Arte

Belém recebe exposição da coleção de Joias 'Revoada'

Ao total, são 81 peças, entre brincos, pingentes, anéis e pulseiras, em prata, combinadas com gemas, como granadas, quartzo róseo, entre outros

Portal Amazônia, com informação Agência Pará

jornalismo@portalamazonia.com


A tradição dos Pássaros Juninos de Belém como Tucano, Bem te Vi e outros grupos do Pará recebe uma homenagem na exposição de Joias intitulada 'Revoada' do designer José Leuan, que abre nesta quinta-feira, 16, a partir das 17h, no Espaço São José Liberto, com entrada franca.  

A mostra foi contemplada no Prêmio de Produção e Difusão Artística do Programa Seiva da Fundação Cultural do Estado do Pará – FCP. Ao total, são 81 peças, entre brincos, pingentes, anéis e pulseiras, em prata, combinadas com gemas, como granadas, quartzo róseo, madrepérola e citrino, sendo que algumas peças foram produzidas com a técnica de incrustação paraense.

 

 

 

Foto: Divulgação

 


Para o artista esta exposição pelo Programa Seiva da FCP é a realização de um sonho. “Me inscrevi para concorrer o edital por incentivo de uma design e fiquei muito animado em ser contemplado, pois por meio dele realizei um dos meus sonhos”, comemora o jovem artista de apenas 21 anos.

Inspiração


O professor de Literatura José Maria Damasceno é uma grande referência para José Leaun. “Meu pai José Maria sempre me levou para assistir as apresentações de Pássaros Juninos no bairro da Cremação. Eu tinha apenas 7 anos e ficava encantado e ainda me encanto com esta manifestação popular”, comenta.

Alguns anos depois, após ver uma notícia sobre a manifestação popular, o designer disse que sentiu vontade de fazer algo relacionado ao tema. “Redescobrir o Pássaro Junino só fez aumentar a minha paixão pela manifestação. Eu vi nas Joias, a oportunidade de falar deles com todo o brilho que eles merecem”, pontua.

A escolha do Espaço São José Liberto para o lançamento e exposição da “Coleção Revoada” não é por acaso, já que foi na instituição que Leuan iniciou as suas atividades no ramo da joalheria. “Convivendo com esse meio, surgiu a vontade de ter uma exposição minha no espaço, então realmente, o fato do São José Liberto ter me dado esse apoio foi de muita importância pra eu conseguir realizar esses meus sonhos”, comemora.

A exposição de Joias “Revoada” é uma realização do Governo do Pará por meio da Fundação Cultural do Pará com o apoio do Instituto de Gemas e Joias do Pará, organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, por meio da Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia.


Arte

Belém recebe exposição da coleção de Joias 'Revoada'

Ao total, são 81 peças, entre brincos, pingentes, anéis e pulseiras, em prata, combinadas com gemas, como granadas, quartzo róseo, entre outros

Portal Amazônia, com informação Agência Pará

jornalismo@portalamazonia.com


A tradição dos Pássaros Juninos de Belém como Tucano, Bem te Vi e outros grupos do Pará recebe uma homenagem na exposição de Joias intitulada 'Revoada' do designer José Leuan, que abre nesta quinta-feira, 16, a partir das 17h, no Espaço São José Liberto, com entrada franca.  

A mostra foi contemplada no Prêmio de Produção e Difusão Artística do Programa Seiva da Fundação Cultural do Estado do Pará – FCP. Ao total, são 81 peças, entre brincos, pingentes, anéis e pulseiras, em prata, combinadas com gemas, como granadas, quartzo róseo, madrepérola e citrino, sendo que algumas peças foram produzidas com a técnica de incrustação paraense.

 

 

 

Foto: Divulgação

 


Para o artista esta exposição pelo Programa Seiva da FCP é a realização de um sonho. “Me inscrevi para concorrer o edital por incentivo de uma design e fiquei muito animado em ser contemplado, pois por meio dele realizei um dos meus sonhos”, comemora o jovem artista de apenas 21 anos.

Inspiração


O professor de Literatura José Maria Damasceno é uma grande referência para José Leaun. “Meu pai José Maria sempre me levou para assistir as apresentações de Pássaros Juninos no bairro da Cremação. Eu tinha apenas 7 anos e ficava encantado e ainda me encanto com esta manifestação popular”, comenta.

Alguns anos depois, após ver uma notícia sobre a manifestação popular, o designer disse que sentiu vontade de fazer algo relacionado ao tema. “Redescobrir o Pássaro Junino só fez aumentar a minha paixão pela manifestação. Eu vi nas Joias, a oportunidade de falar deles com todo o brilho que eles merecem”, pontua.

A escolha do Espaço São José Liberto para o lançamento e exposição da “Coleção Revoada” não é por acaso, já que foi na instituição que Leuan iniciou as suas atividades no ramo da joalheria. “Convivendo com esse meio, surgiu a vontade de ter uma exposição minha no espaço, então realmente, o fato do São José Liberto ter me dado esse apoio foi de muita importância pra eu conseguir realizar esses meus sonhos”, comemora.

A exposição de Joias “Revoada” é uma realização do Governo do Pará por meio da Fundação Cultural do Pará com o apoio do Instituto de Gemas e Joias do Pará, organização social que gerencia o Espaço São José Liberto, por meio da Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia.

TAG BelemParaexposicao