Publicidade

Música

Home > Cultura > null

Lorena Simpson: amazonense que fez sucesso nas paradas eletrônicas vive nova fase na música

A cantora conversou com o Portal Amazônia sobre sua carreira, novos rumos e a recepção do público manauara

Victor Cruz

jornalismo@portalamazonia.com


Dona do hit 'Brand New Day', a cantora Lorena Simpson está dando as caras com uma nova fase em sua carreira. A amazonense lançou dois singles, no final de 2018, e agora está apostando em incrementar a língua portuguesa em suas produções.

A cantora ganhou destaque nas paradas eletrônicas internacionais com 'Brand New Day', seu maior sucesso até então, em 2009. Com 9 anos de carreira, Lorena Simpson já acumula 450 apresentações pelo Brasil, shows em outros 5 países, lançou mais de 10 singles, 4 clipes e 1 EP.

 
     
Foto: Divulgação
 
Seus maiores sucessos e as novidades da carreira vão poder ser conferidos pelo público de Manaus nos dias 22, 23 e 24 deste mês, quando ela vêm à capital amazonense com a '092 Tour'. A cantora conversou com o Portal Amazônia sobre sua carreira, novos rumos e a recepção do público manauara. Confira:

Portal Amazônia: Gostaríamos que você falasse um pouco sobre Brand New Day, que foi o seu maior sucesso e todo mundo sabe a letra até hoje. Ele foi um sucesso em 2009. Quais oportunidades você teve com o sucesso?

Lorena Simpson: 'Brand New Day' é o meu maior sucesso, costumo dizer que é um grande presente que Deus me deu, que a vida me deu, muito iluminado, e consegui iluminar muitas vidas, não só a minha. A gente lançou em 2009. Um pouquinho antes, já com 'Can't Stop Loving You', as pessoas começaram a procurar a cantora da música, e com 'Brand New Day' isso só aumentou.

Tive a oportunidade de fazer festivais grandes, de aumentar minha equipe de bailarinos, aumentar minha equipe artística, começaram a agregar pessoas, do figurino, da beleza, então foi uma oportunidade expandir o trabalho e entrar em contato com o grande público.

Relembre 'Brand New Day':

 

P.A.: Depois de lá, você lançou outras músicas de sucesso, como Breathe Again, This Moment, To The Ground. O que foi diferente nessa fase pós-Brand New Day?

Lorena Simpson: As outras músicas meio que acompanharam o formato que a 'Brand New Day' tinha. 'Breathe Again' é muito dentro do formato dela, eu digo o formato musical (estrofe - pré-refrão - refrão). 'This Moment' e 'To The Ground' já vieram em outro momento, a partir de 'Dreams', já marcou um outro momento na minha carreira, foi troca de escritório, troca de equipe também, de produtores musicais. Então a gente tem uma divisão de momentos da carreira. Só cresceu mais e eu pude experimentar outros formatos de música, o que foi muito interessante também.

P.A.: E você é do Amazonas, certo? Onde você nasceu e morou até quando?

Lorena Simpson: Sou "manauaríssima", super manauara, muito manauara. Nasci no Centro, morei no Centro mesmo, até os 17 anos. Depois já me mudei pra São Paulo com a minha irmã e voltei só para visitar, ver pessoas ou ir pra Parintins e fazer shows por aí.

P.A.: Como foi pra você ir embora e entrar no mundo da música?

Lorena Simpson: Foi muito a vida como ela é. Pouco planejamento, na verdade planejamento nenhum, e as coisas aconteceram. Eu e minha irmã viajamos em janeiro de 2005 pra fazer cursos de férias de dança em São Paulo. Nós já éramos bailarinas aí em Manaus, eu já cantava mas não profissionalmente, era o que eu gostava de fazer quando ninguém tava me olhando. E aí a gente viajou pra fazer cursos de dança e um dos professores me convidou pro grupo e depois a coisa foi desenvolvendo.

A gente começou a morar em São Paulo, depois viemos pro Rio, e nessa vinda pro Rio eu conheci pessoas dessa produtora, comecei a fazer aulas de canto por aqui também, tive oportunidade de fazer um teste, que fui aprovada e logo fui convidada pra gravar o meu primeiro single, que é 'Feel The Funk'. Uma música que poucos conhecem, só quem gosta muito do meu trabalho que conhece, e depois foi 'Can't Stop Loving You'. Então foi a vida que me trouxe isso.

 
     
Foto: Divulgação
 
P.A.: No final do ano passado você lançou dois singles, que já tem os clipes de Quero Mais e Bem Melhor. Pode-se dizer que você está de volta ou nunca parou de fazer música?

Lorena Simpson: Pode-se dizer que eu nunca parei. 'Eu Quero Mais' e 'Bem Melhor' marcam uma nova fase na minha carreira de incluir a nossa língua nativa. Eu sempre cantei em inglês e, por incrível que pareça, o diferencial é que as pessoas pediam muito pra eu cantar algo em português, e a gente começou essa fase em setembro de 2018 de acrescentar. Eu vejo que o cenário pop é cantar de tudo, é cantar pop português, é cantar pop inglês, é cantar eletrônico, é cantar uma música acústica, enfim. E é isso que eu quero, me sentir cantora, me sentir artista, não só de um estilo mas poder explorar vários.

P.A.: Sobre essas novas músicas, é perceptível que ainda tem bastante uma pegada eletrônica. Essa é a sua assinatura ou você chegou com mais mudanças?

Lorena Simpson: As músicas novas têm uma pegada eletrônica, por mais que sejam o BPM, ou seja, o andamento da música, que é a velocidade da música, o ritmo ser mais pop, não ser um pouquinho mais pra frente que é a música eletrônica, mantém uma característica do eletrônico justamente pra não ser um baque muito grande pra quem está acostumado a ouvir minhas músicas pra pistas ouvir essas músicas pops. Então a gente tentou trazer algumas características do que fazíamos antes.

Mas posso adiantar que teremos, no primeiro semestre deste ano, músicas para as pistas e música pop também.

Veja o clipe de 'Eu Quero Mais', novo trabalho de Lorena:

 
 
P.A.: Qual é a recepção do público do Amazonas com seu trabalho?

Lorena Simpson: O Amazonas é o meu terceiro maior público. Primeiro lugar São Paulo, segundo Rio de Janeiro, eu digo pelos meus números de Facebook e Instagram, Manaus é o meu terceiro maior público. E isso me enche de orgulho, porque a gente tem uma frase, que eu já usei algumas vezes, que "santo de casa não faz milagre". Mas graças a Deus eu sou muito bem recebida, recebo um carinho muito grande quando vou a Manaus, as boates enchem, as pessoas me recebem bem, quem não tem idade pra ir na boate me encontra no shopping, me manda mensagem, me encontra num café, me encontra num churrasquinho, tomando cerveja de litrão as sextas-feiras, em show do Alaídenegão, que eu amo super. Então tenho um orgulho muito grande de Manaus ser o meu terceiro maior público.

P.A.: Você tem shows programados aqui, certo? Quais são eles?

Lorena Simpson: Gente, nós vamos ter uma "092 Tour". Eu já to chamando assim porque serão três shows em Manaus, eu estou feliz e muito ansiosa por esse fim de semana. A gente começa numa sexta-feira, num 'sextou' maravilhoso e acaba em um 'domingou' maravilhoso.

Sexta-feira (22) eu vou fazer um Live Vocal no Cabaret Night Club (Rua Barroso, Centro), que é uma das minhas casas, que eu to acostumada a ir, o público me receber bem. Sábado (23), a gente tem um showzão mais completo, na escolha da Rainha Gay da Mocidade Independente do Coroado, lá na quadra. Vai ser escolha da rainha gay, vai ter concurso de bate cabelo, eu to super empolgada por esse evento.

E, no domingo (24), a gente também vai fazer um Live Vocal no Flutuante do Sedutor (Tarumã, zona oeste). Quero convidar todos vocês, quem puder ir nos três pra essa "092 Tour" estão convidadíssimos. Quem não puder, puder ir na sexta, no sábado ou no domingo, a gente vai ter três oportunidades de se encontrar, matar as saudades, dançar muito, curtir muito, to super ansiosa.

Então Manaus, vem comigo pro "092 Tour" que vai ser incrível! Mais detalhes sobre a agenda estão disponíveis nas redes sociais: @lorenasimpsonoficial.

 
     
Foto: Divulgação
 
Música

Lorena Simpson: amazonense que fez sucesso nas paradas eletrônicas vive nova fase na música

A cantora conversou com o Portal Amazônia sobre sua carreira, novos rumos e a recepção do público manauara


Dona do hit 'Brand New Day', a cantora Lorena Simpson está dando as caras com uma nova fase em sua carreira. A amazonense lançou dois singles, no final de 2018, e agora está apostando em incrementar a língua portuguesa em suas produções.

A cantora ganhou destaque nas paradas eletrônicas internacionais com 'Brand New Day', seu maior sucesso até então, em 2009. Com 9 anos de carreira, Lorena Simpson já acumula 450 apresentações pelo Brasil, shows em outros 5 países, lançou mais de 10 singles, 4 clipes e 1 EP.

 
     
Foto: Divulgação
 
Seus maiores sucessos e as novidades da carreira vão poder ser conferidos pelo público de Manaus nos dias 22, 23 e 24 deste mês, quando ela vêm à capital amazonense com a '092 Tour'. A cantora conversou com o Portal Amazônia sobre sua carreira, novos rumos e a recepção do público manauara. Confira:

Portal Amazônia: Gostaríamos que você falasse um pouco sobre Brand New Day, que foi o seu maior sucesso e todo mundo sabe a letra até hoje. Ele foi um sucesso em 2009. Quais oportunidades você teve com o sucesso?

Lorena Simpson: 'Brand New Day' é o meu maior sucesso, costumo dizer que é um grande presente que Deus me deu, que a vida me deu, muito iluminado, e consegui iluminar muitas vidas, não só a minha. A gente lançou em 2009. Um pouquinho antes, já com 'Can't Stop Loving You', as pessoas começaram a procurar a cantora da música, e com 'Brand New Day' isso só aumentou.

Tive a oportunidade de fazer festivais grandes, de aumentar minha equipe de bailarinos, aumentar minha equipe artística, começaram a agregar pessoas, do figurino, da beleza, então foi uma oportunidade expandir o trabalho e entrar em contato com o grande público.

Relembre 'Brand New Day':

 

P.A.: Depois de lá, você lançou outras músicas de sucesso, como Breathe Again, This Moment, To The Ground. O que foi diferente nessa fase pós-Brand New Day?

Lorena Simpson: As outras músicas meio que acompanharam o formato que a 'Brand New Day' tinha. 'Breathe Again' é muito dentro do formato dela, eu digo o formato musical (estrofe - pré-refrão - refrão). 'This Moment' e 'To The Ground' já vieram em outro momento, a partir de 'Dreams', já marcou um outro momento na minha carreira, foi troca de escritório, troca de equipe também, de produtores musicais. Então a gente tem uma divisão de momentos da carreira. Só cresceu mais e eu pude experimentar outros formatos de música, o que foi muito interessante também.

P.A.: E você é do Amazonas, certo? Onde você nasceu e morou até quando?

Lorena Simpson: Sou "manauaríssima", super manauara, muito manauara. Nasci no Centro, morei no Centro mesmo, até os 17 anos. Depois já me mudei pra São Paulo com a minha irmã e voltei só para visitar, ver pessoas ou ir pra Parintins e fazer shows por aí.

P.A.: Como foi pra você ir embora e entrar no mundo da música?

Lorena Simpson: Foi muito a vida como ela é. Pouco planejamento, na verdade planejamento nenhum, e as coisas aconteceram. Eu e minha irmã viajamos em janeiro de 2005 pra fazer cursos de férias de dança em São Paulo. Nós já éramos bailarinas aí em Manaus, eu já cantava mas não profissionalmente, era o que eu gostava de fazer quando ninguém tava me olhando. E aí a gente viajou pra fazer cursos de dança e um dos professores me convidou pro grupo e depois a coisa foi desenvolvendo.

A gente começou a morar em São Paulo, depois viemos pro Rio, e nessa vinda pro Rio eu conheci pessoas dessa produtora, comecei a fazer aulas de canto por aqui também, tive oportunidade de fazer um teste, que fui aprovada e logo fui convidada pra gravar o meu primeiro single, que é 'Feel The Funk'. Uma música que poucos conhecem, só quem gosta muito do meu trabalho que conhece, e depois foi 'Can't Stop Loving You'. Então foi a vida que me trouxe isso.

 
     
Foto: Divulgação
 
P.A.: No final do ano passado você lançou dois singles, que já tem os clipes de Quero Mais e Bem Melhor. Pode-se dizer que você está de volta ou nunca parou de fazer música?

Lorena Simpson: Pode-se dizer que eu nunca parei. 'Eu Quero Mais' e 'Bem Melhor' marcam uma nova fase na minha carreira de incluir a nossa língua nativa. Eu sempre cantei em inglês e, por incrível que pareça, o diferencial é que as pessoas pediam muito pra eu cantar algo em português, e a gente começou essa fase em setembro de 2018 de acrescentar. Eu vejo que o cenário pop é cantar de tudo, é cantar pop português, é cantar pop inglês, é cantar eletrônico, é cantar uma música acústica, enfim. E é isso que eu quero, me sentir cantora, me sentir artista, não só de um estilo mas poder explorar vários.

P.A.: Sobre essas novas músicas, é perceptível que ainda tem bastante uma pegada eletrônica. Essa é a sua assinatura ou você chegou com mais mudanças?

Lorena Simpson: As músicas novas têm uma pegada eletrônica, por mais que sejam o BPM, ou seja, o andamento da música, que é a velocidade da música, o ritmo ser mais pop, não ser um pouquinho mais pra frente que é a música eletrônica, mantém uma característica do eletrônico justamente pra não ser um baque muito grande pra quem está acostumado a ouvir minhas músicas pra pistas ouvir essas músicas pops. Então a gente tentou trazer algumas características do que fazíamos antes.

Mas posso adiantar que teremos, no primeiro semestre deste ano, músicas para as pistas e música pop também.

Veja o clipe de 'Eu Quero Mais', novo trabalho de Lorena:

 
 
P.A.: Qual é a recepção do público do Amazonas com seu trabalho?

Lorena Simpson: O Amazonas é o meu terceiro maior público. Primeiro lugar São Paulo, segundo Rio de Janeiro, eu digo pelos meus números de Facebook e Instagram, Manaus é o meu terceiro maior público. E isso me enche de orgulho, porque a gente tem uma frase, que eu já usei algumas vezes, que "santo de casa não faz milagre". Mas graças a Deus eu sou muito bem recebida, recebo um carinho muito grande quando vou a Manaus, as boates enchem, as pessoas me recebem bem, quem não tem idade pra ir na boate me encontra no shopping, me manda mensagem, me encontra num café, me encontra num churrasquinho, tomando cerveja de litrão as sextas-feiras, em show do Alaídenegão, que eu amo super. Então tenho um orgulho muito grande de Manaus ser o meu terceiro maior público.

P.A.: Você tem shows programados aqui, certo? Quais são eles?

Lorena Simpson: Gente, nós vamos ter uma "092 Tour". Eu já to chamando assim porque serão três shows em Manaus, eu estou feliz e muito ansiosa por esse fim de semana. A gente começa numa sexta-feira, num 'sextou' maravilhoso e acaba em um 'domingou' maravilhoso.

Sexta-feira (22) eu vou fazer um Live Vocal no Cabaret Night Club (Rua Barroso, Centro), que é uma das minhas casas, que eu to acostumada a ir, o público me receber bem. Sábado (23), a gente tem um showzão mais completo, na escolha da Rainha Gay da Mocidade Independente do Coroado, lá na quadra. Vai ser escolha da rainha gay, vai ter concurso de bate cabelo, eu to super empolgada por esse evento.

E, no domingo (24), a gente também vai fazer um Live Vocal no Flutuante do Sedutor (Tarumã, zona oeste). Quero convidar todos vocês, quem puder ir nos três pra essa "092 Tour" estão convidadíssimos. Quem não puder, puder ir na sexta, no sábado ou no domingo, a gente vai ter três oportunidades de se encontrar, matar as saudades, dançar muito, curtir muito, to super ansiosa.

Então Manaus, vem comigo pro "092 Tour" que vai ser incrível! Mais detalhes sobre a agenda estão disponíveis nas redes sociais: @lorenasimpsonoficial.

 
     
Foto: Divulgação
 

TAG Lorena Simpsonmusica eletronicamusicacarreira