Publicidade

Atualidades

Aproximar Muda Tudo apoia o Dia Nacional da Alegria com ação para crianças, em Manaus

Parque de diversões da capital abriu suas portas de forma gratuita para mais de 300 crianças de instituições sociais


O Projeto Aproximar Muda Tudo, da Fundação Rede Amazônica, esteve presente no Dia Nacional da Alegria, realizado pelo Fun Park, na última quarta-feira (10), na zona norte de Manaus. Para celebrar a data, o parque abriu suas portas de forma gratuita para mais de 300 crianças de instituições sociais da capital.

Foram beneficiadas crianças das seguintes instituições: Instituto Casa de Mamãe, Instituto Ágape, Centro Social Caminho Seguro, Nacer, Instituto Mãos que Criam Artes e Jannel Doyle. Elas puderam aproveitar uma tarde de muito entretenimento e diversão.
 
Foto: Divulgação
 
Como acontece todos os anos, a Associação de Empresas de Parques de Diversões (Adibra), que instituiu a data desde 2008, mobiliza seus associados a fazer a ação social em prol da diversão da criançada em todo o Brasil. Essa é a décima segunda edição do evento, que, este ano, espera quebrar um marco e receber mais de 100 mil crianças em parques de todo o Brasil.

“O FunPark, por meio do Dia Nacional da Alegria, cumpre o seu papel social. Na verdade estamos sempre de portas abertas durante todo o ano para realizar um dia de lazer totalmente gratuito para as instituições que cuidam de crianças carentes. A responsabilidade social do FunPark é o ano inteiro, basta as instituições entrarem em contato com a gente e para agendar um Dia da Comunidade”, informa o diretor do FunPark, Alberto Alcântara.

Como braço social da Fundação Rede Amazônica, o Aproximar Muda Tudo esse ano atua diretamente com a 'Proteção a Criança e ao Adolescente'. "A tarde de quarta-feira marcou para essas crianças a preservação de um direito muito importante, o direito ao entretenimento saudável, são crianças que já passaram ou passam por situações muito adversas na vida e hoje elas puderam ser livres e aproveitar uma das melhores fases da vida que é a infância, com certeza, isso vai ficar na memória e no coração de cada uma delas", disse a coordenadora do projeto, Rafaelle Nascimento.
 
Foto: Divulgação
 
        

Atualidades

Home > Noticias > null

Aproximar Muda Tudo apoia o Dia Nacional da Alegria com ação para crianças, em Manaus

Parque de diversões da capital abriu suas portas de forma gratuita para mais de 300 crianças de instituições sociais

Redação

jornalismo@portalamazonia.com


O Projeto Aproximar Muda Tudo, da Fundação Rede Amazônica, esteve presente no Dia Nacional da Alegria, realizado pelo Fun Park, na última quarta-feira (10), na zona norte de Manaus. Para celebrar a data, o parque abriu suas portas de forma gratuita para mais de 300 crianças de instituições sociais da capital.

Foram beneficiadas crianças das seguintes instituições: Instituto Casa de Mamãe, Instituto Ágape, Centro Social Caminho Seguro, Nacer, Instituto Mãos que Criam Artes e Jannel Doyle. Elas puderam aproveitar uma tarde de muito entretenimento e diversão.
 
Foto: Divulgação
 
Como acontece todos os anos, a Associação de Empresas de Parques de Diversões (Adibra), que instituiu a data desde 2008, mobiliza seus associados a fazer a ação social em prol da diversão da criançada em todo o Brasil. Essa é a décima segunda edição do evento, que, este ano, espera quebrar um marco e receber mais de 100 mil crianças em parques de todo o Brasil.

“O FunPark, por meio do Dia Nacional da Alegria, cumpre o seu papel social. Na verdade estamos sempre de portas abertas durante todo o ano para realizar um dia de lazer totalmente gratuito para as instituições que cuidam de crianças carentes. A responsabilidade social do FunPark é o ano inteiro, basta as instituições entrarem em contato com a gente e para agendar um Dia da Comunidade”, informa o diretor do FunPark, Alberto Alcântara.

Como braço social da Fundação Rede Amazônica, o Aproximar Muda Tudo esse ano atua diretamente com a 'Proteção a Criança e ao Adolescente'. "A tarde de quarta-feira marcou para essas crianças a preservação de um direito muito importante, o direito ao entretenimento saudável, são crianças que já passaram ou passam por situações muito adversas na vida e hoje elas puderam ser livres e aproveitar uma das melhores fases da vida que é a infância, com certeza, isso vai ficar na memória e no coração de cada uma delas", disse a coordenadora do projeto, Rafaelle Nascimento.
 
Foto: Divulgação
 
        

TAG Rede AmazônicaAproximar Muda Tudo