Publicidade

Amazônia

Home > Noticias > null

Em Manaus, UNESCO promove seminário sobre conhecimentos indígenas de gestão da água

Encontro discute os aspectos técnicos, jurídicos, socioculturais, econômicos e políticos das práticas de gestão hídrica dos povos originários da região

Portal Amazônia, com informações da Agência ONU

jornalismo@portalamazonia.com


No marco das celebrações do Dia Internacional dos Povos Indígenas, lembrado em 9 de agosto, a UNESCO promove nesta sexta-feira, em Manaus, no Amazonas, o seminário Conhecimento Indígena para a gestão integrada da água na América Latina e Caribe.


Além de representantes de comunidades e organizações indígenas, participam do evento especialistas diretamente envolvidos na governança e na gestão da água nos níveis regional, nacional, estadual ou de bacia hidrográfica. Entre os convidados, estão profissionais de hidrologia, hidráulica, biologia, ecologia, agronomia e ciências sociais.
Foto:Fábio Pozzebom/Agência Brasil

O evento, que teve início nesta quinta-feira (8) e segue até amanhã, promove debates sobre como fortalecer a governança dos recursos hídricos com base nos saberes dos povos originários. O encontro discute os aspectos técnicos, jurídicos, socioculturais, econômicos e políticos das práticas e visões de mundo dos povos indígenas latino-americanos e caribenhos.


A UNESCO começou discussões sobre esse tema no oitavo Fórum Mundial da Água, sediado pelo Brasil, em 2018, quando o Programa Hidrológico Internacional da agência da ONU realizou uma sessão especial chamada Cultura de água dos povos indígenas da América Latina.


A expectativa dos organizadores do seminário é de que o evento possa aumentar as conexões entre as comunidades indígenas e os gestores de recursos hídricos.


A iniciativa em Manaus lembra ainda o Ano Internacional das Línguas Indígenas, comemorado pela ONU em 2019.

Foto:Marcelo Camargo/Agência Brasil


O evento é realizado pela UNESCO, por meio do Programa Hidrológico Internacional, da Representação da agência da ONU no Brasil, do seu Escritório Regional de Ciência para América Latina e Caribe (Montevidéu) e da Representação para Bolívia, Colômbia, Equador e Venezuela (Quito).


O encontro de especialistas conta também com a cooperação da Agência Nacional de Águas (ANA), da Conferência dos Diretores Ibero-Americanos da Água (CODIA), da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA) e da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Tem ainda a participação da Cátedra UNESCO de Água e Cultura (Uruguai) e da Cátedra UNESCO de Sustentabilidade dos Recursos Hídricos (Guatemala).


O seminário acontece das 9h às 17h, no Comfort Hotel Manaus (Avenida Mandi, 263, Distrito Industrial I, Manaus, AM, Brasil).

Amazônia

Em Manaus, UNESCO promove seminário sobre conhecimentos indígenas de gestão da água

Encontro discute os aspectos técnicos, jurídicos, socioculturais, econômicos e políticos das práticas de gestão hídrica dos povos originários da região

Portal Amazônia, com informações da Agência ONU

jornalismo@portalamazonia.com


No marco das celebrações do Dia Internacional dos Povos Indígenas, lembrado em 9 de agosto, a UNESCO promove nesta sexta-feira, em Manaus, no Amazonas, o seminário Conhecimento Indígena para a gestão integrada da água na América Latina e Caribe.


Além de representantes de comunidades e organizações indígenas, participam do evento especialistas diretamente envolvidos na governança e na gestão da água nos níveis regional, nacional, estadual ou de bacia hidrográfica. Entre os convidados, estão profissionais de hidrologia, hidráulica, biologia, ecologia, agronomia e ciências sociais.
Foto:Fábio Pozzebom/Agência Brasil

O evento, que teve início nesta quinta-feira (8) e segue até amanhã, promove debates sobre como fortalecer a governança dos recursos hídricos com base nos saberes dos povos originários. O encontro discute os aspectos técnicos, jurídicos, socioculturais, econômicos e políticos das práticas e visões de mundo dos povos indígenas latino-americanos e caribenhos.


A UNESCO começou discussões sobre esse tema no oitavo Fórum Mundial da Água, sediado pelo Brasil, em 2018, quando o Programa Hidrológico Internacional da agência da ONU realizou uma sessão especial chamada Cultura de água dos povos indígenas da América Latina.


A expectativa dos organizadores do seminário é de que o evento possa aumentar as conexões entre as comunidades indígenas e os gestores de recursos hídricos.


A iniciativa em Manaus lembra ainda o Ano Internacional das Línguas Indígenas, comemorado pela ONU em 2019.

Foto:Marcelo Camargo/Agência Brasil


O evento é realizado pela UNESCO, por meio do Programa Hidrológico Internacional, da Representação da agência da ONU no Brasil, do seu Escritório Regional de Ciência para América Latina e Caribe (Montevidéu) e da Representação para Bolívia, Colômbia, Equador e Venezuela (Quito).


O encontro de especialistas conta também com a cooperação da Agência Nacional de Águas (ANA), da Conferência dos Diretores Ibero-Americanos da Água (CODIA), da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA) e da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Tem ainda a participação da Cátedra UNESCO de Água e Cultura (Uruguai) e da Cátedra UNESCO de Sustentabilidade dos Recursos Hídricos (Guatemala).


O seminário acontece das 9h às 17h, no Comfort Hotel Manaus (Avenida Mandi, 263, Distrito Industrial I, Manaus, AM, Brasil).


TAG ONUunescoDia Internacional dos Povos Indigenasmanaus