Manaus 30º • Nublado
Quinta, 11 Agosto 2022

Greve de professores atinge 90% das escolas do Amapá, diz sindicato

A greve de professores no Amapá, iniciada há nove dias, já interrompeu as aulas em 90% das escolas na capital e no interior, de acordo com o Sinsepeap, Sindicato dos Servidores Públicos em Educação. Os trabalhadores querem reajuste salarial de, pelo

Após greve no AP e AM, profissionais da educação de MT suspendem aulas em mais de 300 escolas

Cerca de 42% das escolas de Mato Grosso estão sem aula por causa da greve dos profissionais de educação. São aproximadamente 322 escolas paralisadas. Os profissionais da educação do Amapá e Amazonas também já entraram em greve, ainda neste mês, reivi

Profissionais da educação no Amapá suspendem aulas por falta de reajustes salariais

Profissionais da educação da rede pública no Amapá suspenderam as aulas em protesto contra a falta de reajustes salariais, nesta segunda-feira (27). Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá (Sinsepeap), que mobiliza a paralisa

Após greve, aulas na rede estadual de ensino do AM são retomadas nesta segunda-feira

Em assembleia geral, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado decidiu pelo fim da greve que durou 40 dias. Nesta segunda-feira (27), as aulas no Estado serão retomadas e a categoria pretende encaminhar para a Secretaria de Educação uma pro

Professores do Amazonas permanecem em greve após reunião sem acordo

Os professores da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc) decidiram manter a greve da categoria após reunião sem acordo com o governo do Estado. A categoria está em greve desde o dia 15 de abril e pede 15% de reajuste salarial. A propost

Professores do Amazonas decidem encerrar greve

Após duas semanas em greve, os profissionais da educação do Amazonas voltam ao trabalho nesta segunda-feira (9). As informações são da Agência Brasil. A Assembleia Legislativa do estado aprovou, na última sexta- feira (6), 27,02% de reajuste salarial

Greve dos professores da rede pública estadual do Amazonas continua

Apesar da decisão judicial da última sexta-feira (23), as aulas ainda estão suspensas nas escolas onde os professores aderiram à greve. Isso porque a determinação foi da suspensão do movimento grevista liderado pelo Sindicato dos Professores e Pedago