Manaus 30º • Nublado
Terça, 09 Agosto 2022

Bonde – Importante Meio de Transporte de uma Manaus Moderna

Foi no Governo de Eduardo Ribeiro, o grande urbanista, promulgado em 24 de agosto de 1895 a Lei nº. 124, pela qual é efetuada concorrência pública para a instalação dos bondes.


TV Amazonas começa a ocupar a Amazônia – Rondônia

Grupo Rede Amazônica a caminho de seus 50 anos.

Retalhos Históricos de Luciano Dias Marques

Mercearia A Renascença 

O jornalismo de ontem e de hoje!

Grupo Rede Amazônica á caminho dos 50 anos!

Atlético Rio Negro Clube

Museu mostra o sonho de garotos que se fez realidade!

Nazira Chamma Daou - Eterna Madrinha da Rede Amazônica

Grupo Rede Amazônica a caminho dos 50 anos.

Memória histórica do Colégio Progresso Paraense

Foi nesse Tradicional Colégio Progresso Paraense que outrora pertencera a Julia Barjona Labre, que estudou os adolescentes Israel Benchimol, Rafael Benchimol e Samuel Benchimol em Belém do Pará. 

A Rede Amazônica ao vivo no Domingão do Faustão

Rede Amazônica pela primeira vez ao vivo no Domingão do Faustão, no largo de São Sebastião.

Júlia Barjona Labre – Tributo a uma Mestra

A professora Júlia Barjona Labre, mestra de tantos alunos ilustres, como Phelippe Daou e Milton Cordeiro.

Edna Frazão Ribeiro: o glamour da primeira Miss Amazonas 1929

"A diretoria do Atlético Rio Negro Clube desdobrava-se para providenciar uma recepção especial à nossa Miss Amazonas, Edna Frazão Ribeiro, correspondendo, assim, ao merecimento da homenageada"

A Maçonaria e a Libertação dos Escravos no Amazonas

 
No dia 10 de julho de 1884 foi decretada, por um maçom que governava a Província do Amazonas, o doutor Theodureto Carlos de Faria Souto, extinção da Escravidão. 

Os primórdios da programação esportiva no Amazonas

Grupo Rede Amazônica a caminho dos cinquenta anos

Manaus da minha infância

 
 

Recordar é viver, lembranças do centro da cidade de Manaus.

João Carlos Antony: um nome na história do Amazonas

 João Carlos Antony foi um importante membro da Maçonaria Amazonense, tendo participado efetivamente do processo abolicionista do Amazonas em 1884.

Comida Cabocla, uma questão de identidade na Amazônia

Desde uma perspectiva fotoetnográfica no olhar de Miguel Picanço 

Jornalista Phelippe Daou – O homem e a árvore

Grupo Rede Amazônica a caminho dos cinquenta anos

Edson Paiva – Uma história no Rádio e na TV

Narrativas históricas de ontem

Rede Amazônica quase meio século colorindo à Amazônia

O memorável dia da inauguração

A matriarca Nina Siqueira Benchimol – Uma grande mulher

Sua ação, à luz da sabedoria, nos revela uma mulher forte e até nos ensina pela força de sua inteligência do conhecimento de trabalho e de amealhar recursos da forma de seu esforço.

Amazonas, 10 de julho de 1884: A Segunda Província a abolir a escravatura quatro anos antes da Lei Áurea

Este fato histórico ocorreu à 137 anos na Praça 28 de setembro, hoje Praça Heliodoro Balbi.