do Acre

E quando criou a nova bandeira, escreveu nela: "Se a pátria não nos quer, criamos outra".

Arena da Amazônia: como foi, como seria e como é

O Estádio Vivaldo Lima, que já era palco de eventos internacionais tomou uma injeção de rejuvenescimento e se tornou a Arena da Amazônia. Ficou mais linda e muito mais conhecida.

Parceria de 50 anos com a TV Amazonas

O Dr. Phelippe Daou falou a mim: "Dudu, não sei se serás um bom engenheiro, porém acho que serás um bom jornalista!".

Farol do futuro

O farol da alfândega de Manaus permitia uma melhor fiscalização, pois cobria com iluminação longas distâncias.

1967: o início da televisão no Amazonas

Além de toda a aparelhagem necessária para um estúdio de TV, era necessário alguns quilômetros de cabo coaxial que levaria a imagem do estúdio à casa dos assinantes.

O começo do fim da dinastia Mamede no judô brasileiro

A solução encontrada foi procurar a Confederação Brasileira de Desportos Universitários (CBDU), que à época era dirigida pelo amazonense Taner Freire de Verçosa.

O dia que Lady Diana colocou a CBDU no coração

Em hipótese alguma poderíamos sair da linha demarcada, mas Taner Freire de Verçosa quebrou o protocolo...

Brasil e Japão no tênis de mesa no Amazonas durante a era do cruzado

O reflexo deste intercâmbio é sentido até hoje. Haja vista, os muitos nomes de mesatenistas amazonenses que fizeram e fazem história, nacional e internacionalmente.

Deutscher Klub: o remo alemão que fez sucesso no Amazonas

O remo foi um esporte que, no fim do Século 19 e início do Século 20, era dos mais apreciados em Manaus.

Em 1983, Amazonas teve representante no primeiro Torneio Sul-americano de Handebol

O interessante foi que à época, não existiam os veículos de comunicação dos dias atuais para divulgar os eventos com facilidade. O telefone e o Telex eram as grandes ferramentas.

Apolo no Vivaldão

A estação de exercício físico chamada Apolo era um conjugado onde era possível realizar uma série de exercícios no mesmo aparelho.

Archer Pinto e o esporte no Amazonas

A corrida pedestre tinha o propósito de elevar a autoestima dos amazonenses e movimentar o comércio da capital.

Ano novo, nova vida e uma felicidade inesperada

Um choque e um misto de emoção e alegria profunda fecharam o ano de 2022 quando, depois de mais de 38 anos, encontrei a minha filha.

O desafio do Rio Negro

Um desafio foi lançado aos nadadores do Atlético Rio Negro Clube em 1969: atravessar o Rio Negro a nado - do Cacau Pireira (Iranduba) até a Ponta Negra (Manaus). Desafio entusiasticamente aceito!

Papai Noel por um dia

Ao ver as crianças com os seus olhos brilhando, seus corações pulsantes, ouvindo falar de suas esperanças e desejos, eu já não era mais o Dudu e sim o Papai Noel.

Companheiros das Américas: o futebol amador abrindo horizontes

O programa consistia em trocar informações técnicas: um médico especialista em Coração, dos Estados Unidos, passava uma temporada no Amazonas, e um médico especialista em Medicina Tropical passava uma temporada nos Estados Unidos.

Basquete internacional em Manaus: Amazonas X Estados Unidos

A Equipe Americana programou uma série de amistosos por alguns Estados brasileiros. Roberto Gesta conseguiu colocar Manaus como a primeira parada.