Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quinta, 13 Mai 2021

Ufac entrega donativos para vítimas de enchentes no interior do estado

Donativos foram recebidos nos municípios de Sena Madureira, Santa Rosa do Purus e Cruzeiro do Sul

Em Belém, famílias atingidas por incêndio recebem doações

Ao todo, 17 famílias ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido

Escola de MT cria “mesa solidária” com doações às pessoas que passavam pela rua

A comunidade escolar acolheu a ideia que tem continuamente contribuído com a doação de alimentos, brinquedos, vestimentas, calçados, entre outros itens

ONG cria corrente virtual para ajudar população ribeirinha em Porto Velho

Para continuar ajudando as comunidades, os voluntários criaram um financiamento coletivo, por meio de uma vaquinha virtual, para prestar apoio emergencial aos ribeirinhos de São Carlos do Jamari, Cavalcante, Resex Lago do Cuniã e Nazaré

Amazonas recebe mais de 140 mil equipamentos de proteção e materiais de empresas privadas

Dentre os itens doados estão máscaras, aventais, colchões, travesseiros, fronhas e lençóis. As doações vão auxiliar no enfrentamento ao novo coronavírus no Estado.

Time Enactus e Oficina de Criação da UFPA criam campanha de arrecadação para combater a Covid-19

A iniciativa visa arrecadar fundos para ajudar na prevenção da contaminação e ainda gerar renda para comunidades em vulnerabilidade socioeconômica.

#BoraAjudarManinho: projeto arrecada cestas básicas em Manaus

O #BoraAjudarManinho ganhou o apoio de vários artistas, locais e nacionais, como por exemplo, Chitãozinho, Mariana Xavier, Israel Paulain, Robson Nunes e Márcio Braga

Alunos do Marajó fazem campanha de arrecadação de alimentos para doar a famílias em situação de vulnerabilidade

Além das doações, os alunos levam informações à população, orientando como devem se prevenir e evitar o contágio do novo coronavírus.

Covid-19: rivais, Remo e Paysandu se unem para clássico solidário

A campanha terá início às 9h nos estádios dos clubes - Baenão (Remo) e Curuzu (Paysandu) - que estarão abertos para receberem doações

Solidariedade move paraenses a contribuir com moradores de rua abrigados no Mangueirão

Quem ainda estiver interessado em doar, pode se dirigir ao portão do estacionamento B2 do Mangueirão, todos os dias, de 8h às 18h

Governo quer autonomia para gerir doações em prol da Amazônia

O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta terça-feira (27) que, caso o governo federal aceite doações de organismos internacionais e de outros países, a gestão dos recursos e da ajuda material deverá ser feita pelo próprio governo brasileiro.


"Quaisquer recursos advindos do exterior, em benefício do combate de queimadas e desmatamento, são bem-vindos, mas gostaria de reforçar que é essencial, de quem venha a promover essa doação, o entendimento de que a governança desses recursos, financeiros ou de reposição de materiais e ferramentas, é do governo brasileiro", disse Rêgo Barros, em entrevista a jornalistas.
Foto:Divulgação/Agência Brasil

Em nota divulgada na noite de segunda-feira (26),  o Ministério das Relações Exteriores destaca que países ricos descumpriram acordos sobre financiamento para preservação da Floresta Amazônica. O Itamaraty pede mais engajamento dos países nos acordos já vigentes.


Em reunião ocorrida nesta segunda-feira, em Biarritz, na França, os líderes dos países do G7 concordaram em liberar US$ 20 milhões (cerca de R$ 83 milhões) para ajudar a conter as queimadas na Amazônia, sendo a maior parte do dinheiro para o envio de aeronaves de combate a incêndios florestais. O G7 é formado por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido. 


O presidente Jair Bolsonaro e ministros se reuniram hoje com governadores da Amazônia Legal, que pediram que o Brasil retome a cooperação internacional que viabilize mais recursos para a região. No encontro, no Palácio do Planalto, foram discutidas as ações de combate às queimadas nas áreas de floresta.


Segundo o governo federal, uma série de propostas será apresentada ao presidente Bolsonaro na próxima quinta-feira (29). Elas serão consolidadas pelo ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) levando em consideração as sugestões apresentadas pelos governadores da Amazônia Legal, segundo o porta-voz. As medidas podem incluir questões relacionadas à regularização fundiária e regulamentação de atividades extrativistas em unidades de conservação e terras indígenas.


Foto:Valter Campanato/Agência Brasil


A retomada do Fundo Amazônia foi reivindicada pelos governadores. A iniciativa foi paralisada pelos governos da Noruega e da Alemanha, principais doadores, após impasse na negociação de mudanças na gestão do fundo pretendidas pelo governo brasileiro. O Fundo Amazônia é o maior projeto de cooperação internacional para preservação da área florestal, que abrange alções em mais de 4,1 milhões de quilômetros quadrados (km²) e dispõe de cerca de R$ 3,4 bilhões em recursos financeiros. "Isso faz parte do estudo, vamos ver a partir da quinta-feira, como o governo federal brasileiro vai enxergar essa evolução ou não do tema [Fundo Amazônia]", disse Otávio Rêgo Barros.


O porta-voz respondeu a uma declaração do governador do Maranhão, Flávio Dino, que disse, durante a reunião com o presidente e os demais governadores da Amazônia Legal, que não é o momento "de rasgar dinheiro". "O governo não rasga dinheiro e não rasgará. Não é uma coisa adequada em um governo que tem a austeridade como princípio maior", afirmou Rêgo Barros.


Campanha solidária do McDonald’s recebe doações para o GACC no Amazonas

Foto: Divulgação
O McDonald’s lançou esta semana a campanha McSolidário para arrecadar fraldas e itens de higiene pessoal para serem doados ao Grupo de Apoio a Criança com Câncer do Amazonas (GACC-AM). A campanha vai até o dia 14 de janeiro e as doações podem ser entregues nos quatro restaurantes do McDonald’s em Manaus: na Avenida Djalma Batista, Amazonas Shopping, Manauara Shopping e Shopping Ponta Negra.

Os produtos da lista de doações foram definidos pelo próprio GACC, a partir das necessidades da entidade. O GACC é uma instituição sem fins lucrativos que apoia crianças e adolescentes com câncer por meio de serviços de Psicologia, Nutrição, Serviço Social, Pedagogia, Fisioterapia e atividades de lazer. A entidade realiza, hoje, cerca de três mil atendimentos por mês.

Entre os itens que podem ser doados para a campanha McSolidário estão: sabonete, creme dental infantil e adulto, pomada para assadura, lenço umedecido, colônia infantil, antisséptico bucal, fraldas infantis (grande e extra grande) e geriátricas (média e grande).

Essa ação integra as atividades da 'Gincana Bom Vizinho', que visa conscientizar os colaboradores do McDonald’s sobre a importância da responsabilidade social, não apenas dentro da empresa como também fora. É também uma oportunidade de desenvolvimento profissional e pessoal do funcionário. O programa está na 14ª edição e já foram mais de 80 mil atividades realizadas em todo o país.

De acordo com o consultor do McDonald’s em Manaus, Oziel Andrade, a rede já possui uma parceria com o GACC-AM e essa nova campanha vem para reforçar esse trabalho solidário e em conjunto.