Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 12 Mai 2021

Estado promove receptivo para 1,2 mil turistas que desembarcam em Belém

Na manhã desta segunda feira (13), o navio Amsterdam chegou a Belém, trazendo 1,2 mil turistas de várias nacionalidades, incluindo americanos, holandeses e alemães. O cruzeiro percorreu o oceano Pacífico, visitando a América Central e agora deve percorrer toda a costa brasileira até a Argentina. Este é o segundo navio com estrangeiros que chega na capital paraense em menos de 10 dias.



O desembarque foi no trapiche de Icoaraci, onde os visitantes estrangeiros puderam conhecer o artesanato paraense e a cultura popular, com apresentação de brincantes do Arraial do Pavulagem. De lá, 21 ônibus saíram para iniciar as rotas pelos pontos turísticos. Uma delas percorreu o centro histórico e os patrimônios culturais e arquitetônicos, como Teatro da Paz e Museu de Arte Sacra.
Foto: Divulgação

A temporada de cruzeiros que recoloca o Pará no roteiro turístico mundial tem o receptivo coordenado pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo (Setur). "Nossa temporada começou em dezembro com dois cruzeiros e termina em maio com 13 cruzeiros em 2020, desembarcando em Icoaraci e Belém. Portanto, o trabalho continua sempre melhorando a cada recepção", ressalta o secretário de Estado de Turismo, André Dias.


A ação é articulada com outras instituições, como a Secretaria de Estado de Cultura (Secult), Polícia Militar, Prefeitura Municipal de Belém e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).
No Theatro da Paz, os turistas tiveram uma visita guiada onde conheceram um pouco mais sobre o patrimônio histórico e a elite paraense que viveu na época da borracha. Eles foram surpreendidos com uma apresentação especial, no palco, de um quarteto de cordas que tocou um recital de músicas clássicas. "Great" (ótimo), "Wonderful" (maravilhoso), elogiaram os visitantes.




O americano e planejador urbano aposentado, Bill Oman, que esteve em Belém em 2016, estava ansioso para visitar os atrativos arquitetônicos e históricos da cidade, que completou 404 anos neste último domingo (12). "Gostei tanto que voltei. E, por isso, escolhi um tour cultural, para poder entrar nos teatros e museus", afirma o turista que veio de São Francisco, na Califórnia (EUA).


Foto: Divulgação

A portuguesa e professora aposentada Ana Maria Carolino não perdia a chance de fotografar cada detalhe do monumento arquitetônico. "Estou adorando, é uma maravilha. Me surpreendeu positivamente. É a primeira vez em Belém, muito bonito aqui. O Teatro eu não esperava ser tão bonito como realmente é. Tudo lindo. O teto, o chão e as paredes, as pinturas, adorei", contou entusiasmada.


Turismo

Segundo o titular da Setur, André Dias, o turista de cruzeiro gasta cerca de 100 dólares em compra de souvenirs, artesanatos e passeios em geral. “O navio traz mais de mil pessoas, ou seja, mais de 100 mil dólares são injetados na economia em uma única visita”, prospecta.Para o artesão Rodrigo Miranda, que trabalha há 20 anos como ceramista em Icoaraci, esse novo momento do turismo na cidade dá mais gás e incentivo para quem trabalha com artesanato. "É gratificante. A gente vende pouco artesanato para quem é daqui. O turista que vem de fora do Brasil valoriza mais, eles gostam das cerâmicas com pinturas de araras, pássaros, algo que lembra a floresta. Pra gente, está sendo muito bom, porque nos sentimos valorizados com o nosso produto circulando pelo mundo", diz.


Mas, para impulsionar ainda mais a atividade turística em Belém, a cidade precisa sair do abandono, sobretudo, em estrutura receptiva. O presidente da Companhia de Portos e Hidrovias, Abraão Benassuly, que também participou das boas vindas aos visitantes, afirma que o Estado já trabalha para readequar o porto de Icoaraci.


"Nunca houve nada aqui em Icoaraci, de estrutura, que pudesse proporcionar para o nosso turista conforto e segurança. É um desembarque improvisado. Preocupado com essa situação, o secretário André Dias encaminhou o pedido de estudos pra CPH, para instalarmos uma estrutura adequada para os transatlânticos. O nosso governador já autorizou que iniciássemos os procedimentos para contratação da empresa que fará esse estudo, para assim elaborarmos o projeto e a executarmos a obra", afirma Benassuly.

Temporada de cruzeiros: M/S Volendam traz a Manaus mais de mil turistas

Aproximadamente 1,9 mil turistas, entre passageiros e tripulantes, em sua maioria de nacionalidade norte-americana, desembarcaram na manhã deste domingo, (1°), no Porto de Manaus, Centro, a bordo do M/S Volendam. O navio, que carrega em seu mastro a bandeira da Holanda, integra a Temporada de Cruzeiros 2019/2020 e visita a capital amazonense pela primeira vez.



O receptivo dos turistas foi feito pelos agentes da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), e do Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur). Na ocasião, foram entregues mapas bilíngues e artesanato regional.

Foto: Reprodução/Manauscult
 
De acordo com o diretor de Turismo da Manauscult, João Araújo, a visita é um grande ganho para a cidade, pois há uma movimentação na economia e, consequentemente, geração de renda. “Para nós é uma grande visibilidade, ainda mais que é um navio novo. Os turistas visitarão o Museu da Cidade, o Teatro Amazonas, o mercado municipal Adolpho Lisboa, e vão sentir, na verdade, quem é o povo manauara e a sua hospitalidade. Estão sendo muito bem recebidos aqui”, ressaltou.



A embarcação iniciou viagem na cidade de Fort Lauderdale, na Flórida (EUA), e permanecerá em Manaus até às 16h desta segunda-feira, 2, quando deverá seguir viagem para Parintins, no baixo Amazonas. Em sua primeira vez na cidade, a embarcação receberá uma placa de boas-vindas para registrar a visita. O M/S Volendam deve retornar a Manaus em março de 2020, ainda dentro da temporada de cruzeiros prevista para encerrar em abril.



Aproveitando para conhecer a cidade, a aposentada Linda Schmidt veio do Texas (EUA) para viajar pela primeira vez em um cruzeiro com destino ao Brasil. “Consequentemente, também é a minha primeira vez na Amazônia, que é bem diferente do que eu imaginava e iremos conhecê-la agora. Posso dizer que o que eu mais gosto desse país é das pessoas, pois os brasileiros são muito amigáveis”, afirmou.



Acompanhado dos amigos, o músico chinês Yyte Xu disse estar super empolgado para conhecer os rios amazônicos. “Eu havia escutado falar dos rios e fiquei animado para conhecer. Além disso, também tem a floresta e os animais da região, algo que nunca vi antes e preciso aproveitar que estou aqui para fazer os passeios turísticos”, disse Yyte, que também está vindo ao Brasil pela primeira vez.


Temporada de Cruzeiros



Ainda em dezembro, o M/S Insignia é o próximo da lista, com chegada marcada para a próxima quarta-feira, (4), às 9h. Depois do Natal, é a vez do M/S Seven Seas Mariner atracar em Manaus, no dia 26, onde ficará por um dia. Por último, o Viking Seas chega à cidade no dia 31 e parte no sábado, (1º).



Com programação diversificada, os visitantes conhecem atrativos turísticos do centro histórico, como o Teatro Amazonas, Palácio Rio Negro e Museu da Cidade de Manaus, e percorrem outras belezas naturais da região, como o lago do Janauacá e o Encontro das Águas, além de experimentarem a gastronomia local e participarem de atividades culturais.



A Temporada de Cruzeiros 2019/2020 começou em novembro, e teve como primeiro navio a aportar o M/S Viking Sun, que trouxe mais de 1,3 mil viajantes e ficou por dois dias na cidade. Com encerramento previsto para abril de 2020, a temporada trará a Manaus 12 embarcações no total, em 16 visitas, com mais de 20 mil turistas a bordo.

Pacientes da Santa Casa recebem livros de tripulantes do Navio-Livraria Logos Hope

Tripulantes do Navio-Livraria Logos Hope visitaram pacientes da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém, nesta segunda-feira (25). Os integrantes da maior livraria flutuante do planeta, ancorada no porto da capital paraense, conheceram o trabalho desenvolvido na instituição pelo Comitê de Humanização, que conta com mais de 100 voluntários. A atividade filantrópica do hospital vai ao encontro da missão da embarcação, de levar conhecimento e esperança a milhões de pessoas ao redor do planeta.

Foto:Divulgação/Agência Pará


O grupo acompanhou de perto o trabalho dos voluntários com os acompanhantes e pacientes da pediatria. Com pintura facial e roupas coloridas, a estudante de Enfermagem Jéssica Freitas, 25 anos, integra o Comitê há cerca de um ano. “Às vezes, as crianças ficam com receio dos profissionais vestidos de branco. Com nossas roupas lúdicas, conseguimos fazer a diferença na rotina delas”, ressaltou.  


Maria do Socorro Lopes, 58 anos, sabe da importância do voluntariado. Trigêmea, ela nasceu na maternidade da Santa Casa, e morou com os dois irmãos no antigo abrigo do hospital durante 20 anos. “No início, precisávamos de cuidados constantes, e depois não nos adaptamos à vida com nossos pais biológicos. Sentíamos falta das freiras, chorávamos. Então, a instituição nos acolheu e fomos criadas por elas”, recordou. Três décadas depois, ela retornou à Santa Casa, desta vez como voluntária, doando seu tempo para outros pacientes. “É uma forma de retribuir o carinho que recebemos. É caridade. É amor”, afirmou Maria do Socorro Lopes.


Solidariedade


De acordo com Clévia Dantas, coordenadora do Comitê de Humanização da Santa Casa, a solidariedade é uma das estratégias da Política de Humanização. “É produzir saúde focado no cuidado, na sensibilidade do ser humano. O Comitê busca garantir esse direito”, complementou a coordenadora. O trabalho já é desenvolvido há sete anos e cadastrou cerca de 800 voluntários, entre acadêmicos, servidores, usuários e profissionais.


Foto:Divulgação/Agência Pará

A solidariedade também é um dos pilares na missão do navio Logos Hope. ”A equipe deles vem aqui para trazer livros, música, paz e esperança para os corações aflitos”, disse a coordenadora. O espanhol Kico Chen é de uma das 60 nações representadas na tripulação, e ficou feliz com o trabalho desenvolvido na Santa Casa. “Eles estão salvando vidas, e isso é bom. Deus está com eles”, declarou o missionário.


Os voluntários do “Logos Hope” ficaram sabendo do trabalho do grupo de Humanização da Santa Casa por meio das redes sociais. Na semana passada, um grupo de mulheres escalpeladas foi visitar o navio. Entre elas estava a autônoma Iranilda Magno, 47 anos, que sofreu o acidente aos 10  anos, e até hoje faz tratamento para amenizar as sequelas do escalpelamento. Ela disse que gostou muito de conhecer a embarcação. “Eles nos trataram muito bem. Acho que gostaram daqui também. É uma casa que acolhe e luta pela saúde das pessoas”, disse Iranilda Magno.


O navio ficará aberto à visitação até o próximo dia 27 (quarta-feira). Além das vítimas de escalpelamento, está programada para esta terça-feira (26) uma visita às crianças em tratamento no Serviço de Terapia Renal Substitutiva, que fazem sessões de hemodiálise semanalmente na Santa Casa.


Navio com 1,3 mil turistas abre Temporada de Cruzeiros no Amazonas

Neste domingo (03), por volta do meio-dia, o primeiro cruzeiro do período, o M/S Viking Sun, de bandeira norueguesa, aportou em Manaus com aproximadamente 1.330 visitantes, incluindo membros da tripulação e turistas norte-americanos, filipinos, brasileiros, suecos e ingleses.


No Porto de Manaus, zona sul, os cruzeiristas foram recepcionados com um pocket show de boi bumbá, com as toadas inesquecíveis dos bois Caprichoso e Garantido, e ainda receberam os brindes e materiais promocionais distribuídos pelos técnicos da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).


De acordo com a presidente da Amazonastur, Roselene Medeiros, a temporada representa um aumento de 15,47% no número de turistas, em comparação com a temporada passada, que teve a passagem de 17.797 turistas em 15 transatlânticos.


“São mais de 20 mil turistas que vão aportar durante a temporada. Isso mexe com toda a cadeia do turismo, como transportadoras, agências de viagem, cultura, gastronomia. A economia pulsa com esse turista que vem ao nosso estado. São navios maiores nesta temporada”, disse a presidente.
Foto:Divulgação/Governo do Amazonas

Para Roselene, é importante a união dos órgãos do Governo e da Prefeitura para recepcionar bem o turista que chega a capital.


“Nós estamos abrindo a temporada com muita alegria. Todos os órgãos envolvidos estão aqui para receber os turistas de braços abertos. É muito importante a nossa união com o pessoal da Cultura. A secretaria está oferecendo a esse turista oportunidade de conhecer o Teatro Amazonas, de ver um espetáculo dentro do teatro. Contamos com a parceria da Secretaria de Segurança, porque é importante o turista se sentir seguro na cidade, para quando ele sair daqui, fazer a propaganda de que Manaus é segura, de que o estado é seguro”, finalizou Roselene.


Turismo


Segundo o operador de receptivo turístico Lucas Barros, o trabalho da Amazonastur em parceria com a iniciativa privada estimulou a vinda dos cruzeiristas para o estado.


“A gente tem percebido que a cada temporada tem melhorado, recebendo navios maiores, de turistas de mais qualidade, cruzeiros de alto luxo, com visitantes de maior poder aquisitivo, que chegam gastam tanto na cidade quanto nos passeios. O trabalho em parceria com a Amazonastur tem dado muito certo, e já estamos com uma expectativa muito boa de crescimento para a próxima temporada”, avaliou o operador.


Pela primeira vez navegando pelo Amazonas, o turista norte-americano de Minnesota, Jim Dalah, disse que ficou impressionado com a grandeza do rio Amazonas. “Fiquei muito apaixonado desde o primeiro momento em que entramos no estado do Amazonas, com toda a floresta, a grandeza do rio Amazonas. Agora, vamos fazer um passeio que vai incluir uma visita com os golfinhos, uma plantação de seringueiras, e city tour por Manaus. Estou maravilhado”, comentou o turista.


Navio


O próximo navio cruzeiro a atracar em Manaus será o M/S Volendam, trazendo para o estado aproximadamente 2 mil visitantes, entre tripulantes e turistas, no dia 1º de dezembro.


As embarcações desta temporada também passam por Parintins e na Boca da Valéria, comunidade rural de Parintins.


Na temporada 2018/2019, 15 navios passaram pelo Amazonas, transportando mais de 17 mil turistas, que injetaram na economia aproximadamente R$ 10 milhões.


Programação


Durante os dois dias de passagem pela capital amazonense, os turistas farão diversas programações turísticas nos atrativos da Região Metropolitana de Manaus (RMM), como visitas às comunidades de Acajatuba, Janauary, Vila Paraíso, do Guedes, em Iranduba; ao Teatro Amazonas e ao Mercado Municipal Adolpho Lisboa; ao Museu da Cidade de Manaus; ao Encontro das Águas, entre outros roteiros.


Boas vindas


A direção do navio receberá, nesta segunda-feira (04), a placa de boas-vindas à Cidade de Manaus pela primeira viagem realizada por rios amazonenses. O cruzeiro fica até as 18h desta segunda na capital amazonense, de onde partirá para Recife (PE).


Público poderá visitar (de graça) os navios da Marinha e Parada Naval neste fim de semana, em Manaus

A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN), realizará visitação pública aos Navios e Parada Naval, neste fim de semana (8 e 9), em comemoração ao 154º Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo - Data Magna da Marinha. As exposições serão realizadas em Manaus.

Navio Logos Hope traz a maior livraria flutuante do mundo à Belém

Belém, no Pará, é uma das cinco cidades brasileiras que receberão a maior livraria flutuante do mundo, o Logos Hope. A previsão para que o navio atraque na cidade das mangueiras é 18 de novembro. Antes disso, a embarcação visita Santos, Rio de Janeiro, Vitória e Salvador. 

Navio hospitalar da Marinha partirá de Manaus para atender ribeirinhos no Acre e Amazonas

O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) 'Doutor Montenegro', da Marinha do Brasil, partirá de Manaus nesta terça-feira (8), às 10h, do Cais da Estação Naval do Rio Negro, com destino ao município de Cruzeiro do Sul, no Acre, para iniciar a 19ª edição da 'Operação Acre'.

Rio Branco comemora 136 anos de criação; conheça 10 curiosidades sobre a capital

Durante quatro meses, o navio percorre comunidades ribeirinhas localizadas nos estados do Acre e Amazonas oferecendo consultas médicas e odontológicas; exames clínicos e laboratoriais; cirurgias de pequeno porte; pré-natal; exames de mamografia e raio-x; palestras educativas; distribuição de medicamentos; e atenção farmacêutica.
 
Foto: Divulgação/Marinha do Brasil

Navio da Marinha tem visitação aberta ao público até esta terça-feira em Belém

O Navio Patrulha OceânicoApa” da Marinha do Brasil está atracado no porto de Belém (PA) para visitação aberta ao público até esta terça-feira (25).

Para visitar a embarcação o público deve ir de 13h30 às 17h30 no cais da escadinha da Estação das Docas.  O navio abriga uma helicóptero do tipo esquilo, além de uma tripulação de 105 militares.
Foto: Divulgação/Marinha do Brasil
O navio, que faz parte do  Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, sediado no Rio de Janeiro, participou recentemente da operação UNITAS-LIX/2018, onde Marinhas de outros países realizaram um exercício militar na Colômbia com o objetivo de incrementar a interoperabilidade e os laços de cooperação e amizade.

Entre as Marinhas parceiras estavam a da Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Estados Unidos da América, Peru, Equador, México, Reino Unido, Honduras e Costa Rica.

No Amapá, navio petroleiro encalha e apresenta risco de acidente ambiental

Um navio petroleiro Wisby Atlantic carregado com aproximadamente 50 milhões de litros de petróleo encalhou no Amapá e deixou autoridades em alerta, nesta terça-feira (15). A embarcação se chocou contra um banco de areia na localidade de Ilha das Pedreiras, no Rio Amazonas.

Navio Hospital Oswaldo Cruz abre para visitação em Porto Velho

Ancorado no porto da Praça da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, o Navio Hospital Oswaldo Cruz está com visitação aberta nesta quarta-feira (14) em Porto Velho (RO). As visitas podem ser feitas até as 14h.

Polícia do Pará indicia duas pessoas por acidente com navio cargueiro

A Polícia Civil do Pará indiciou nesta segunda-feira (8) o imediato (função logo abaixo de comandante) Raimundo Cruz e o prático Flávio Lins Barbosa pelo acidente com um empurrador da empresa Bertolini e o navio cargueiro Mercosul Santos. O acidente ocorreu em agosto do ano passado, nas proximidades de Óbidos, no Pará. Os dois são acusados pelo descumprimento de regras que orientam a navegação de embarcações de propulsão mecânica.
De acordo com a Polícia Civil, o indiciamento está baseado em cinco meses de investigação, depoimentos e áudios captados pelo sistema registrador de dados do navio. Os áudios não mostram comunicação entre o empurrador e o navio.
A falta de contato e os equívocos de interpretação por parte dos profissionais que conduziam o navio cargueiro Mercosul Santos teriam sido determinantes para a colisão e naufrágio. Nove pessoas que estavam no empurrador morreram no acidente.
Foto: Divulgação / Redes Sociais
Raimundo Cruz e Flávio Lins vão responder por crimes relacionadas à navegação marítima e fluvial. A pena pode chegar a 12 anos de reclusão. O inquérito agora segue para o Ministério Público Estadual do Pará.
A reportagem procurou as empresas Bertolini e Mercosul, onde os acusados trabalhavam, mas não obteve retorno até a publicação.

Temporada de cruzeiros: mais de 5 mil turistas devem conhecer Manaus este mês

Treze navios devem passar por Manaus (AM) na temporada de cruzeiros 2017/2018 até maio deste ano. O primeiro a chegar foi o M/S Sirena Oceania Cruises, que trouxe 970 turistas. Até o fim da temporada, mais de 21 mil turistas terão visitado a capital amazonense.

Navio M/S Criystal Serenity chega a Manaus

Dando continuidade à Temporada de Cruzeiros 2017/2018, o Navio M/S Criystal Serenity atracará no Porto de Manaus nesta quarta-feira, (08), às 8h, com aproximadamente 1,6 mil passageiros a bordo, entre turistas e tripulantes. A embarcação ficará em Manaus até às 17h desta quinta-feira, (9), quando partirá para Santarém (PA).

Foto: Divulgação

A última passagem do navio pela capital amazonense foi em março deste ano. O receptivo dos turistas na cidade será feito pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) em parceria com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), além da Polícia Militar. Na ocasião serão prestadas orientações, além da distribuição de guias bilíngues e artesanato indígena por agentes dos Centros de Atendimento ao Turista (CATs).

M/S Astoria abre Temporada de Cruzeiros em Manaus

Abrindo a Temporada de Cruzeiros 2017/2018, o navio M/S Astoria atracará nesta sexta-feira, (22), no Porto de Manaus. Esta será a primeira vez que o navio passará pela capital, trazendo a bordo, aproximadamente, 570 pessoas, entre turistas e tripulação. O M/S Astoria é proveniente de Marselha, na França, e chegará na cidade às 13h30 e permanecerá até às 17h30 do sábado (23), quando seguirá para Point-a-Pitre, Guadalupe e Caribe.
Foto: Divulgação

Tendo o francês como idioma dominante e estando pela primeira vez em Manaus, o comandante da embarcação receberá uma placa de boas-vindas. O receptivo dos turistas que desembarcarão será feito pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), em parceria com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), além da Polícia Militar. Na ocasião serão prestadas orientações e distribuídos guias bilíngues e artesanato indígena por agentes dos Centros de Atendimento ao Turista (CATs).

Ao todo, nesta temporada, 18 navios passarão por Manaus até maio de 2018. O último navio será o M/S Bremen. Além do MS/Astoria, os navios M/S Viking Sea, M/S Viking Sky, M/S Albatros e M/S Silver Muse também visitarão Manaus pela primeira vez. A última Temporada de Cruzeiros, que iniciou em novembro de 2016 e encerrou em maio deste ano, trouxe 20 embarcações, com quase 24 mil turistas.

Buscas por desaparecidos em naufrágio no Pará têm novo prazo

Foto:Reprodução
Terminou nessa quarta-feira (16) o prazo dado pela Defesa Civil do Pará para que as empresas envolvidas no naufrágio entre um empurrador e um navio apresentem o plano de buscas pelos desaparecidos e retirada da embarcação do fundo do rio Amazonas. Até agora nada foi definido.

O acidente ocorreu na madrugada do dia 2 de agosto. Um empurrador da Transportes Bertollini colidiu com um navio da Mercosul Lines, próximo ao Porto de Óbidos, no Pará.

Duas pessoas conseguiram se salvar e foram levadas à Santarém. Outras nove continuam desaparecidas.

Na semana passada, a Defesa Civil e as duas empresas assinaram um acordo que estabelecia que até o dia 16 seria apresentado um plano detalhado de resgate. Além disso, as empresas se comprometeram a prestar atendimento às famílias dos desaparecidos.

Como as empresas não cumpriram o prazo, uma nova reunião será marcada para esta quinta-feira (17) para que sejam dados os devidos esclarecimentos. Estarão presentes representantes da Bertollini, da Mercosul Lines e da Defesa Civil e familiares dos desaparecidos.No dia 8, mergulhadores do Corpo de bombeiros encontraram corpos próximos ao local do naufrágio, mas ainda não foram identificados. No último domingo (13), o navio seguiu viagem para Manaus, mas o empurrador ainda está no fundo do rio.

Na segunda-feira (14), familiares dos desaparecidos fizeram protestos em frente a sede do Ministério Público Federal (MPF) em Santarém e, na terça-feira (15), bloquearam um trecho da BR-163 pedindo respostas às autoridades.

A Bertollini afirmou, em nota, que está avaliando as propostas de resgate e explicou que quando a empresa for definida apresentará o plano de resgate para a Capitania dos Portos. Os detalhes devem ser resolvidos na reunião desta quinta-feira.*Deixe o Portal Amazônia com a sua cara. Clique aqui e participe.

Visitação pública em navios é aberta pela Marinha no Amazonas

Visitas aos navios poderão ser realizadas dias 10 e 11. Foto: Divulgação/Marinha
O Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN) da Marinha, abrirá para visitação pública o Navio-Patrulha Fluvial (NPaFlu) Amapá e o Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) Oswaldo Cruz, neste sábado (10) e domingo (11). A visitação acontecerá no horário de 9h às 17h, no Porto de Manaus, localizado na Rua Taqueirinha, n°.25, no Centro da capital amazonense.

Segundo a Marinha, a atividade faz parte das comemorações dos 152 anos da Batalha Naval do Riachuelo. Durante os dias de visitação, a população terá a oportunidade de conhecer as instalações dos navios, a rotina marinheira, além das atividades da Marinha na Amazônia Ocidental. As informações são do G1 Amazonas. 

Navio M/S Hanseatic retorna a Manaus com mais de 250 turistas

Foto: Ingrid Anne/Manauscult
Pela segunda vez em Manaus, o navio M/S Hanseatic retorna nesta quinta-feira (4), às 9h, com 273 pessoas, entre turistas e tripulantes. No receptivo aos turistas desta Temporada de Cruzeiros, equipes da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) trabalharão em conjunto com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e os Centros de Atendimento ao Turista (CATs), entregando guias bilíngues e artesanatos indígenas aos viajantes.

A Polícia Turística do Amazonas (Politur) será responsável por garantir a segurança durante o desembarque. Depois de Manaus a embarcação seguirá viagem para Parintins (AM). Este é o penúltimo navio da Temporada de Cruzeiros 2016/2017, que encerra dia 4 de junho com a chegada do M/S Seven Seas Cruises. Vinte navios já passaram por Manaus nessa temporada e trouxeram aproximadamente 20 mil turistas.

Navio MS Veendam chega em Manaus com mais de 1,5 mil turistas

O navio MS Veendam atraca no Porto de Manaus, às 10h, desta sexta-feira (10), no centro da cidade, com mais de 1.593 mil pessoas entre passageiros e tripulantes. Essa é a 14ª embarcação da 'Temporada de Cruzeiros 2016/2017' e a primeira do mês de março. Pesando 57.092 toneladas, o navio fica na capital amazonense até sábado (11). 
Navio segue viagem no sábado (11). Foto: Divulgação
Vindo do Rio de Janeiro, a embarcação segue para Parintins (AM), Alter do Chão (PA), finalizando em Santa Lúcia, no Caribe. Para o receptivo do Cruzeiro, a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) distribuirão material informativo sobre a cidade e sobre os Centros de Atendimento ao Turista (CATs).

São guias e mapas bilíngue, além de artesanato indígena que também serão entregues. Ainda compondo a equipe de recepção, a Polícia Turística do Amazonas (Politur) faz a orientação dos turistas e a segurança do local.

O Veendam desembarcou em Manaus há quatro anos, mas essa é a primeira vez que receberá a placa de boas vindas, oficializando a estreia da embarcação na temporada. Até junho, outros sete navios passarão pela cidade.  

Ao menos 2,4 mil turistas chegam a Manaus

O navio é o segundo maior da Temporada de Cruzeiros 2016/2017 e trouxe a bordo 2.466 turistas, entre passageiros e tripulantes.