Meio Ambiente

Alerta: chuva frequente eleva nível do Rio Acre

A prefeitura de Rio Branco lançou seu Plano de Contingência ainda em dezembro de 2017, como forma de prevenir os danos de uma alagação


A frequência de chuva, ocasionada por uma Zona de Convergência de Umidade sobre a região, tem resultado na elevação do Rio Acre em todo o estado. Nesta quarta-feira (10) o manancial apresentou a cota de 11,34 metros, em Rio Branco, segundo medição da Defesa Civil Municipal – 92 centímetros de elevação em 24 horas.

“A previsão é de que, na capital, ou ele permaneça nessa cota ou aumente ainda mais, já que no interior as águas do Rio Acre continuam se elevando. Em toda a extensão do rio houve aumento de nível. Estamos monitorando para agir em caso de necessidade”, salientou o porta-voz do Corpo de Bombeiros, major Cláudio Falcão.  
   
Foto: Divulgação
 

A prefeitura de Rio Branco lançou seu Plano de Contingência ainda em dezembro de 2017, como forma de prevenir os danos de uma possível alagação. Na capital, a cota de alerta é de 13,50 metros e de transbordamento, 14 metros.

Interior do estado

Em Assis Brasil, a cota desta quarta-feira, 10, do Rio Acre foi de 5,99 metros, às 9 horas. No município a manancial apresentou vazante nas últimas 24 horas. Já em Brasileia as águas se elevaram, registrando a marca de 7,92 metros.

A elevação do Rio Acre também se constata em Xapuri, que registra a cota de 10,98 metros. Em Capixaba, são 9,80 metros.

Rio Madeira

A situação do nível do Rio Madeira, no trecho do Abunã (divisa entre Acre e Rondônia), também está sendo monitorada pelo governo do Estado. Nesta manhã, o manancial apresentou a cota de 19,90 metros.

“Estou em Rondônia para uma reunião da Defesa Civil daqui e para monitorar de perto a situação. Nos trechos da rodovia, a água está próxima da estrada, mas tudo em segurança e sendo acompanhado pelas equipes do Acre e Rondônia”, explicou o major Falcão.

Meio Ambiente

Home > Noticias > null

Alerta: chuva frequente eleva nível do Rio Acre

A prefeitura de Rio Branco lançou seu Plano de Contingência ainda em dezembro de 2017, como forma de prevenir os danos de uma alagação

Portal Amazônia

jornalismo@portalamazonia.com


A frequência de chuva, ocasionada por uma Zona de Convergência de Umidade sobre a região, tem resultado na elevação do Rio Acre em todo o estado. Nesta quarta-feira (10) o manancial apresentou a cota de 11,34 metros, em Rio Branco, segundo medição da Defesa Civil Municipal – 92 centímetros de elevação em 24 horas.

“A previsão é de que, na capital, ou ele permaneça nessa cota ou aumente ainda mais, já que no interior as águas do Rio Acre continuam se elevando. Em toda a extensão do rio houve aumento de nível. Estamos monitorando para agir em caso de necessidade”, salientou o porta-voz do Corpo de Bombeiros, major Cláudio Falcão.  
   
Foto: Divulgação
 

A prefeitura de Rio Branco lançou seu Plano de Contingência ainda em dezembro de 2017, como forma de prevenir os danos de uma possível alagação. Na capital, a cota de alerta é de 13,50 metros e de transbordamento, 14 metros.

Interior do estado

Em Assis Brasil, a cota desta quarta-feira, 10, do Rio Acre foi de 5,99 metros, às 9 horas. No município a manancial apresentou vazante nas últimas 24 horas. Já em Brasileia as águas se elevaram, registrando a marca de 7,92 metros.

A elevação do Rio Acre também se constata em Xapuri, que registra a cota de 10,98 metros. Em Capixaba, são 9,80 metros.

Rio Madeira

A situação do nível do Rio Madeira, no trecho do Abunã (divisa entre Acre e Rondônia), também está sendo monitorada pelo governo do Estado. Nesta manhã, o manancial apresentou a cota de 19,90 metros.

“Estou em Rondônia para uma reunião da Defesa Civil daqui e para monitorar de perto a situação. Nos trechos da rodovia, a água está próxima da estrada, mas tudo em segurança e sendo acompanhado pelas equipes do Acre e Rondônia”, explicou o major Falcão.

TAG AcreRio BrancoRio AcreRio Madeira

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
VOCÊ VIU ?
TV