Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 31 Outubro 2020

Para você que chegou até aqui

Neste período, o mundo mudou talvez para sempre, e alguns de nós mudamos também. Talvez para melhor. O responsável por tudo isto, por ironia do destino, foi um elemento invisível

Siga o seu Coração

"Tenha coragem de seguir o seu coração e a sua intuição", diria Jobs.

Das Metas às Ações

Um plano de ação nada mais é do que um exercício de fazer escolhas e de responder a perguntas, na maior parte, para nós mesmos.Há ferramentas sofisticadas para isto, mas na sua essência, é algo muito simples.

Metas: a materialização dos sonhos

É conhecido o conceito de que metas devem corresponder a sigla SMART (que em inglês, significa: específica, mensurável, alcançávelrealizável e temporal)Uma boa meta deve contemplar todos estes aspectos.

Sonhos: viver e deixar viver

Há pessoas, porém, que têm muita dificuldade em sonhar. Sentem uma espécie de bloqueio, como se dissessem a si mesmas que não vão conseguir, que não é para elas, que não merecem, ou algo assim.

A construção começa no invisível

Se pretendemos escolher a semente que brotará no futuro, precisamos incialmente sonhar e nos permitir, ainda no plano invisível, vivenciar a realidade que um dia queremos ver materializada.

Como se livrar das dívidas

Há as dívidas geradas por um negócio mal sucedido ou dificuldades por doença, desemprego prolongado, ou por acontecimentos a que todos estamos sujeitos e que não estão sob o nosso controle. No entanto, há aquelas que foram criadas na nossa esfera de domínio.

Dívidas com sentimentos

Se você quer se livrar de dívidas, comece relacionando-as por escrito. Classifique estas dívidas e priorize fortemente as pessoas físicas, aqueles credores que têm sentimentos. 

Boas empresas têm um orçamento, e você?

Desistindo das metáforas e tentando ser o mais claro possível, diria então, de forma contundente, no estilo Nelson Rodrigues: dinheiro desorganizado, dinheiro no ar e dinheiro na cabeça é o dinheiro que não está escrito.

Dinheiro Organizado e Dinheiro Desorganizado

Para o pensador Mokiti Okada, a desarmonia que percebemos é aparente, sendo apenas uma questão de ponto de vista. Segundo este Princípio, no Universo tudo está em harmonia. E isto se aplica a todos os setores. Também se aplica ao dinheiro.

Terceira esfera – O uso do dinheiro

O economista espanhol Joan Melé, ex-diretor do Triodos Bank, em seu livro Dinheiro e Consciência, destaca que há três formas de usarmos o dinheiro. Podemos gastá-lo, investi-lo ou doá-lo.

Dinheiro traz felicidade?

Alguns estudos ainda mostram que o dinheiro, em uma determinada faixa, não traz mais felicidade, embora reduza a tristeza e a insegurança. 

A segunda roda da engrenagem: Como é a sua relação com o dinheiro?

Mas, afinal, existe o que poderia ser chamado de mais nobre nas motivações de cada um? Quem poderia dizer o que é mais justificável?Existiria uma motivação mais correta do que outra? Quem definiria este critério de valor?

O trabalho humano um dia vai acabar?

Como será o trabalho no futuro? Mais importante do que isso: como será o trabalhador do futuro?

O Propósito Precisa Ser Criado e Cultivado

"Qual a sua causa? Qual o seu propósito? Não o de seu marido, mulher, pai, mãe, professor, pastor, padre ou chefe. Qual o seu?"

Qual o Propósito do seu Trabalho?

"E o que é o Propósito? É algo que toca a nossa alma, que faz vibrar o nosso coração e que nos dá um sentido do por que fazemos o que fazemos."

Qual é a sua missão?

"Além da Missão comum a todos os homens, há a Missão específica, individual, em que a minha é diferente da sua."

Trabalho, Missão e Propósito

"Posso atribuir uma Missão a alguém, mas não posso atribuir um Propósito, que precisa ser desenvolvido por ela mesma."

Por que você trabalha?

"É uma pergunta simples, mas capaz de gerar importantes reflexões, assim como respostas muito diferentes."

Créditos e débitos invisíveis

"Então, o que gera crédito ou débito nesta contabilidade invisível para o nosso merecimento em relação ao dinheiro? Meus estudos demonstraram que existem três fatores decisivos"