Publicidade

Cidades

Home > Noticias > null

Peru: saiba onde aconteceram os maiores terremotos nos últimos anos

O país da Amazônia Internacional é um dos que mais registra terremotos no continente sul-americano

Izabel Santos


MANAUS - O Peru é um dos países da Amazônia Internacional que mais registra terremotos. O Equador completa a dupla. Isso acontece porque o território peruano está sobre uma das áreas de maior instabilidade tectônica do continente: o encontro entre as placas Nazca e Sul-americana. Nos últimos cinco anos, o Observatório Geológico dos Estados Unidos (USGS) registrou cinco fortes terremotos no Peru.O tremor, que assustou a população de 14 cidades entre Acre, Rondônia e Amazonas, na noite desta terça-feira (24), foi provocado pelo atrito entre as duas placas. Este já é o maior registrado neste desde 2011. De acordo com o USGS, o tremor alcançou 7.6 na Escala Richter e aconteceu a 600,6 quilômetros de profundidade. Outros quatro tremores entre 4.6 e 4.3, na mesma profundidade, foram registrados nas últimas 24 horas. O Portal Amazônia mostra neste infográfico quais foram esses terremotos e onde aconteceram.
Cidades

Peru: saiba onde aconteceram os maiores terremotos nos últimos anos

O país da Amazônia Internacional é um dos que mais registra terremotos no continente sul-americano

Izabel Santos


MANAUS - O Peru é um dos países da Amazônia Internacional que mais registra terremotos. O Equador completa a dupla. Isso acontece porque o território peruano está sobre uma das áreas de maior instabilidade tectônica do continente: o encontro entre as placas Nazca e Sul-americana. Nos últimos cinco anos, o Observatório Geológico dos Estados Unidos (USGS) registrou cinco fortes terremotos no Peru.O tremor, que assustou a população de 14 cidades entre Acre, Rondônia e Amazonas, na noite desta terça-feira (24), foi provocado pelo atrito entre as duas placas. Este já é o maior registrado neste desde 2011. De acordo com o USGS, o tremor alcançou 7.6 na Escala Richter e aconteceu a 600,6 quilômetros de profundidade. Outros quatro tremores entre 4.6 e 4.3, na mesma profundidade, foram registrados nas últimas 24 horas. O Portal Amazônia mostra neste infográfico quais foram esses terremotos e onde aconteceram.

TAG